sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Proteja a casa de ácaros com auxílio do aspirador de pó industrial

Evite as crises alérgicas geradas por esses inimigos invisíveis com ajuda do aspirador de pó industrial

Tapetes felpudos, carpetes, sofás de chenile,bichos de pelúcia, animais de estimação e edredons quentinhos são os lugares preferidos dos ácaros, que se instalam sem que a gente perceba e provocam reações alérgicas nas pessoas mais sensíveis.
“Os ácaros procuram no ambiente o abrigo e a proteção necessários para viverem. E nossa moradia configura o local perfeito para isso”, afirma o pesquisador Nicolau Maués Serra-Freire, do Laboratório de Biodiversidade Entomológica do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).
Isso sem contar que encontram matéria orgânica como fungos, vegetais, excrementos de animais, descamações da pele, cabelos e restos de alimentos em quantidade para se alimentarem.
Para evitar o problema, o mais indicado é se livrar de todos os possíveis focos de ataque, optar por piso frio e trocar o estofamento por couro, o que nem sempre é possível. “A melhor maneira de conviver pacificamente com os ácaros é reduzir o alimento disponível para eles. Com menos alimento, a colônia cresce menos”, diz o pesquisador.
Veja como evitar a infestação de ácaros em casa:



Getty Images
Renove colchões e travesseiros após seis a dez anos de uso

1- Mantenha portas e janelas abertas para arejar os ambientes;

2- Retire a poeira de colchões, carpetes, sofás, almofadas e cortinas. Ácaros adoram pó. Para garantir a limpeza, use um aspirador de pó industrial  com filtro hepa. “Ele garante a coleta de 99,97% da poeira e das micropartículsa alergênicas, como as caspas de gato, por exemplo, que medem cerca de 0,3 micrômetros. Em termos de comparação, um cabelo humano mede cerca de 100 micrômetros, o equivalente a 0,1 milímetro”, afirma Ângelo di Fraia, gerente da Arno. O aspirador de pó industrial pode limpar ainda e o que mais achar necessário;

3- . Alguns modelos já vêm com proteção antiácaros. Quem não quiser mudar o colchão pode revesti-lo com capas protetoras com tratamento antimicrobiano que impede a passagem dos ácaros;

4- Faça uma higienização periódica em colchões, sofás, tapetes e carpetes. Em apenas um ano de uso, esses locais chegam armazenar quase cinco milhões de ácaros. Uma das opções é a higienização feita pela Hygienitech, que não utiliza componentes químicos. “É uma combinação de radiação, vibração e sucção”, diz Ricardo Rocco, dono da empresa;

5- Lave periodicamente cortinas e tapetes. Se estiverem tratados com algum produto antiácaro, não molhe ou use produtos químicos. Apenas passe o aspirador de pó industrial uma a duas vezes por semana;
Fique atenta a validade do colchão 

6- Troque a roupa de cama uma vez por semana. Em dias mais quentes e no verão, troque duas vezes por semana. Aproveite para virar o colchão de lado. Se possível, exponha-o ao sol;

7- Desumidificadores de ar ajudam bastante. “Ao procurar abrigo, o ácaro busca pouca luz, umidade acima dos 60% e calor abaixo dos 50ºC. Então, quando é instalado um, com capacidade volumétrica compatível com o volume do espaço, o abrigo deixa de ser ideal para os ácaros. Suas duas possibilidades imediatas são: morrer ou abandonar o ambiente, migrando para outro lugar (lembrando que toda a casa deve ser desumidificada)”, completa Serra-Freire;

8- Mantenha a disciplina: faça as refeições na cozinha ou sala de jantar (nada de sentar no sofá ou na cama); não troque de roupa em qualquer cômodo e não entre em casa com sapatos usados na rua;
Acerte na escolha do travesseiro 

9- Use acaricidas com cautela. “É recomendável seguir a indicação de um profissional habilitado para o uso. Para ambientes em que vivem animais, é bom consultar um veterinário”, diz o pesquisador;

10- Instale esterilizadores de ar. Eles puxam os ácaros do ambiente para dentro do aparelho que, com circuitos internos que esquentam a até 300ºC, elimina os microorganismos.
Fonte:delas.ig.com

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Acabar com traças com auxilio do Aspirador de Pó Industrial

Como se livrar de traças de despensa com ajuda do aspirador de Pó Industrial


Traças de despensa são pestes destrutivas que podem causar o caos em prateleiras e despensas desavisadas. Ao avistar traças na despensa, o único jeito de eliminá-las é lavar profundamente a área afetada e descartar tudo o que foi infestado. Medidas adicionais podem aumentar as chances de evitar que as pestes retornem. Aqui está o que você precisa saber sobre eliminar traças de despensa.
Parte 1 de 4: Inspeção
  1. Get Rid of Pantry Moths Step 1.jpg
    1
    Procure traças adultas ou larvas. As traças adultas geralmente são acinzentadas, com detalhes vermelhos ou brancos. Elas medem 1.27 cm. Parecem minhocas com cinco pares de pernas.
    1. O jeito mais fácil de localizar uma infestação é enxergar uma traça adulta voando ao redor da despensa. Isso normalmente acontece durante a noite.
    2. Ao suspeitar de uma infestação, verifique todos os alimentos secos de sua despensa. Traças se escondem em farinha, cereais, arroz e outros grãos. Verifique também rações de animais de estimação, frutas secas ou quaisquer outros produtos secos. Resumindo: examine tudo.
    3. Examine também os cantos e bordas de sua despensa.
    4. 2
      Procure casulos. Procure nos cantos e ao redor das bordas por amontoados de materiais granulosos ou fibrosos.
      1. A teia normalmente não aparece na comida, mas ao avistar algo parecido com teias ao examinar os alimentos, é melhor tratá-las como tal.
      2. Inspecione as bordas de todas as latas e potes. Traças são bastante capazes de enrolar teias ao redor dessas bordas.

      Parte 2 de 4: Limpeza

      1. Get Rid of Pantry Moths Step 3.jpg
        1
        Remova tudo de sua despensa. A despensa precisa estar vazia para ser completamente higienizada.
      2. Get Rid of Pantry Moths Step 4.jpg
        2
        Descarte alimentos infestados. Qualquer alimento que demonstre claros sinais de contaminação deve ser eliminado.
        • Se um saco aberto de grãos ou alimentos secos não parecer infestado – mas ainda continue gerando preocupação –, você pode descartar o alimento ou deixá-lo em um freezer por uma semana. As temperaturas baixas matarão os ovos que não podem ser detectados a olho nu. Note, porém, que você não deve fazer isso se avistar traças adultas ou larvas.
      3. Get Rid of Pantry Moths Step 5.jpg
        3
        Passe o aspirador de pó industrial  na despensa. [1] Use o aspirador de pó industrial com uma mangueira e um bocal angular para limpar as paredes, a base e os cantos da despensa.
        • Limpe embaixo de todas as superfícies de prateleiras. [2] Remova quaisquer superfícies antigas e passe o aspirador na parte de baixo delas. Troque as superfícies caso elas estejam velhas demais.
        • Foque em áreas com teias, larvas ou traças adultas, mas passe o aspirador de pó industrial em toda a área. Isso inclui todas as ferragens, gavetas e buracos na despensa.
      4. Get Rid of Pantry Moths Step 6.jpg
        4
        Esfregue sabão e água quente na despensa. Use uma toalha de louças ou esponja para lavar paredes, pisos, portas e gavetas da despensa ou prateleira.
        • Certifique-se de limpar as dobradiças e batentes, pois esses pontos são os principais esconderijos de larvas.
        • Você deve esfregar debaixo de quaisquer superfícies de prateleiras ou gavetas interiores.
      5. Get Rid of Pantry Moths Step 7.jpg
        5
        Lave velhos recipientes com água quente e sabão. Caso tenha recipientes plásticos de alimentos dentro de sua despensa, lave-os com detergente ou use água quente e sabão para escová-los profundamente.
        • Este é um passo essencial caso os recipientes tenham sido diretamente expostos às traças. Contudo, ainda será uma boa ideia remover os conteúdos do recipiente e lavá-lo, mesmo que ele não tenha sido infestado. Fazer isso permitirá que você examine mais proximamente os alimentos enquanto busca evidências de infestações.
      6. Get Rid of Pantry Moths Step 8.jpg
        6
        Seque tudo profundamente. Antes de devolver tudo à despensa, seque o interior dela com panos limpos ou papeis-toalha.
        • Busque secar qualquer recipiente de alimento completamente antes de devolver a comida a eles e reposicioná-los na despensa/prateleira.
        • Traças amam a umidade. Portanto, manter as coisas secas é um passo importante para eliminar essas pestes.
      7. Get Rid of Pantry Moths Step 9.jpg
        7
        Leve o lixo para fora. O saco do aspirador de pó industrial  e as sacolas plásticas contendo alimentos infestados devem ser imediatamente removidos da cozinha e levados para fora.
        • Se possível, coloque os sacos em lixeiras externas que fiquem longe de sua casa.

      Parte 3 de 4: Tratamentos Orgânicos

      1. Get Rid of Pantry Moths Step 10.jpg
        1
        Esfregue tudo com vinagre. Um jeito seguro de higienizar o espaço e impedir que traças retornem é lavar todas as superfícies da despensa com vinagre branco.
        • Se não quiser passar o vinagre em toda a despensa/prateleira, recomenda-se que você ao menos esfregue a área que estava infestada com traças ou larvas.
        • Esfregue vinagre branco em recipientes alimentícios infestados.
        • Certos óleos essenciais, incluindo hortelã, citronela, eucalipto e óleo da árvore do chá, podem fortalecer o efeito. Adicione algumas gotas de óleo em uma garrafa de spray cheia de vinagre e borrife as superfícies antes de esfregá-las.
        • Adicione uma folha de louro diretamente em sua lata de farinha, arroz ou outro alimento seco. Isso não deve afetar a qualidade do alimento, mas ainda é possível prender a folha na tampa do recipiente e obter o mesmo efeito.
        • Note que não há evidência científica definitiva que apoie esta prática. Entretanto, também não há prova definitiva para desacreditá-la. Pode ser um “remédio popular”, mas muitos parecem concordar com a funcionalidade dele.

      Parte 4 de 4: Tratamentos Químicos

      1. Get Rid of Pantry Moths Step 12.jpg
        1
        Instale armadilhas de cola. [3] Use uma fita dupla para grudar o lado não-adesivo de uma armadilha de cola na parede interior de sua despensa ou prateleira.
        • Infestações pesadas podem requerer mais do que uma armadilha de cola.
        • A cola no interior das armadilhas contém feromônios que atraem traças e outros insetos. Traças adultas gravitam ao redor da cola, se prendem e morrem. Como resultado, a reprodução é altamente reduzida.
        • Remova o papel de proteção da armadilha para expor o lado grudento. Se não quiser usar uma fita, você pode transformar a armadilha em uma caixa ou anel ao enrolá-la e tocar as duas extremidades dela. Essa caixa poderia ser pendurada em um gancho.
        • Armadilhas de cola podem funcionar por quatro ou seis semanas, mas é preciso trocá-las caso elas se cubram totalmente de traças mortas.
      2. Get Rid of Pantry Moths Step 13.jpg
        2
        Aplique spray para rachaduras e fendas. Antes de colocar o alimento de volta na despensa, aplique um inseticida de “fendas e rachaduras” ao redor do perímetro do espaço.
        • Esses inseticidas normalmente possuem uma ponta injetora. Coloque a ponta em todas as rachaduras e fendas em que as traças possam se esconder. Borrife o inseticida por um segundo em cada localização e repita o quanto for necessário.
        • Se esse inseticida deixar para trás um resíduo branco, simplesmente remova-o com uma toalha molhada ou esponja.

          Dicas

          • Essas pequenas criaturas gostam de andar em tetos e paredes. Esmagá-las pode criar sujeira. Certos produtos podem eliminá-las mais graciosamente e também pode aspirá-las com o aspirador d epó industrial.
          • Guarde alimentos em recipientes plásticos lacrados. Para evitar futuras infestações, e para preservar melhor seus alimentos em caso de uma nova invasão de traças, guarde todos os grãos e bens secos em recipientes plásticos lacrados. Ao usar sacos plásticos, use apenas aqueles com zíper e guarde um dentro do outro. Tente não fechar os sacos com clips ou bandas de borracha.
          • Não compre pacotes abertos ou rasgados de alimentos. Pacotes nessas condições correm maiores riscos de serem afetados pelos ovos das traças.
          • Congele produtos secos comprados por uma semana. Na eventualidade de você comprar bens que contenham ovos de mariposa, congelar a comida por uma semana deve matar os ovos. Nesse estágio, eles serão inofensivos e será virtualmente impossível localizá-los com o olho nu.remova-o com uma toalha molhada ou esponja.
          • Avisos

            • Exercite cautela ao utilizar inseticidas e venenos em sua despensa. A aplicação desajeitada poderia fazer com que o veneno vazasse em seu alimento, criando mais problemas do que soluções e servindo como grande ameaça à saúde.

            Materiais Necessários

            • Sacos de lixo
            • Aspirador de pó industrial
            • Toalha de louça, panos ou esponjas
            • Detergente
            • Água quente
            • Óleos essenciais
            • Folhas de louro
            • Armadilhas de cola
            • Spray para rachaduras e fendas
            • Fonte://wikihow

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Saco original de aspirador de pó ajuda a prevenir doenças respiratórias



A importância da utilização do saco original de aspirador de pó industrial para a saúde



Utilizar sacos originais de aspirador de pó ajuda a prevenir doenças respiratórias, como asma, rinite e sinusite. Isso porque o acessório original filtra a poeira corretamente, evitando que a sujeira volte para o ambiente
Ao aspirar a casa, o aspirador suga milhões de micro partículas prejudiciais à saúde. Quem usa o saco descartável de baixa qualidade permite que até 50% desses agentes microscópicos voltem ao lar, deixando o ar insalubre, especialmente para aqueles que têm asma, alergias e crianças pequenas. Já os sacos descartáveis originais da Electrolux capturam até 97% das micropartículas, mantém o desempenho de sucção e aumentam a vida útil do aparelho. O acessório da Electrolux ainda conta com outros benefícios, por exemplo, é ambientalmente correto, feito com material biodegradável; possui dois níveis de filtragem (folha de papel e fibra) que evitam que a poeira volte ao ambiente; retém ácaros e bactérias; e são produzidos com material de qualidade para que não rasguem ou danifiquem o aspirador. O ideal é que os sacos sejam trocados a cada dois meses para promover uma aspiração mais eficiente.
Fonte://dino.com

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Como limpar tapetes com auxílio do aspirador de pó industrial

Aspirador de Pó Industrial na Limpeza de Tapetes



3 Métodos:Mantendo o Seu Carpete LimpoRemovendo Odor do CarpeteLimpeza Profunda do Carpete
Carpetes tendem a atrair sujeira, manchas e pelos de animais, bem como mofo e bolor. Cuidar adequadamente do seu carpete evitará que ácaros, pulgas, percevejos e outros insetos se alojem nele. Leia este artigo sobre para obter informações sobre manutenção diária, a remoção de odor e técnicas de limpeza profunda

Método 1 de 3: Mantendo o Seu Carpete Limpo

  1. 1
    Use o aspirador de pó regularmente. Invista em um bom aspirador de pó que sugue a sujeira de dentro das fibras, especialmente se você tiver um carpete felpudo, ou animais de estimação em casa. Aspirar regularmente mantém a aparência e o odor do seu carpete fresco.
    1. 2
      Aspire várias vezes por semana. Se você tem animais de estimação, pode ser necessário fazer isso todos os dias.
      • Não apresse o processo de aspiração. Mesmo aspiradores de alta potência precisam de um tempo para sugar poeira, sujeira e resíduos de pele da base das fibras. Passe o aspirador sobre o carpete mais de uma vez para garantir uma boa limpeza.
    2. 3
      Proteja as áreas mais usadas. Se o seu carpete atinge sua porta da frente, a entrada da cozinha, ou outras áreas de sua casa que tendem a ter um tráfego mais intenso, considere proteger as áreas com passadeiras ou protetores de tapete de plástico. Dessa forma, você não vai se cansar limpando resíduos de sujeira e pedaços de grama com o aspirador de pó todos os dias. 

      • Protetores de plástico ou de acrílico têm a vantagem adicional de permitir que o carpete fique visível através do material transparente. Eles são uma forma discreta de proteção contra a sujeira.
      • Use as passadeiras nos corredores, que tendem a ter um tráfego de pessoas mais intenso.
      4
      Limpe derramamentos imediatamente. Deixar que derramamentos sejam absorvidos pelo carpete, ou secarem, torna a remoção dos mesmos muito mais difícil. Se puder limpar o líquido derramado logo após o acidente, você economizará muito tempo depois. 

      • Use um pano limpo ou papel toalha para absorver o derramamento; em seguida, despeje fermento em pó sobre a área e deixe descansar por 15 minutos. Quando o líquido secar completamente, use o aspirador de pó.
      • Se o líquido derramado for vinho ou outro líquido colorido, adicione um pouco de água gasosa, antes de polvilhar sobre o bicarbonato de sódio.
      5
      Conheça a técnica correta para a remoção de manchas mais antigas. Às vezes, é impossível limpar imediatamente uma certa mancha. Se você se deparar com uma mancha antiga de vinho ou café, não entre em pânico, muitos carpetes são pré-tratados com produtos químicos resistentes a manchas, portanto; elas não são, normalmente, difíceis de remover. Use um borrifador cheio de vinagre para pulverizar levemente a área; em seguida, limpe com um pano. Para as manchas mais profundas, sature a área com vinagre ou um produto para limpar carpetes, polvilhe bicarbonato de sódio, e aspire a área após o bicarbonato de sódio ter secado.
      • Não tente esfregar as manchas. Isto irá causar danos nas fibras e fazer com que a área pareça pior.
      • Não sature a área com muito vinagre, água ou qualquer outro líquido. Qualquer líquido que se infiltre tão profundamente nas fibras que fique impossível secar, poderia levar ao crescimento do mofo.
      • Carpetes mais leves podem ser eficazmente limpos com uma mistura de limão e sal. Faça um teste em uma área discreta para certificar-se de que a mistura não irá descolorar o material.
      •  

        Método 2 de 3: Removendo Odor do Carpete

        1. 1
          Aspire o tapete. Prepare-o para o tratamento de remoção de odor começando por aspirá-lo profundamente. Se tiver muita sujeira na superfície, varra primeiro com uma vassoura para levantar as fibras e soltar a sujeira. Em seguida, use o aspirador de pó.
        2. 2
          Faça uma mistura para remover o mau cheiro. Carpetes mais finos podem ser efetivamente limpos com produtos que você provavelmente já tem em seus armários. Misture os seguintes ingredientes em uma tigela que você não planeja usar novamente para cozinhar:
          • 1 xícara de bórax (disponível em lojas de ferragens)
          • 2 xícaras de fubá
          • 1/2 xícara de bicarbonato de sódio

    1. 3
      Trate áreas manchadas ou com mau cheiro usando vinagre e água. Encha um frasco vaporizador com uma solução de 50% de vinagre e 50% de água e pulverize sobre as áreas que precisam de mais ajuda. Cuidado para não encharcá-las completamente com o líquido, já que você não quer que a umidade retida crie mofo.
    2. 4
      Polvilhe a mistura de fubá e bórax sobre o tapete. Espalhe uniformemente, focando-se nas áreas que tendem a ficar mais suja ou que cheiram mais. Retire-se do local e deixe a mistura agir durante uma hora.
      • Mantenha as crianças e animais de estimação fora do local enquanto a mistura se assenta no tapete.
      • Não use mais do que o seu aspirador de pó pode sugar. Uma camada leve da mistura deve ser suficiente para remover os odores e manchas leves.

        Método 3 de 3: Limpeza Profunda do Carpete

        1. 1
          Compre ou alugue uma máquina de limpeza de carpetes. As manchas mais profundas e os odores mais difíceis podem ser removidos com um aparelho que utiliza água quente e um produto de limpeza químico para lavar as fibras do seu carpete.
          • Máquinas de limpeza de carpetes podem ser alugadas em lojas especializadas ou em locadoras de equipamentos de limpeza.
          • O aluguel inclui a solução de tratamento de remoção de mancha. É importante saber que tipo de carpete você tem antes de alugar uma máquina, para certificar-se de usar a solução de limpeza adequada.
          • Você também pode querer contratar um profissional para ir a sua casa e fazer este tipo de serviço.
        2. 2
          Aspire o carpete. Certifique-se de que ele esteja completamente livre de toda a 

          1. poeira e sujeira solta antes de iniciar o tratamento de limpeza profunda. Varra as partes mais sujas para levantar partículas de sujeira antes de usar o aspirador.
          2. 3
            Faça um pré-tratamento das áreas manchadas. A maioria das máquinas de limpeza vem equipada com uma solução para ser usada antes da limpeza profunda. Se esta solução não estiver disponível, pulverize as áreas manchadas com vinagre.
          3. 4
            Adicione a água e uma solução de limpeza. Siga as instruções que acompanham o aparelho para adicionar as quantidades adequadas de água quente  e produto de limpeza.
            • Em alguns casos, a água e uma solução são colocadas em dispensadores separados; como indicado, remova os dispensadores e encha-os com água ou produtos de limpeza.
            • Certifique-se que os dispensadores estejam devidamente instalados na máquina antes de prosseguir. 
            • 5
              Ligue o aparelho e inicie o trabalho. Passe a máquina lentamente sobre o carpete, certificando-se de cobrir cada centímetro. Você pode passar duas vezes pela mesma área para ter certeza de não pular nenhum ponto. Em alguns modelos, você verá respingos de água suja em um receptáculo quando a máquina funciona corretamente.
              • Se a água e/ou produtor acabar, desligue e desconecte o aparelho. Descarte o líquido sujo, lavar os tanques, e encha-os novamente com água e produto limpos.
              • O líquido sujo pode ser despejado no vaso sanitário.Fonte://wikihow

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Curiosidades sobre aspiradores de pó industrial


Tudo sobre aspirador de pó industrial


Conheça os tipos de aspiradores e bocais ideais para fazer a limpeza da casa
 Sabe quando a gente ouve frases do tipo: ?Aspirador  de pó industrialé tudo igual, é só ligar e passar pelo chão que a casa fica limpa?? Pois é, é o que muita gente pensa. Mas não é bem assim não, viu?
A verdade é que pra cada uso há um tipo de bocal diferente para fazer a limpeza corretamente, é preciso observar o tipo de aspirador, a potência, em alguns casos até mesmo um aspirador de pó industrial  específico.

Bocais: as ferramentas da agilidade
Gente, o bocal é aquela parte que entra em contato com a superfície a ser aspirada. Em função disso, os fabricantes têm desenvolvido soluções bem variadas adaptadas até ao cantinho menos acessível dos cômodos de sua casa. Olha só os modelos que existem:
Bocal para cantos e frestas: são ideais para retirar aquela sujeirinha dos rodapés, dos cantos da sala, teias de aranha do teto, normalmente com uma mangueira maior que também vem com o aparelho.
Bocal multiuso: como o próprio nome diz, servem para várias tarefas, normalmente as limpezas comuns, ?do dia-a-dia?, limpar o carpete, o tapete, aspirar à sala.
Bocal para tecido: menos agressivo que os demais para não estragar as fibras das roupas. Ideal para limpar as roupas que passam muito tempo no armário, retirar mofo e traças.
Bocal para pisos: projetado para pisos frios, porcelanato e pisos flutuantes. Também podem ser usados em carpetes e tapetes. Tem proteção especial nas bordas para não causar arranhões no piso.
Bocal escova: o melhor para a limpeza de tapetes e carpetes, pois enquanto aspira o pó, retira as linhas e fios de cabelo que se escondem nas fibras do tapete. Adorei!
Bocal de estofados: tem pequenas escovas nas bordas, menos resistentes que as para tapetes e mais resistentes que as para tecidos. Elas ajudam na retirada de resíduos das fibras, poeira, cinza de cigarro, cabelos, tudo que se embrenha nas fibras e que sem a escova a sucção não seria suficiente para retirar.
Os tipos de aspiradores de pó industrial
Você deve estar se perguntando se não é tudo igual! A resposta é não! Aquele que a sua avó usava lá nos anos 70 já passou por muita evolução e hoje, a tecnologia invadiu este território também. Olha só os modelos que temos hoje:
Aspirador de pó: o modelo ?original?, com a função mais básica de um aspirador de pó. A evolução da tecnologia fez com que hoje existam muitas facilidades, como enrolador automático de cabo, regulador de potência, filtros especiais e reservatório transparente.
Aspirador de pó e água: tem compartimentos e motores especiais que permitem além de aspirar a poeira, também aspire líquidos, ou seja, usado em superfícies úmidas, como um tapete ainda não totalmente seco, o que, aliás, tornará mais rápida a secagem.
Aspirador multifuncional: aparelho que além de aspirar pó e água, também lava e seca carpetes, cortinas e estofados. Bom para a limpeza de carros, sofás e cortinas. Este está pronto para tudo!
Aspiradores portáteis: práticos, pequenos e leves, ideais para usar no carro, para limpar as frestas de sofás e poltronas ou limpar as migalhas da mesa. Tem potência mais baixa que os demais e funciona a bateria, normalmente de lítio.
Aspiradores ultra-silenciosos: como diz o nome, são mais que super silenciosos. Com níveis de ruído que chegam no máximo 73 decibéis, o equivalente a uma conversa normal entre duas pessoas, e mesmo assim, são aparelhos geralmente de alta potência. Recomendado para qualquer lugar, especialmente para casa com bebês, crianças recém-nascidas e idosos, hospitais e escritórios.
Aspiradores inteligentes ou aspiradores robô: eles são a revolução no que se refere a aspiradores. São pequenos, redondos e circulam pela casa em movimentos 360°. Funcionam com sensores que capta a presença de acúmulos de sujeira e o aspiram sem precisar de nenhum comando. Também são equipados com sensores que evitam colisões e quedas.
Aspiradores antialérgicos: alguns usam sais de prata e nano-íons no processo de absorção do pó, higienizando os ambientes e eliminando até 90% das bactérias. Há os que usam filtros especiais com a tecnologia High Efficiency Particulate Air (HEPA), que retém mais de 99% de ácaros, poeiras e outras partículas.
A potência é um fator extremamente importante na escolha do modelo a comprar. O ideal é que a potência seja alta, quanto mais alta melhor os resultados, procure por motores de 1100 a 1600 w.
Uma dica para reduzir o consumo de energia e aumentar a vida útil do aparelho, por incrível que pareça, é aspirar diariamente, ou pelo menos 3 vezes por semana, para evitar o acumulo de resíduos e promover uma limpeza mais rápida.
Manutenção dos aspiradores
Embora alguns modelos ainda tenham sacos de tecido (que precisam ser lavados semanalmente), o mais prático e atual é o filtro de papel. Mas, fique atento: a troca precisa seguir o padrão estabelecido no manual do aparelho, certo?  
Mas não é só isso: o saco do aspirador não pode ultrapassar a capacidade de ¼ de seu volume total. Um saco cheio de poeira compromete até mesmo o consumo de energia do aparelho e, claro, o seu rendimento. Como medir isso?
Olha só uma dica: se você usa o aspirador de pó cerca de três vezes por semana, por exemplo, pode esvaziar o saco toda semana. Se o saco for de tecido, lave-o a cada 45 dias ou quando perceber que há muita poeira agarrada.
Você sabia que alguns modelos têm dispositivos que avisam quando é hora de trocar o saco? Se não for seu caso, o período médio ideal para troca por um novo é a cada seis meses. Porém, se você usa bastante seu aspirador, observe sempre o desgaste do saco. Pode ser o caso de trocar antes.
Como fazer meu aspirador de pó industrial  durar mais?
Não utilizar o aparelho para limpar carpetes e pisos úmidos ou para aspirar líquidos (a não ser que ele tenha essa função). Outros itens também são proibidos: substâncias inflamáveis ou explosivas, resíduos incandescentes (brasas de cigarro, por exemplo), objetos cortantes, agulhas, alfinetes e grampos.
Se o seu bichinho pegou pulgas, faça o seguinte: todas as vezes que aspirar a casa retire o saco do aspirador, coloque-o dentro de um plástico, feche bem e deixe-o no freezer durante algumas horas. Este procedimento vai exterminar as pulgas. Prático, né?
Para deixar os ambientes perfumados, coloque dentro do saco do aspirador um algodão levemente umedecido em sua essência favorita ou perfume.
Agora é escolher o aspirador de pó  industrial ideal para a sua casa e dar um ?adeus? para a poeira! 
Fonte://magazineluiza

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Saiba como diminuir a queda de pelo do seu cachorro ou gato pela casa com ajuda do aspirador de pó industrial


 O que fazer para minimizar esse problema? Saiba o que fazer com as nossas dicas com auxílio do aspirador industrial


Ao escovar regularmente seu cachorro ou gato, sendo de pelagem curta ou longa, com certeza você irá diminuir a quantidade de pelos soltos pela casa. Saiba alguns "truques" que podem ajudar a lidar com esse problema. No entanto, fique de olho: a queda de pelo em excesso em cães e gatos pode ocorrer devido a algum problema de saúde.
Leia também:


Todo dono de cachorro ou gato pode enfrentar um dilema quando se trata de cuidar da pelagem do seu pet. Como diminuir a quantidade de pelo espalhado pela casa? A primeira coisa a se verificar é se a queda dos pelos é normal. Cães de raças de pelo curto, como o Pastor Alemão ou o Shiba Inu, podem realmente ter épocas de muda de pelo ao longo do ano.
No entanto, quando a queda for excessiva, esse problema deve ser motivo para uma consulta ao veterinário. Problemas de pele nos animais podem ser causados por muitos fatores, desde alergias a doenças do metabolismo mais complicadas, como o hipertireodismo ou hipotireoidismo.

Como diminuir a queda de pelo dos cães e gatos?

Além de boa nutrição e cuidados com a saúde, banhos e escovação corretos são a resposta para o problema

Os banhos frequentes são imprescindíveis para ajudar na remoção dos pelos mortos e consequentemente diminuir a quantidade de pelos que podem soltar-se.
Se esse é um problema sazonal, ou seja, ocorre eventualmente com o seu pet, o ideal é garantir que seu cachorro ou gato seja escovado com frequência. Vale citar um tipo de escova rasqueadeira, que pode ser encontrada à venda em pet shops  e lojas especializadas em produtos para animais chamada de Furminator®.
Essa escova tem uma alta eficiência na hora retirar os pelos mortos e soltos, adequadas a cada tipo de pelagem, curta ou comprida. A grande vantagem que esse equipamento não requer muito esforço e não incomoda os pets (principalmente aqueles que não gostam muito das escovas tradicionais).
Esse acessório tem opções que podem ser adaptadas ao bocal de um aspirador de pó industrial ,  que pode ser a solução para eliminar os pelos do seu pet de móveis como sofás ou almofadas.

O que não fazer para evitar a queda de pelos em cães e gatos

Paciência, escovação e aspirador de pó industrial  são fundamentais para lidar com essas épocas

Não existem outras formas de controlar a queda de pelos de cães e gatos que possam ser consideradas "alternativas mágicas" ou "caseiras". O uso de aspirador de pó industrial  é fundamental para ajudar na higiene do seu lar nessas épocas: é a forma mais eficaz de recolher os pelos soltos em sofás e camas.
Atenção: passar o aspirador de pó industrial  no seu cachorro ou gato só irá fazê-lo te odiar e definitivamente essa não é uma boa opção!
Tosar os cães que tenham essa fase de mudança de pelos também não resolve o problema: o pelo continuará a cair. Ainda assim, essa pode ser uma alternativa para diminuir a quantidade de pelo solto pela casa, mesmo que nem sempre o resultado estético seja o desejável.
A manutenção da pelagem do seu pet em casa não dispensa idas cuidados profissionais. Qualquer alteração na pelagem de um cachorro, como a queda em excesso ou em pontos da pelagem, mudanças na textura, pelagem quebradiça e sem brilho deve sim ser motivo para uma consulta ao veterinário: esse é um dos sinais que muitos proprietários e tutores ignoram mas que podem indicar problemas de saúde.
Eventualmente, uma boa escovação feita por um profissional especializado em banho e tosa é importante. Um profissional da área ainda pode te dar dicas sobre como fazê-lo corretamente com o seu pet em casa para a manutenção correta da beleza da pelagem.
Fonte://bolsademulher.com

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Rinite alérgica e aspirador de pó industrial

Aspirador de pó industrial ajudando a combater a renite alérgica


1) O que é rinite alérgica?
O nariz é um dos componentes das vias respiratórias. Na verdade,  é o primeiro local por onde o ar passa até alcançar os pulmões. Dentre outras atribuições, ele é responsável pela limpeza, umidificação e aquecimento do ar inspirado.
Para exercer essa função corretamente, o nariz possui um complexo mecanismo de defesa. Por isso, ao entrar em contato com alguma substância tóxica, desencadeia uma resposta para impedir que essa substância alcance os pulmões. O surgimento da obstrução nasal provoca o bloqueio da passagem do agente agressor e, através dos espirros e coriza, a remoção dessa substância. Essa reação é normal e todas as pessoas, ao entrarem em contato com algumas substâncias tóxicas, apresentam tais sintomas. Por isso, quando fica gripada, a pessoa apresenta obstrução nasal, espirros e coriza, pois seu organismo está tentando protegê-la, impedindo que os vírus alcancem seus pulmões através do ar.
Alergia, na realidade, não significa falta de defesa do organismo. Ao contrário, indica uma defesa exagerada contra agentes que não são potencialmente agressivos ao ser humano. Ou seja, uma pessoa alérgica é hiperreativa a determinadas substâncias que numa pessoa normal não despertam nenhuma resposta.
O sistema imunológico das pessoas alérgicas, por características genéticas, interpreta que determinada substância é tóxica, e que precisa proteger o organismo contra sua entrada. Por essa razão, algumas pessoas convivem normalmente com fatores que causam a alergia, como a poeira de casa, sem ter sintomas, ao passo que outras pessoas, ao entrarem em contato com essa mesma poeira, podem ter rinite e asma.
O paciente alérgico não nasce hiperreativo (com alergia), mas sim com a capacidade de sensibilizar-se a determinado fator. Tornar-se sensível significa passar a ter uma resposta de defesa a uma substância que antes era tolerada. Isso significa que podemos conviver com determinada substância por muitos anos, e vir a desenvolver sintomas apenas tardiamente.
Essa característica é herdada dos pais. Quando um homem e uma mulher alérgicos tem um filho, a probabilidade dessa criança ser alérgica é de cerca de 50%. No entanto, mesmo que nenhum dos pais apresente alergia, a criança ainda assim pode ter  manifestações alérgicas, como rinite, conjuntivite, asma e alguns tipos de alergia de pele. A forma mais comum, porém, é a rinite. Cerca de 10% a 25% das pessoas sofrem de rinite alérgica.
2) Quais os sintomas da rinite alérgica?
Os sintomas que os pacientes portadores de rinite alérgica apresentam são obstrução nasal (entupimento), coriza, espirros (algumas vezes o paciente espirra mais 20 vezes seguidas) e coceira no nariz. Essa coceira pode ser na garganta ou nos olhos.
Todos os doentes apresentam tais sintomas minutos após o contato com o alérgeno, e cerca de metade deles terão novamente sintomas cerca de 4 a 6 horas depois.
3) Quais as causas da rinite alérgica?
Poeira, pólen e alguns alimentos são substâncias que podem causar alergia. Aqui no Brasil a poeira domiciliar é o fator de risco mais importante. Ela é constituída por descamação da pele humana e de animais, por restos de pelos de cães e gatos, restos de barata e outros insetos, fungos, bactérias e por ácaros, organismos microscópicos da família dos aracnídeos.
Existem vários tipos de ácaros. Entre todos, o que mais frequentemente está relacionado com a alergia é o Dermatophagoides ssp., nome que significa “aquele que se alimenta de pele”, visto que uma de suas fontes de alimentos é a descamação da pele.
No colchão de nossas camas e nos móveis estofados de nossas casas, podem acumular-se muitos fragmentos de descamação de pele. Exatamente por essa razão, nesses locais, é grande a quantidade de ácaros, aracnídeos que vivem nas camadas profundas dos tecidos, abraçados as fibras, aspirar o local pelo menos uma vez por semana com o aspirador de pó industrial.Ácaros não são capazes de viver sobre uma superfície lisa, por exemplo, em paredes.
Em São Paulo e outras regiões do Brasil, onde não há clara definição das quatro estações do ano, a forma de rinite alérgica que predomina é causada por ácaros, e as pessoas alérgicas, em geral, apresentam sintomas durante o ano inteiro. Já em outras regiões (como no sul do País), na primavera, quando ocorre a polinização das flores, é comum surgir um tipo de rinite alérgica chamada, nos países do hemisfério norte, de febre do feno.
Apesar do nome, os pacientes não apresentam febre e tampouco o feno é responsável pelos sintomas. Na verdade, são os fungos que proliferam nos maços de feno as substâncias que desencadeiam os sintomas.
4) Como tratar rinite alérgica?
O tratamento dos pacientes portadores de rinite alérgica é composto por três pontos fundamentais:
a) Higiene ambiental; Limpeza profunda com ajudada do aspirador de pó industrial
b) Tratamento medicamentoso;
c) Vacinas antialérgicas.
a) Higiene ambiental e Aspirador de pó industrial
A forma mais simples de tratar alergia é evitar o contato com a substância que desencadeia os sintomas. Por exemplo, se o paciente apresenta obstrução nasal, coriza e espirros quando ingere determinado alimento, o mais fácil a fazer é deixar de comê-lo.
O problema é que não é tão fácil evitar o contato com o ácaro, a principal causa de rinite alérgica. No entanto, algumas medidas simples podem ser adotadas para diminuir a proliferação desses insetos.
A casa e principalmente o quarto onde o doente dorme devem ser limpos com bastante frequência. Infelizmente, vassoura e espanador de pó apenas espalham o pó pelo ambiente. Os aspiradores de pó industriais  são capazes de reter alguma sujeira, porém normalmente seu filtro não é desenvolvido para limpar o ar por completo. Infelizmente, muitas vezes, o que ele faz é uma pulverização da poeira no ambiente. Aspiradores de pó industriais  com filtros  HEPAS especiais e de alta eficiência existem, mas têm custo elevado.
O ideal é que não existam carpetes, cortinas, tapetes, bichos de pelúcia, almofadas, móveis e outros e utensílios que possam acumular poeira nos ambientes em que os portadores de rinite vivem.Nesse caso, o uso de pano úmido na limpeza é uma forma bastante eficaz para remover a poeira.
Deve-se também evitar o uso e contato com travesseiros e almofadas de penas. A utilização de capas protegendo os colchões e travesseiros, assim como de substâncias para eliminar os ácaros do ambiente apresentam eficácia quando aplicados corretamente.
Outro ponto importante a considerar é a existência de boa ventilação na casa e no quarto e aspirar sempre com o aspirador de pó industrial . Em ambientes ensolarados, é mais difícil o bolor (fungo) se desenvolver.
Outra medida fundamental é evitar o contato com substâncias capazes de irritar o nariz. Perfumes, produtos de limpeza, produtos para deixar os ambientes com odor agradável, fumaça de cigarro, tintas, inseticidas e poluição, são alguns exemplos de substâncias capazes de irritar o nariz, e desencadear sintomas. Outros fatores inespecíficos como as mudanças bruscas de temperatura, frio e umidade do ar são igualmente prejudiciais aos doentes com rinite alérgica.
b) Tratamento medicamentoso
A critério médico, se essas medidas não forem suficientes para controlar os sintomas do paciente, poderemos recorer à indicação de medicamentos.
Existem dois grandes grupos de drogas que podem ser usadas. Um tipo funciona preventivamente e outro apenas alivia os sintomas.Do ponto de vista farmacológico, dispomos de descongestionantes, anti-histamínicos, estabilizadores de membranas, e corticosteroides.
Cada uma dessas drogas atua de forma diferente, e nenhuma é isenta de efeitos colaterais que, algumas vezes, podem ser graves. Por isso, o ideal, é não realizar automedicação e procurar seu médico.
c) Vacinas antialérgicas
Quando o tratamento feito nestas condições (higiene ambiental e medicamentos) falha, pode-se associar o uso de vacinas antialérgicas. Esse tratamento é longo, porém, quando feito corretamente, diminuí a sensibilidade do doente àquela substância ao qual era alérgico. Muitas vezes, chegamos ao ponto em que não há mais necessidade do uso de medicamentos.
Alérgenos
A rinite alérgica pode causar outros problemas, como otites (inflamação dos ouvidos), sinusites (inflamação de cavidades existentes na face) e roncos (pelo entupimento do nariz) que interferem na qualidade de sono do paciente. No entanto, ele só vai apresentar esses sintomas, quando estiver em contato com as substâncias aos quais é alérgico. Essas substâncias recebem o nome de alérgenos. Quanto maior o contato, mais intensos tendem a ser os sintomas.
Normalmente o paciente com rinite alérgica só apresenta os sintomas quando entra em contato com o alérgeno. Em geral, eles são proporcionais à quantidade de alérgeno a que foram expostos. Na época do inverno, costumam sofrer mais, pois acabam usando s cobertores e roupas que ficaram guardados por muito tempo e podem estar cheios de ácaros e fungos.
Além disso, esses doentes são mais susceptíveis a resfriados. Na verdade, o resfriado é uma inflamação do nariz, que compromete os mecanismos de proteção nasal, o que facilita a entrada dos alérgenos.
Fonte://drauziovarella.com

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

GUIA COMPLETO DE COMO TIRAR O PÓ DA CASA COM ASPIRADOR DE PÓ INDUSTRIAL

Assim como a dança Créu, o esquema é ter disposição e tirar o pó com aspirador de pó industrial


Sabiam que o inverno é uma das estações que mais precisamos cuidar de nossa casa e de nossa saúde? Isso serve mais para quem mora na região Sul e Sudeste, tá bom? No o norte e nordeste, tranquilo, é chuva a temporada toda. Mas por aqui é muito seco, daí rola muito pó. Nas grandes cidades é mais a poluição, construções de megas edifícios e outas tantas coisas, já aqui onde moro é a tal da queimada (cana) um inferno… neva preto aqui, sabe como?
E quanto mais pó na casa, mais tendência a alergias e problemas respiratórios, causados pelo acúmulo de ácaros, que amam a poeira. Geralmente as casas ficam fechadas, sendo que o ideal é deixá-las arejadas, faça isso no fim de semana. Ninguém curte uma faxininha, mas quem sabe aquela(e) amiga(o) topa te ajudar? Legal heim? Como sempre faço, “som na vitrola” e vamos lá!!!!

pó em casa 2
Já postamos uma trilha para Faxina AQUI

Chão

aspirador de po ou vassoura po

Aspirador de Pó ou Vassoura?

O ideal é usar Aspirador de Pó, sem dúvida, para aspirar o chão, sofás, tapetes, colchão, sem o pó se espalhar. Na minha opinião, o mais ideal ainda são aqueles aspiradores menores, por serem mais práticos para quem tem um cafofo pequeno, pois cabe em qualquer lugar.

aspirador de po pequeno

 

Mas se você não tiver o tal aspirador de pó, pode usar uma vassoura MOP, a Tia San deixa… rssss. Essas vassouras são feitas com um tipo de tecido felpudo, excelentes para tirar o pó, além de fáceis de serem limpas e podem até lavar. São facilmente encontradas em lojas de produtos de limpeza. Eu tenho e super uso, pois além da poeira preta, tira todos os pelinhos das gatinhas, que ficam pelo chão.

mop para po

Aí tem uma terceira opção, que é o velho truque da vovó, usar um rodo com pano úmido. O ideal é nunca varrer o pó com vassoura comum, que aí vai ser poeira para todos os lados, ela sobe e se espalha.

pano umido no rodo

Tapetes

No tapete, limpar com uma buchinha (esfregão) de cerdas duras, tipo aqueles de sapato, só que mais duros. Molhe numa mistura de água e produto próprio para limpar carpetes (ou detergente), que dureza!!! Faça uma poupança e compre um aspirador de pó industrial  tá gata(o)?? Bem melhor…

esfregão para tapete


Móveis

Lembre-se, só limpe o pó dos móveis depois de limpar o pó do chão, porque a poeira sobe toda, é um inferno! Quando a gente pensa em tirar o pó dos móveis, pensa logo numa flanelinha né? Mas não é o ideal, pois pode grudas pelinhos além de não limpar completamente. Minha sugestão é passar um pano úmido com uma mistura de água e lustra móveis e daí a flanela, assim seu móvel fica lindo como novo. (Já dei umas dicas de como cuidar do seu móvel de madeira AQUI)
Para móveis com detalhes, porta retratos, telefones ou computador, use um pincel grande, com cerdas finas.

Cortinas e persianas

Se você tem uma cortina leve, o melhor é tirá-la e lavar a cada 15 dias, mas se forem das pesadonas, aspire dia sim dia não, affff… só de pensar me da canseira kkkkk…

Colchão

Troque seus lençóis toda semana. Aproveite a troca, para aspirar com aspirador de pó industrial  de um lado e de outro, pode passar um pano úmido. Aí então é um ninho de ácaros, eles adoram a poeira da escamação de células mortas que nosso corpo elimina. Procure toda semana fazer isso e daí já dá aquela virada ou rodada no colchão, certo? (Já dei mais dicas sobre colchão AQUI)

mulher-arrumando-cama1_31011394830718

Sempre deixe o seu quarto o mais arejado que puder e se possível com luz solar entrando diretamente na cama, pois o Sol é o Megazord da sua casa (aquele dos Power Ranger), matando todos os ácaros com seus raios poderosos.

17781610

Livros e Plantas

Garanto que nunca pensou em usar um secador de cabelos na faxina da casa né? Pois bem, ele é muito útil, usado no jato frio, elimina o pó dos livros, gavetas, estantes e também das plantas naturais ou as artificiais. muito fácil essa!!!

secadores-e1342574399418


Depois de feito tudo isso, vai na geladeira, abra aquela cervejinha estupidamente gelada, deite no sofá (limpinho) e descanse!! Porque à noite tem balada das boas para ir cozamigos, vai por mim, com certeza nessa você vai ser dar bem, afinal está mais confiante, assim como a Ana, você agora é Mais Você, pois deu conta da faxina sozinho – visto que nenhum amigo foi te ajudar nessa né rapah!! KkKkkK
Fonte:// SOSSOLTEIROS

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Aspirador de pó industrial acabando com a sujeira

Olha só estas dicas sobre aspirador  de pó industrial  para você escolher o ideal



Gente, escolher um aspirador de pó  industrial não é tão fácil, não é mesmo!? Com tantas opções fica difícil decidir por um modelo ideal. Se você está procurando um, olha só as minhas dicas! 
A primeira etapa é imaginar como o aspirador de pó industrial será empregado. Olha só os três tipos principais, que merecem sua atenção:
Aspirador de pó industrial de mão: super compacto, movido a bateria é recomendado para limpezas rápidas como os farelos de biscoito que seu filho deixou pelo sofá; o açúcar que sua mãe entornou na mesa ou mesmo para dar um trato no interior do seu carro após um dia na praia. Serve para limpezas pontuais e não deve ser utilizado na faxina da residência. Bom mesmo é ter um desses sempre a mão e um aspirador maior para a sujeira mais pesada. #ficaadica
Aspirador de pó industrial  com cinto: maior que o aspirador de pó industrial  de mão, ele oferece mais potência e espaço no reservatório de pó. Além de contar com um cinto que facilita o deslocamento durante a sua utilização. Já gostei, hein!
Aspirador de pó industrial com rodinhas: ideal para limpeza do dia a dia, é o tipo mais comum nas residências. Você sabe por quê? Gente, ele aspira em superfícies variadas, geralmente, dispõe de bocais diferentes e extensores. Arrasou! As rodinhas no aparelho facilitam o transporte e tornam a higienização bem mais prática.
Aspirador de pó industrial Flex?
Você sabia que os modelos mais modernos de aspirador de pó industrial  também são capazes de aspirar líquidos? Pois é, mais uma vantagem para quem gosta de ter o ambiente sempre em ordem. Derrubar o copo de suco, quebrar um vaso de plantas, chutar o balde acidentalmente durante a faxina, não serão mais episódios desastrosos. Basta acionar o aspirador de líquidos que tudo estará limpo rapidamente. Os aspiradores de pó e líquidos também estão disponíveis em modelos de mão ou com rodinhas. Adooorei!
Onde utilizar?
Gente, o aspirador de pó industrial  e líquido é recomendado para limpeza de carpetes, pisos frios, laminados, estofados, cortinas e colchões. Os modelos mais modernos contam com acessórios que facilitam a higienização de lugares de difícil acesso com cantinhos ou embaixo de móveis.
Aprenda como usar
Antes de começar aspirar, você tem que estar atenta as instruções do fabricante. Então, leia o manual, hein!
Há bocais específicos para limpeza de cantos e frestas; estofados; carpetes, pisos frios e laminados e ainda bocal escova que facilita a limpeza de locais impregnados pela estagnação da poeira.
Para ampliar o alcance do aspirador, alguns modelos dispõem de cabos extensores, sendo assim torna mais fácil atingir locais escondidos e também contribui para sua postura, reduzindo o eterno abaixa e levanta comum na realização de atividades domésticas.
Como funciona?
Os aspiradores de pó possuem filtros para evitar que a poeira retorne ao ambiente ou se espalhe durante a limpeza. Por isso, seu uso é mais eficaz que o de vassouras. Quando um cômodo é varrido, parte daquela poeira é lançada no ar e, depois, se acomoda sobre os móveis. Então, mesmo depois que você limpe, às vezes ainda tem a sensação de pó acumulado.
Ao higienizar um ambiente com um aspirador de pó a sujeira fica no reservatório do aparelho e não se propaga no ar. Todos possuem um sistema de filtragem que armazena a poeira sem danificar o eletrodoméstico. Há modelos que contam com três níveis de filtragem.
No primeiro nível, objetos e partículas de sujeira são armazenados no saco coletor de pó. Em seguida, um filtro na entrada de ar do motor impede que pequenas partículas de poeira entrem em contato com as peças, o que poderia comprometer o funcionamento do motor. Por último, o terceiro filtro, assegura que o ar seja devolvido ao ambiente totalmente limpo. Entendeu?!
Como a poeira é armazenada num reservatório, e alguns modelos dispõem de saco coletor de papel que deve ser descartado junto com o lixo aspirado; outros têm saco de pano, lavável e reutilizável; e tem também aspiradores com reservatório permanente. Neste caso, a poeira aspirada é descartada diretamente na lixeira. Super prático, n~]ao acha?
Lembrando que a capacidade do reservatório varia entre 1,5, 1,7 e 3 litros. Alguns tem luz indicadora de coletor cheio, assim fica mais fácil saber a hora certa de esvaziar o reservatório. ;)
Outros detalhes
O comprimento do cabo elétrico também influência na praticidade do aparelho, nem sempre as tomadas estão onde é preciso. Existem modelos com cabos elétricos de 5 metros o que evita o liga e desliga do aspirador para mudar de posição, tornado o trabalho mais ágil. Arrasou!
O acionamento por pedal é mais uma comodidade que facilita o uso do aspirador. Tem até modelos contam até com enrolamento de fio automático por pedal. Já gostei!
Facilidade no manuseio, rapidez na execução das tarefas e muito mais tempo livre para outras atividades.
http://www.magazineluiza.com.br

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Evite água e use aspirador de pó industrial para limpar estofamento do carro

Dicas de como limpar o estofado do carro com o aspirador de pó industrial


Até para os motoristas mais cuidadosos é difícil escapar daqueles resíduos indesejados no interior do carro. Com o tempo, a tendência é que os bancos juntem sujeira, alimentos e bebidas e tendem acumular rapidamente. Quem tem criança entende bem isso. Mas você sabe a maneira correta de limpar o estofamento? A primeira regra é evitar o excesso de água. Em bancos com estofamento de pano a esponja absorve líquido facilmente, o que pode provocar mofo e acúmulo de bactérias. Os bancos de couro são mais impermeáveis, mas a água também deve ser evitada. A melhor maneira de limpar é usar um aspirador de pó industrial pequeno para tirar o pó e farelos, especialmente se no carro andam crianças pequenas ou se você transporta animais com frequência. Em caso de manchas, os cuidados precisam ser maiores. Recomenda-se a utilização de um pano úmido e sabão neutro para remover a sujeira mais pesada. Cuide para não deixar o pano muito encharcado. Se o banco molhar, deixe o carro aberto no sol até secar. Você pode usar também aspirador de pó industrial  ou secador de cabelo para acelerar o processo, mas fique atento para não queimar o tecido com o secador. Se as manchas não saírem, procure uma empresa especializada em estofamentos. Não pense em soluções radicais e nem insista esfregando demais, pois você pode estragar completamente o estofamento. Bancos de couro Os bancos revestidos com couro claro podem precisar de uma limpeza mais profunda, pois deixam a sujeira à mostra. Uma dica eficiente é passar um pano umedecido com água e sabão líquido neutro. Depois, é só retirar o excesso com um pano seco. É recomendável fazer a hidratação dos bancos de couro uma vez por ano. Jamais devem ser utilizados nos bancos de couro produtos que contenham álcool, vaselina, silicone, querosene, removedor, gasolina ou qualquer outro derivado de petróleo. Esses produtos aumentam o desgaste do material e podem causar fissuras. Fonte:economia.terra