segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Como Limpar um Sofá com aspirador de pó industrial

Confira aqui dicas de como limpar um sofá você mesmo, sem necessitar de ajuda profissional.

 Algumas mobílias são peças básicas no lar, o sofá é uma delas, mais especificamente localizado na sala. Dos mais diversos modelos e dos mais diversos tecidos, nenhum deles está livre de se tornar um sofá sujo. Mantê-los limpos não é uma tarefa fácil, principalmente para quem tem crianças e animais domésticos em casa. Confira aqui dicas de como limpar um sofá você mesmo, sem necessitar de ajuda profissional. Poeira e manchas podem prejudicar a sua aparência e podem fazer com que ele perca a sua durabilidade. Muitos especialistas indicam a impermeabilização dos mesmos para conservar o sofá e tornar mais fácil a tarefa de limpeza, além de protegê-los mais. Independentemente do tecido, é recomendada uma limpeza a cada 15 dias com uma escova de cerdas macias nos sofás de couro e com aspirador de pó industrial  e escova nos sofás de camurça e tecidos mais leves.  Cada sofá pede um produto de limpeza específico, desde espuma mágica até ingredientes caseiros. Para quem tem condições, pode mandar lavá-lo em locais especializados. Mais algumas dicas de produto bom e barato podem ajudar em uma limpeza doméstica eficiente. Como limpar o sofá de acordo com o tecido (a seco, claro, vermelho, colorido) Sofá de tecido leve pede uma retirada da poeira com aspirador de pó industrial . Caso ele esteja com manchas, é recomendável passar um pano limpo e seco ou papel toalha absorvente sem esfregar o tecido na hora do incidente. Alguns tecidos têm indicação de lavagem a seco, é preciso verificar. Quando não retirar as manchas, basta usar um solvente ou uma mistura de 1/4 de copo de sabão líquido para lava-louças com 1 copo de água morna. Para esta solução caseira, deve-se usar uma escova com cerdas macias e para enxaguar um pano úmido. O sofá de couro pede uma limpeza apenas com pano umedecido com água, assim é possível manter o seu brilho. A secagem feita com outro pano limpo de algodão. O sofá de camurça deve ter a limpeza feita com um aspirador de pó industrial  e em caso de manchas, deve-se usar um pano de algodão limpo, umedecido com água e sabão neutro. É preciso retirar o sabão após a lavagem com um pano com água fria e deixar secar naturalmente. Fonte//muitox.com

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Higiene Ambiental com a ajuda do aspirador de pó industrial

A Higiene ambiental tem como aliado o aspirador de pó industrial


A higiene, em geral, tem a ver com saúde e vida saudável; diz respeito a nossa atitude em relação a nós mesmos e ao ambiente em que vivemos. A preocupação com esse tema tem que fazer parte de nosso cotidiano e também dos projetos do Estado como é o caso do Protocolo de Kyoto. A higiene ambiental precária pode desencadear doenças respiratórias e alérgicas. Para reduzir a manifestação dessas doenças uma casa que contenha pessoas alérgicas deve estar sempre limpa, livre da poeira, ácaros e fungos. Manter longe de si os bichos de pelúcia, os tapetes e cortinas pode ajudar, assim como manter o lar bem conservado, com paredes bem pintadas, sem infiltrações ou mofo. Poluição do ar.Mais do que cuidar da própria casa, é preciso também zelar pela sua cidade, afinal a poluição do ar, os lixos nas ruas e rios não fazem bem à saúde e são frutos da falta de higiene dos cidadãos e da negligência do governo. A poluição do ar, por exemplo, por parte das indústrias e dos automóveis pode contribuir para doenças respiratórias, conjuntivites e doenças de pele. Além disso, pode prejudicar o meio ambiente contribuindo para o aquecimento global e a destruição da camada de ozônio. A educação e a consciência são as melhores maneiras de resolver esses problemas. A partir do momento que alguém sai de casa para trabalhar a pé ou de bicicleta, deixando de usar seu carro, ou mesmo utilizando o ônibus como meio de transporte, já contribui para diminuição de emissão de gases poluentes no ar. Outras atitudes como não jogar lixo nas ruas, não desencadeiam entupimento de bueiros, o que causaria menos enchentes nos períodos de chuvas e consequentemente diminuiria a incidendência de algumas epidemias. Confira abaixo algumas dicas de como cuidar da higiene da sua casa:
Aspire os móveis com o aspirador de pó industrial, após  limpe os móveis com um pano úmido. Retire os objetos de decoração para serem lavados também; Evite varrer a casa, pois a vassoura costuma levantar a poeira que, com tempo, assenta novamente no chão. Procure passar pano úmido, pelo menos três vezes por semana; Utilize um aspirador de pó industrial para limpar os sofás, poltronas e tapetes da casa. Isso elimina os ácaros que se instalam no estofado. Mas não se esqueça de que, de vez em quando, é preciso lavar os tecidos para tirar também o mau cheiro. Quarto branco.Lembre-se de abrir as portas e janelas todos os dias, para arejar e refrescar a casa; Os lençóis das camas devem ser trocados, no mínimo, uma vez por semana. Dormir em uma cama limpa faz toda a diferença; É necessário dedetizar a casa de tempos em tempos, para se livrar dos insetos e ratos, que podem trazer doenças. Nunca deixe restos de comidas sobre a mesa ou pelo chão - esses resíduos atraem formigas, baratas e outros bichos; O banheiro é um lugar que não deve ser descuidado. Use desinfetantes, além dos detergentes normais para limpar o vaso sanitário, a pia e o box do chuveiro, porque esse produto tem o poder de matar os germes e bactérias, tão comuns nesse cômodo da casa. Fonte://higiene-pessoal

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Aspirador de pó industrial e os cuidados para ter uma relação segura com animais em casa

Veja as dicas abaixo de como cuidar do animal e da limpeza com auxílio do aspirador de pó industrial



Bichos domésticos devem ser vacinados e levados ao veterinário. 

Fezes devem ser recolhidas logo após a defecação; veja mais dicas.

Ter um animal de estimação em casa traz muita alegria para a família, mas é extremamente importante saber cuidar do bichinho para que essa relação seja saudável e proveitosa.
A primeira dica é levá-los ao veterinário a cada 6 meses e manter os cuidados nutricionais e a vacina em dia, como alertou a veterinária Silvia Ricci no Bem Estar desta segunda-feira (18). Os cuidados com a higiene também são importantes e os animais, principalmente aqueles que circulam na área interna da casa, devem ser escovados e limpos toda semana ou uma vez a cada 15 dias. Passar o aspirador de pó industrial em todo ambiente e nos animais em casos de pulgas, carrapatos ..etc Segundo o infectologista Caio Rosenthal, a limpeza dentro da casa também exige cuidados, especialmente em relação às fezes – a dica é recolhê-las logo após a evacuação, seja em casa ou na rua, para diminuir o risco de transmissão de doenças.
Vale lembrar que não é recomendável entrar em contato direto com os dejetos e, por isso, o uso de luvas é obrigatório.
Após recolher as fezes, o chão pode ser limpo com água e sabão. Vez ou outra, é bom usar desinfetante e hipoclorito de sódio a 2,5% (uma colher de sopa por balde de água), principalmente nas áreas em que o animal costuma urinar porque essa limpeza mais profunda pode também diminuir o cheiro.
A veterinária alerta, no entanto, para que o chão seja bem enxaguado após a limpeza para que o produto usado não cause dermatite de contanto no animal caso ele pise ou deite no local.
Ciclo da raiva (Foto: Arte/G1)
Para prevenir doenças e outros problemas de saúde, é importante sempre lavar as mãos após brincar com os animais, principalmente as crianças. O infectologista Caio Rosenthal explicou que, entre as doenças que podem ser transmitidas por gatos e cachorros, a raiva é a mais grave.
A contaminação pode acontecer através de arranhões ou mordidas desses animais e, por isso, é importante que eles estejam com a vacina antirrábica em dia, para diminuir o risco da doença.
Gatos e cachorros podem transmitir também o bicho geográfico, pelas fezes. Ao entrar em contato com os dejetos do animal, as larvas podem entrar na pele da pessoa e contaminar principalmente a região dos pés, nádegas e coxas.
Uma dica para prevenir esse problema é fazer a vermifugação do animal doméstico a cada 4 meses, preferencialmente com indicação do veterinário e com exame de fezes.
Há também o risco de toxoplasmose, transmitida pelas fezes dos gatos. Nesse caso, o cuidado é maior para as grávidas porque a doença pode causar problemas congênitos graves no bebê e até mesmo o aborto. Outro meio de contaminação é a carne de vaca e boi mal passada, que pode não só atingir os humanos, como também os gatos. Para evitar, é importante que as fezes do bichinho sejam recolhidas com uma pá e descartadas o mais rápido possível.
Em relação à convivência do dia a dia, também vale tomar alguns cuidados. Pode parecer difícil ficar sem beijar os gatos e cachorros, mas esse hábito pode ser perigoso mesmo no caso dos bichinhos que não costumam freqüentar a rua porque os pelos são locais onde as fezes são depositadas.
É importante também não deixar o animal lamber o rosto ou a boca de ninguém na família, especialmente aqueles que têm a imunidade baixa, porque a saliva tem bactérias e vírus causadores de doenças.
No caso dos bebês, por exemplo, o sistema imunológico ainda não está totalmente formado e, por isso, as mães devem evitar o contato com os animais nos primeiros meses.
Crianças com rinite alérgica não precisam necessariamente se afastar dos animais porque, na maioria das vezes, a alergia não está relacionada a eles. Para minimizar as crises alérgicas dos pequenos, é bom escovar e dar banho regularmente nos bichinhos.
Pombos
Os médicos alertaram também para o risco de transmissão de doenças através das fezes dos pombos. Não é necessário o contato direto com os dejetos; apenas o bater das asas dos bichos pode contaminar e transmitir duas doenças, a criptococose e a histoplasmose. Os sintomas são febre, dor torácica, dor de cabeça, rigidez na nuca e distúrbios visuais - em pessoas com baixa imunidade, o risco é enorme e essas doenças podem ser até fatais.
A dica dos médicos para se proteger e proteger toda a família é, principalmente, não alimentar os pombos. Se eles têm o que comer, podem se proliferar excessivamente, causando o desequilíbrio populacional e afetando a qualidade de vida das pessoas.
Para limpar as fezes dos pombos, é obrigatório usar luvas e, em casos mais específicos, também máscaras. O pano úmido com água e sabão evita que os dejetos se dispersem; não é recomendável usar uma vassoura. Para afastar os pássaros, a dica é colocar uma proteção com grade na janela, fios de nylon e objetos brilhantes e coloridos para que eles se assustem. Gel e naftalina também podem ajudar a espantar outros pássaros que podem pousar na janela, não só os pombos.
Fonte://g1.globo




sexta-feira, 12 de agosto de 2016

COMO COMBATER TRAÇAS, CUPINS E PULGAS COM PRODUTOS CASEIROS E ASPIRADOR DE PÓ INDUSTRIAL

Receitas caseiras e aspirador de pó industrial  podem dar um jeito nessas pragas domésticas. Veja como fazê-las



Fique de olho no que fazer para evitar ou eliminar essas três pragas
Foto: Shutterstock
TRAÇAS
Influência na saúde: não existem relatos de doenças transmitidas por traças.
Como evitar? Para prevenir, borrife, dentro dos armários de roupas, um fluido com ½ litro de álcool e 20 g de cravo-da-índia.
Receita caseira: faça uma boa limpeza de armários e outros cantos com vinagre de álcool e água, em partes iguais.
Se não deu certo: Contra traças, geralmente são utilizados produtos com ação residual com princípios como clorpirifós, diazinão e piretrinas.
CUPINS
Influência na saúde: não há evidências de que transmitam doenças até o momento.
Como evitar? Descarte madeiras em desuso.
Receita caseira: misture 1 litro de gasolina e 200 g de naftalina. Com uma seringa, aplique nos furos que os cupins fazem na madeira. Outra alternativa é o detergente.
Se não deu certo: identifique se a infestação é pontual ou generalizada. No caso de um móvel, ainda é possível tentar aplicar inseticida doméstico para cupins. Se os cupins se alastraram, procure ajuda especializada.
PULGAS
Influência na saúde: transmite peste bubônica, tifo, dermatites e processos alérgicos.PULGAS
Como evitar? Mantenha os pets limpos e use antipulgas. Abuse do aspirador de pó. industrial
Receita caseira: antes de passar o aspirador de pó industrial  em estofados, cobertores ou tapetes, espalhe sal e deixe por 24 horas.  
Se não deu certo: no mercado, há inseticidas específicos para ácaros e pulgas. Após a aplicação, faça uma limpeza completa para remover restos, que podem ser alergênicos, e mesmo pulgas remanescentes.
Fonte://revistavivasaúde.uol

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Como remover odores de urina e manchas permanentemente com ajuda do aspirador de pó industrial

Aspirador de pó industrial ajudando a remover odores de urina de animais e manchas


Você provavelmente já tentou todos os produtos de limpeza das prateleiras e ainda assim as manchas e odores voltam! Há uma razão! Os produtos de limpeza típicos apenas mascararam os odores, que depois de alguns dias voltam.

Método 1 de 2: Manchas Frescas de Urina

  1. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 1.jpg
    1
    Use toalhas velhas e guardanapos de papel para absorver o máximo de urina possível. Continue absorvendo a urina com um destes dois itens até que a área esteja apenas um pouco úmida.
  2. 2
    Coloque um novo conjunto de panos velhos e/ou toalhas de papel sobre a área afetada. Cubra com papel de jornal. Pisoteie o jornal por pelo menos um minuto para que ele absorva o máximo de umidade possível. Quando você terminar a área estará quase seca.
  3. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 3.jpg
    3
    Coloque as toalhas molhadas na área que você quer que seu animal de estimação faça suas necessidades, seja lá fora ou em uma caixa de areia.
  4. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 4.jpg
    4
    Lave a área com água limpa e fria. Faça isso com freqüência e remova o máximo de água possível de cada vez usando ou toalhas ou um aspirador de líquidos.
  5. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 5.jpg
    5
    Aplique um removedor de manchas de animal de estimação na área afetada. Embora possa parecer que a esta altura a urina já tenha sido removida do local, ainda existem vestígios no tapete que podem instigar o seu animal de estimação a utilizar o mesmo local novamente. Usar um eliminador enzimático irá quebrar os compostos do odor, minimizando a atração do seu animal para o local.
  6. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 6.jpg
    6
    Lave a área novamente. Seque com pano ou use um aspirador de pó industrial  para secar.

Método 2 de 2: Manchas Secas

  1. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 7.jpg
    1
    Use uma luz negra para identificar quaisquer manchas. Marque aquelas que não podem ser vistas a olho nu com giz para garantir que você não esqueça nenhuma mancha.
  2. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 8.jpg
    2
    Use água morna para passar o aspirador de pó industrial  de líquidos na área afetada. Não use água quente ou qualquer tipo de tratamento de vapor. O calor fará com que as proteínas na urina se liguem ao seu tapete, tornando-as quase impossíveis de remover. Se você não possui um aspirador de pó industrial de líquidos, você pode comprar em uma loja especializada.
  3. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 9.jpg
    3
    Use um removedor de mancha de animal de estimação. Ele deve ser utilizado da mesma maneira como seria utilizado um removedor de manchas comum.
  4. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 10.jpg
    4
    Lave com sabão o seu tapete usando o aspirador de pó industrial de líquidos. Há vários sabões feitos especificamente para a remoção de manchas de animais de estimação.
  5. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 11.jpg
    5
    Repita o passo um. Misture a água morna com uma pequena quantidade de vinagre para garantir que todo o sabão saia de seu tapete.
  6. Remove Urine Odors and Stains Permanently Intro.jpg
    6
    Pronto. Fonte:// wikihow.com

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Táticas para lavar o piso com auxílio do aspirador de pó industrial

Dicas para lavar os pisos com aspirador de pó industrial



É importante limpar os pisos frequentemente. Essas dicas para lavar e aspirar o pó do seu piso vão ajudar você a concluir essa tarefa de maneira eficaz!
Estratégias para limpar e lavar pisos
  Cleanipedia recomenda: limpar seu piso com um produto de boa qualidade, criado especialmente para isso, vai poupar seu esforço e seu dinheiro. Por isso, vale a pena resistir à tentação de usar produtos que não sejam específicos para limpar o chão ou apenas água.
Os pisos de sua casa atraem poeira, sujeira, restos de alimentos e resíduos que não chegam ao seu cesto de lixo, por isso é muito importante limpá-los com cuidado, especialmente o piso de sua cozinha. Pisos de cozinha necessitam mais atenção, pois se sujam com facilidade. Passar o aspirador de pó e um pano molhado são partes essenciais desse processo. Lembre-se sempre de seguir orientações de qualquer produto de limpeza e testar qualquer técnica em uma pequena área antes de limpar. Veja abaixo algumas estratégias para ajudar você a limpar o piso de sua casa de maneira fácil e eficaz.

Produtos essenciais para lavar o piso

  • Aspirador de pó industrial, vassoura, escova e espanador de pó
  • Luvas de borracha
  • Pano de tecido ou de esponja 
  • Balde
  • Solução de limpeza de piso e água

Como lavar o piso

  1. Comece aspirando o pó industrial com o aspirador de pó ou varrendo a área. É mais difícil lavar o piso quando há resíduos de alimentos e sujeira no chão. Limpe a área previamente.  
  2. Priorize a segurança. Vista as luvas de borracha e verifique as informações de segurança no rótulo de seu produto de limpeza de pisos. 
  3. Encha o balde. Misture água quente e a quantidade apropriada da solução para limpeza do piso, de acordo com as instruções no rótulo. 
  4. Comece a lavar. Molhe o pano na solução, retire o excesso de água e passe-o pelo piso. 
  5. Enxágue o piso. Ao terminar de lavar, certifique-se de enxaguar bem toda a superfície, especialmente se você tiver crianças ou animais de estimação em casa. Você pode fazer isso com o pano que utilizou para limpeza (ou com um pano especial para enxágue), passando-o pelo piso uma vez mais, agora apenas com água. 





Produtos e ferramentas para lavar pisos

Dicas para lavar o piso

  • Se você tiver um esfregão com tiras de tecido, o melhor é fazer movimentos no chão em forma de oito. Dessa maneira, ainda que você tenha deixado algo para trás ao aspirar a área, os resíduos serão removidos durante esse processo. 
  • Sempre que necessário, sacuda seu esfregão sobre o cesto de lixo. 
  • Se você estiver utilizando um pano esponjoso, passe-o pela superfície como um aspirador de pó, em linhas verticais. 
  • Caso encontre locais problemáticos que não podem ser limpos com o pano, não se preocupe. Você pode se concentrar neles mais tarde. 

Segurança na limpeza dos pisos

Se você tiver crianças ou animais de estimação em casa, é provável que tenha que limpar seu piso com mais frequência, mas também precisa ser mais cuidadoso com os produtos e os métodos que escolher. Crianças pequenas e animais podem se deitar ou colocar a pele em contato direto com o piso. Às vezes, eles até comem no chão! Portanto, é importante que você se assegure de que os pisos estejam sempre limpos. Você deve utilizar os produtos mais suaves disponíveis, para não colocar a segurança das crianças e dos animais de estimação em risco. Muitos produtos de limpeza de piso são ótimos para remover a sujeira, mas é importante lembrar de checar as instruções de manutenção do seu piso para garantir maior segurança. Leia as instruções de segurança no rótulo dos produtos de limpeza de piso. Se for recomendado o uso de luvas para manusear um limpa pisos, os pés do seu bebê não devem tocar o produto. Por isso, certifique-se de enxaguar bem o piso depois de lavá-lo.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Como Escolher Entre Aspirador de Pó Industrial Com ou Sem Saco Coletor

Dicas de como escolher um aspirador de pó industrial

Escolher um aspirador de pó industrial  não tem que ser assustador. Embora haja a escolha entre com e sem saco coletor, a diferença óbvia é a presença do saco, cada tipo tem suas próprias vantagens e desvantagens. O aspirador de pó industrial  que requer um saco foi o primeiro a ser comercializado, embora a forma como os sacos são feitos mudou ao longo do tempo. Toda a sujeira que é sugada para dentro do aspirador de pó industrial  fica depositada em um saco que você descarta ou esvazia quando estiver cheio. O aspirador de pó industrial  sem saco funciona por tecnologia ciclônica, onde a sujeira maior é separada da poeira fina. A sujeira mais fina fica presa em um filtro e a sujeira maior acaba no recipiente que você esvazia quando estiver cheio.

  1. Imagem intitulada Choose Between a Bagless and a Bagged Vacuum Cleaner Step 1
    1
    Determine sua postura quanto ao meio ambiente e seu aspirador de pó industrial
    • Aspiradores que não necessitam de bolsas são melhores para o meio ambiente pois eles não têm nada para jogar fora além da sujeira coletada. Manter lixo extra fora de aterros beneficia o meio ambiente.
    Imagem intitulada Choose Between a Bagless and a Bagged Vacuum Cleaner Step 2
  2. 2
    Determine se respirar a poeira e a sujeira do aspirador de pó  industrial irá incomodá-lo. Há sacos que são projetadas para beneficiar pessoas com asma ou alergias.
    • Um aspirador de pó  industrial que não requer sacos pode expô-lo a mais poeira quando você esvaziá-lo. No entanto, um aspirador de pó industrial ensacado é mais higiênico, sem expor-lhe ao pó e sujeira quando você o esvazia. Se você sofre de asma ou alergias ambientais, alguns sacos de aspirador de pó são feitos especificamente para manter os níveis de alérgenos baixos.
  3. Imagem intitulada Choose Between a Bagless and a Bagged Vacuum Cleaner Step 3
    3
    Determine o quão importante é para você a conveniência e manutenção de um aspirador de pó industrial.
    • É muito mais fácil ver a sujeira em um aspirador sem saco do que em um aspirador de pó com saco e isso é uma forma mais conveniente para saber quando o aspirador de pó in dustrial  precisa ser esvaziado. Um aspirador  de pó industrial sem saco pode exigir a limpeza do filtro regularmente, a fim de trabalhar em níveis ótimos. O filtro desempenha um grande papel no aspirador sem saco e deve ser limpo ou substituído regularmente. Um aspirador de pó industrial  com sacos requer menos manutenção do que a sua contraparte.
  4. Imagem intitulada Choose Between a Bagless and a Bagged Vacuum Cleaner Step 4
    4
    Determine o quanto você pretende gastar e que tipo de desempenho você quer que seu aspirador de pó tenha.
    • Aspiradores de pó sem saco podem ser mais caros do que os aspiradores que tem saco, mas com o tempo eles economizam dinheiro, pois você não tem que sair e comprar sacos regularmente. Se você não aspirar muitas vezes, no entanto, você pode não precisar comprar sacos com frequência para o seu aspirador de pó ensacado. O desempenho pode ser igual para ambos os tipos de aspirador de pó, mas você pode notar uma sucção menor a medida que o saco do aspirador de pó se enche.
    Anúncio

Dicas

  • Compre o aspirador de pó industrial  certo para você; um aspirador de pó industrial  sem saco de uma marca pode ou não ser melhor do que um aspirador de pó com saco de outra.Fonte://pt.wikihow


quinta-feira, 28 de julho de 2016

Entenda como a poeira pode afetar a saúde e aprenda a eliminá-las com ajuda do aspirador de pó industrial

Poeira e aspirador de pó industrial





Vassoura, pano úmido ou aspirador de pó  industrial ? O que é melhor para limpar a casa? O Bem Estar  mostrou que essa escolha pode ter um grande impacto na saúde da família - como explicou a pediatra Ana Escobar, aspirar muita poeira no dia a dia faz mal porque ela pode "grudar" nas mucosas respiratórias, nos olhos ou até na pele. Fora isso, esse pó pode ainda chegar ao pulmão, afetando sua estrutura e elasticidade, gerando doenças, como até mesmo o câncer, segundo a química e professora
Quem tem rinite, bronquite ou algum outro problema respiratório pode sofrer ainda mais com a poeira, como alertou a pediatra.
Isso ocorre porque o processo inflamatório pode levar a um aumento na produção de secreção, obstruindo as vias aéreas e desencadeando crises.
Por isso, é fundamental manter o ambiente limpo, principalmente se a casa tiver crianças ou pessoas alérgicas. Há diferenças, no entanto, entre o modo de limpar - a vassoura, por exemplo, tem a vantagem de ser leve e prática, mas ela levanta muito pó, o que pode aumentar o risco de alergias e infecções respiratórias, como alertou a pediatra. Uma dica para evitar essa suspensão é usar um pano úmido, que consegue reter essa poeira.
Há ainda a opção de usar um aspirador de pó industrial , mas nem todos são iguais, como explicou o administrador de empresas Gustavo Rosique. Antes de comprar o aspirador de pó industrial , é fundamental observar se o produto tem bocais e sacos coletores removíveis e descartáveis, que são mais higiênicos. Além disso, é importante que tenha um filtro HEPA .

Fonte://g1.globo

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Higienização utilizando o aspirador de pó industrial



Limpeza, Higienização e Aspirador  de pó Industrial


A LIMPEZA e HIGENIZAÇÃO dos livros em uma biblioteca têm uma grande importância, pois ajudam evitar um prejuízo muito maior que podem danificar os livros para sempre.
Pois os insetos não avisam a hora que vão atacar os livros, como pouco se tem conhecimento destes problemas , quando vamos verificar os livros já estão contaminados e o processo para DESINFECTAR, LIMPAR, HIGIENIZAR e RESTAURAR os livros custam muito caro, mas havendo o cuidado de 2 (duas) vezes por ano fazer uma verificação ou uma (VISTORIA TECNICA) geral na biblioteca estamos evitando um grande estrago e ajudando dar mais vida para os livros

LIMPEZA DE LIVROS E DE PRATELEIRAS
Os livros devem ser mantidos limpos já que isto aumenta sensivelmente sua vida útil.
A sujidade é o agente de deterioração que mais afeta os documentos
Quando conjugada a condições ambientais inadequadas, provoca reações de destruição de todos os suportes no acervo.
Portanto, a higienização das coleções deve ser um hábito de rotina na manutenção de bibliotecas ou arquivos, sendo assim, podemos dizer que é conservação preventiva por excelência.
Isto aumenta sensivelmente sua vida útil.
A limpeza deve ser feita em intervalos regulares, com freqüência determinada pela velocidade com que a poeira se acumula nos espaços de armazenagem.
É importante assinalar que a própria limpeza pode danificar encadernações frágeis, que muitas vezes não resistem ao manuseio para limpá-las.
Neste caso, é preciso bom senso para decidir quando os livros podem e devem ser limpos.
Para reduzir a quantidade de poeira e impurezas que se acumulam nos livros e prateleiras, é necessário manter os pisos nos espaços de armazenagem o mais limpo possível, aspirando-os periodicamente.
Não é recomendável varrer, pois o pó tende a levantar e espalhar-se.
Os pisos devem ser lavados com o pano bem torcido e os carpetes (melhor não colocar carpete em bibliotecas ou sala com muitos livros) aspirados com o aspirador de pó industrial, sempre que necessário.
É, também, essencial tomar medidas preventivas para evitar que os livros das prateleiras mais baixas recebam respingos de produtos de limpeza.
A cera líquida pode ser usada na limpeza da biblioteca sempre observando o cuidado no uso, nunca levar o balde entre as estante deixando-o na entrada de cada corredor.
Nas prateleiras deve-se remover a poeira pesada com um aspirador de pó industrial provido de filtro, para evitar a recirculação do pó através do exaustor.
As acumulações grossas de poeira e sujeira às vezes exigem a lavagem das prateleiras com um sabão suave.
É necessário, entretanto, avaliar cuidadosamente os riscos que representam o transporte de água para os espaços de armazenagem, devido não só à possibilidade de derramamento, como ao aumento da umidade do ar provocado pela limpeza de muitas prateleiras de uma só vez num espaço confinado.
Também, devem ser tomados cuidados no sentido de que as prateleiras estejam completamente secas antes que os livros sejam recolocados, sobretudo se tiverem sido limpas com água.
O método mais simples é a remoção do pó e demais sujidades a seco, denominada higienização mecânica a seco.
Quando se faz a limpeza dos livros com uma flanela, é preciso fechá-los com firmeza.
Este procedimento consiste na remoção do pó das lombadas e partes externas dos livros com aspirador de pó, utilizando-se baixa potência, com proteção na sucção.
Para a limpeza das folhas utilizam-se trinchas, escovas macias e panos de algodão.
Uma limpeza mais eficiente e sem riscos poderá, deve ser feita com pó de borracha, que é aplicado em pequenas quantidades, fazendo suaves movimentos circulares sobre as superfícies desejadas.
Em seguida, deve-se removê-lo, com um pincel ou trincha que deverá ser manuseada no sentido de baixo para cima, direcionando todos os resíduos, para que seja feita a sucção existente na mesa própria de higienização de livros.

Se estiverem cobertos com uma camada pesada de poeira, pode-se usar um aspirador de pó industrial , não importa a marca, bastando não ser muito potente e com a utilização de uma peça com escova macia.
Deve-se, também, afixar um pedaço de tecido ou talagarça entre a extremidade da mangueira e a escova, para evitar que fragmentos soltos de capas deterioradas sejam sugados para dentro do aspirador de pó industrial .
Por esta razão, pode ser necessário reduzir a sucção do aspirador de pó industrial , que não deve ser usado diretamente em livros antigos e raros.
Para estes casos, recomenda-se o uso de uma escova de cerdas macias, varrendo-se a poeira para dentro da boca do aspirador de pó industrial.
Ao limpar os livros, é importante segurá-los firmemente fechados para evitar que a sujeira deslize para baixo, por entre as folhas.
Quando se passa a flanela ou a escova, o movimento deve ser no sentido do pé para a cabeça, para evitar que a sujeira penetre na guarda ou na lombada.
A parte superior do livro, geralmente a mais suja, deve ser limpo primeiro. Os panos de limpeza dos livros devem ser trocados freqüentemente, e os que forem utilizados para limpar as prateleiras nunca devem ser usados também para os livros.
A limpeza normalmente é feita com mais eficiência por equipes de duas pessoas, utilizando-se um carrinho de livros, flanelas e um aspirador de pó industrial.
A equipe deve trabalhar prateleira por prateleira, de cima para baixo, removendo os livros na ordem em que se encontram e colocando-os de pé no carrinho, apoiados por bibliocanto.
A prateleira deve ser então limpa.
O elemento estranho aos livros, como marcadores de páginas, tira de papel e flores prensadas, devem ser removidos para que a acidez não migre para as folhas, danificando-as.
Os clipes e outros prendedores danosos devem também ser removidos, para que não causem manchas ou marquem as páginas.
Serão identificados também os possíveis ataques de insetos, caso ocorram.

Cada livro deve ser limpo e, então, devolvido à prateleira.
Uma vez que a limpeza pode ocasionar danos aos livros, deve-se ensinar aos funcionários técnicas de manuseio cuidadoso, além de conscientizá-los da importância desta tarefa, que por ser tão básica e demorada é freqüentemente esquecida ou adiada.
A limpeza é, entretanto, fundamental para aumentar a vida útil das coleções.

Eliminando a poeira que causa atrito às páginas e à superfície das encadernações, atraindo insetos e tornando o ambiente propício à criação de fungos, os funcionários estarão contribuindo muito para a conservação dos livros.
Essa tarefa básica é, portanto, uma das mais importantes para a preservação das coleções.

Higienização de livros
Colocar o livro sobre a mesa ou capela.
Passar pincel trincha ou brocha de maciez adequada suavemente nos cortes.
Passar pincel trincha ou brocha no cabeceado, de dentro para fora.
Passar pincel ou trincha suavemente na contracapa, nas primeiras e últimas folhas, empurrando a poeira no sentido contrário ao operador.
Limpar página a página, quando o documento apresentar sujidade.
Passar trincha ou pincel bem próximo à costura, pois geralmente é onde há um maior acúmulo de sujidades.
Passar trincha ou pincel sobre a superfície da capa.
Passar uma fralda macia em toda a superfície da capa.
Após a higienização das páginas, deve fazer-se a oxigenação da obra, isto é,
folhear a obra várias vezes, o que proporciona a sua aeração.
Se a higienização for periódica, restringir a limpeza às quinze primeiras e às quinze últimas folhas.
 








Fonte://encadernacaodelivros.com

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Espante a alergia dentro de casa com auxílo do aspirador de pó industrial

Previna-se contra as doenças de inverno com ajuda do aspirador de pó industrial

As alergias podem ser desencadeadas por diferentes fatores, como: alterações climáticas, sedentarismo ou estresse, mas também podem surgir pelo contato com partículas e micro organismos que levam o nome de alérgenos. Por isso, os alérgicos, que já chegam a 35% da população brasileira, devem estar atentos a três importantes medidas para o controle destes problemas. O tratamento e a prevenção dos processos alérgicos consiste em um tripé terapêutico, através do controle alimentar, do uso de imunoterapia, mas sem esquecer de um criterioso e indispensável controle do ambiente, retirando de casa o que produz alergia.

O controle ambiental passa por diversas medidas que poderão auxiliar a exterminar os maiores vilões daqueles que tossem, espirram, se coçam e até respiram mal por causa dos quadros de alergias. Os maiores causadores destes sintomas estão presentes dentro de casa, ambiente mais poluído que frequentamos, como os ácaros, a poeira, o mofo e até alguns tipos de fungos. Sendo assim, determinados hábitos dentro de casa precisam mudar, pois algumas medidas irão diminuir a presença destes inimigos dos alérgicos do ambiente doméstico.

Segundo o Alergista e Imunologista, Coordenador Técnico do Projeto Social Brasil Sem Alergia, o Dr. Marcello Bossois, o controle do ambiente é responsável por uma significativa redução dos processos alérgicos, que pode chegar a 40%(quarenta por cento). “As mudanças na arrumação, limpeza e faxina do lar produzirão um ambiente que será menos alergênico, mais fácil de ser limpo e mais saudável para toda a família.”

Mantendo a alergia longe do quarto

Dentre os ambientes a serem cuidados, o quarto de dormir requer uma atenção especial, em virtude da grande quantidade de horas que as pessoas permanecem no mesmo. Além disto, a cama reúne condições excelentes (temperatura, umidade e escamação de pele humana) para o desenvolvimento de colônias de ácaro, fungos e mofo, elementos detestados pelo alérgico.

Uma das medidas de maior importância para o tratamento dos quadros de alergias é a forração dos colchões e travesseiros com um material impermeável, a vulcan napa impermeável ou PVC, pois as pessoas passam cerca de um terço de suas vidas em suas camas. Desta forma, as pessoas depositam pele descamada, alimento preferido dos ácaros, que penetra nos colchões e travesseiros, formando uma verdadeira fábrica destes bichinhos.

“Por este motivo, que a forração dos colchões e travesseiros é tão importante no processo de combate da alergia, já que desta maneira cria-se uma barreira entre o corpo e estes objetos. Esta forração evita a proliferação destes alergenos, pois os ácaros não terão mais seu principal alimento, a queratina presente na pele. Além disso, a barreira formada não mais permitirá que as pessoas inalem estes alergenos, tornando-as mais distantes do que as provoca alergia”, afirma Dr. Marcello Bossois.

Alguns objetos devem ser evitados na maior parte possível dos aposentos de casa, sobre tudo no quarto daqueles que já apresentam alguma alergia. Os pacientes que sofrem com alergias respiratórias como as rinites, bronquites, sinusites e faringites devem abolir de seus quartos cortinas de pano, carpetes, tapetes, cadeiras ou poltronas de pano, bichos de pelúcia e até evitar a presença de plantas no ambiente de dormir.

Outras providências podem ser tomadas para tornar o quarto um ambiente mais saudável e menos convidativo para os provocadores dos males das alergias. O acúmulo de jornais e revistas facilita a produção de poeira e ajuda o surgimento de mofo, o que deve ser evitado. O quarto deve ser bem arejado para manter o ar constantemente renovado e atrapalhar a vida dos alergenos.

Os alérgicos podem evitar ainda perfumes com odores muito intensos e outros irritantes respiratórios como tintas, ceras, removedores e produtos químicos. O cigarro tem que ter sua entrada barrada no quarto de um alérgico, pois a sua fumaça é uma grande provocadora de alergias no sistema respiratório. Os quadros e espelhos podem fazer parte de outros cômodos, mas não são bem-vindos dentro do quarto, já que estes dificultam a limpeza das paredes e contribuem para a presença de mofo.

“As persianas podem ser utilizadas no lugar das cortinas de pano com o objetivo de facilitar a limpeza e evitar o acúmulo de poeira. Para o combate dos insetos, os repelentes naturais como velas de andiroba e citronela podem substituir o uso dos inseticidas em aerosol. Mas, jamais, um paciente alérgico poderá utilizar um travesseiro de origem animal, seja de pena ou de pluma, pois ambos são ricos em queratina, o alimento preferido dos ácaros”, adverte o Coordenador Técnico do Brasil Sem Alergia.

Limpando as alergias

Na faxina, por exemplo, o procedimento tradicional do uso de vassouras e determinados produtos de limpeza deve ser modificado o quanto antes. Isso pois a vassoura é responsável por acabar levantando a poeira pelo ar, o que é péssimo para aqueles que sofrem com as alergias. Já alguns produtos de limpeza, assim como a vassoura, precisam ser abolidos nas casas dos alérgicos, uma vez que a maioria destes produtos agride a mucosa respiratória.

“No lugar da vassoura, que não é apropriada para a limpeza das residências dos alérgicos, deve-se trocar o seu uso pelo aspirador de pó industrial, pois desta forma a poeira não será espalhada. Após aspirar com o aspirador de pó industrial a sujeira, poderá ser utilizado um pano úmido para a retirada completa de toda a poeira, porém, no lugar de produtos químicos com cheiros mais fortes, a limpeza pode ser feita por meio de detergentes bio degradáveis ou álcool, produtos mais apropriados para os alérgicos”, comenta o Alergista.

O controle do ambiente também passa por mudanças na maneira de lavar as roupas. O amaciante de roupas e o sabão em pó comum também precisam ser excluídos das listas de compras, pois, no momento da lavagem, eles impregnam as roupas com substâncias que são nocivas às alergias. O sabão de coco nas apresentações líquida, em pó ou em barra pode substituir os amaciantes e o sabão em pó comum e manter a alergia longe de casa.

O que é o Brasil Sem Alergia?

Coordenado pelo médico, Dr. Marcello Bossois, o Brasil Sem Alergia é um Projeto Social que oferece gratuitamente a realização de diversos procedimentos de combate, controle e prevenção dos mais variados tipos de processos alérgicos e doenças ligadas ao sistema imunológico. Além do acompanhamento médico gratuito, a Ação Social realiza os testes alérgicos, gratuitamente, em toda população do Rio de Janeiro, além de oferecer a imunoterapia por um baixo custo, assumindo um papel muito importante no combate das doenças alérgicas.

Fonte://ecologianet.com