segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

O que é um sugador em um tubo à vácuo

Um sugador remove ou absorve qualquer rastro de ar no tubo à vácuo. Esses tubos apenas operam com uma quase completa ausência de ar por dentro. Ao envelhecer do tubo, pequenos vazamentos podem aparecer, o sugador lida com essa situação, se o vazamento permanecer pequeno. Ele não tem efeito sobre a saída do tubo, mas mantém a sua integridade durante uma longa operação. Sugadores com flash O sugador, da maioria dos tubos à vácuo de vidro, é ligado na fábrica. Após o tubo ser fabricado, e o máximo de ar for retirado, uma corrente elétrica é introduzida no sugador do tubo. Ele solta um flash, absorvendo qualquer oxigênio restante de dentro do tubo. Ele geralmente fica cinza durante esse processo. Se o vácuo do tubo for quebrado e oxigênio adicional entrar no tubo, o sugador fica branco, indicando que o selo quebrou. Tubos de vidro potentes Os tubos potentes, que operam em altas temperaturas, não usam o sugador com flash, mas ao invés disso, eles possuem um pequeno componente de materiais que absorvem oxigênio em altas temperaturas. Esses tubos, frequentemente, brilham em uma cor vermelha, indicando a temperatura extrema. Esses tipos de tubos são projetados para operar em altas temperaturas. Materiais Os sugadores com flash são, comumente, feitos de bário puro. Este material é conhecido por sua capacidade de absorver oxigênio em seu estado puro. O zircônio, titânio e a grafita são usados em tubos que não usam o sugador com flash. A grafita é mais resistente ao calor e mais cara, o que a torna o material ideal para os mais poderosos tubos à vácuo. Tubos de cerâmica Os tubos de cerâmica, são tubos à vácuo com um invólucro externo de materiais de cerâmica, ao invés do vidro, mais comum no uso de sugador de zircônio. Por ser impossível de ser enxergar dentro desses tubos, também é impossível de se observar o sugador e determinar se alguma oxidação ocorreu. Esses tubos devem ser testados, checando se a corrente da rede para determinar o status operacional do tubo. Fonte//ehow.com

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Limpeza do teto com ajuda do aspirador de pó

O Aspirador de Pó na Limpeza de Teto


Aspirador de Pó Industrial residencial cada vez mais versáteis Os tetos pintados são laváveis, por isso não correm o risco de ficar danificados na hora da limpeza, mas para demais tipos com acabamentos e revestimentos diferentes, existem algumas exceções. Para fazer a limpeza de teto pintado, é simples. Faça uma mistura de 1/2 copo de vinagre, 1 copo de amônia, 1/4 copo de bicarbonato de sódio e 3,5 litros de água quente em um balde. Em seguida, proteja as mãos com luvas de borracha para evitar alergias e deixe o local sempre bem arejado para não inalar o cheiro forte da solução. Umedeça um esfregão na mistura e aplique no teto sem deixar que pingos escorram pela parede. Teto com revestimentos Teto com acabamento acústico: O teto com acabamento acústico (que absorve o som) não pode ser limpo com produtos químicos e muito menos misturas a base de água. Para fazer a limpeza deste tipo de teto, basta retirar toda a sujeira com a ajuda do aspirador de pó . Caso o teto esteja muito sujo, é preciso limpá-lo usando o acoplamento de uma escova com cerdas macias no aspirador e fazer movimentos leves para evitar danos. Estuque: Os tetos que possuem decoração em estuque não podem ser limpos com soluções líquidas, já que a superfície não é pintada e tem textura profunda. Para manter o revestimento em estuque sempre limpo, a melhor maneira é usar um aspirador com escova, sempre com cuidado para não danificar o local. Vinil: Limpe o teto de vinil usando apenas produtos de uso geral e um esfregão ou esponja macia. Não laváveis: Os revestimentos do teto não laváveis devem ser limpos com produtos específicos, que podem ser encontrados em lojas de material de construção. Em casos extremos, o ideal é recorrer a uma pintura no local. Fonte://dicasdemulher

domingo, 22 de dezembro de 2013

Com Ajuda de Aspirador de Pó Industrial Podemos pisos de cimento

OAspirador de Pó Industrial Ajuda na Manutenção de Pisos

O chão de cimento tingido dá uma certa elegância rústica a um quarto. Ele também adiciona calor a um ambiente, e limpar é fácil, necessitando apenas uma vassoura ou um aspirador de pó leve. Quando o alicerce de sua casa ou edifício assenta -- e a maioria o faz -- linhas finas e fissuras podem aparecer no cimento e estragar um acabamento regular, permitindo que a umidade cause deformações em um cômodo. Você mesmo pode reparar pequenas rachaduras com as ferramentas certas. Fonte://ehow.com

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Aspirador de pó como ele funciona?

Funcionamento de um aspirador de pó

História, funcionamento e recursos desse produto essencial nos dias atuais Há pouco mais de 100 anos a única possibilidade para se limpar um tapete era levá-lo para fora de casa e sacudí-lo até sair toda a poeira. Com a certeza de que tinha que haver uma forma mais simples de se fazer isso, o engenheiro inglês Hubert Cecil Booth cansado de ver a sujeira sendo varrida, sacodida e espalhada novamente, desenvolveu o aspirador de pó. O primeiro aparelho enorme montado em um veículo de quatro rodas e puxado por um cavalo precisava que operadores lançassem tubos pelas janelas das casas para que uma bomba a vácuo sugasse a poeira. O primeiro aspirador doméstico com dimensões bem menores surgiu pouco depois em 1905 pela empresa Chapman Skinner, nos Estados Unidos e foi sendo incorporado ao dia-a-dia das famílias. Hoje em dia o aspirador de pó é um eletrodoméstico essencial em qualquer casa. Estes aparelhos não aspiram somente a poeira como também pelos, migalhas, móveis, tecidos e até mesmo líquidos. E como funciona esse amigo para todas as horas? O motor do aspirador de pó está conectado ao ventilador e é acionado pela corrente elétrica. Quando as hélices do ventilador giram, o ar é deslocado em direção à porta de saída e as párticulas de ar são movimentadas para frente. Isso aumenta a densidade das partículas e a pressão do ar na parte da frente do ventilador, diminuindo na parte de trás, criando uma sucção de fora para dentro do filtro. Assim, o ato de aspirar acontece porque a pressão do ar dentro do aspirador é menor que a pressão externa. Ao usar um aspirador de pó a textura e flexibilidade das superfícies aspiradas provocam uma alteração constante da relação vácuo - volume de ar. Ao mesmo tempo, quanto mais pesadas forem as partículas aspiradas maior será o volume de ar necessário para movê-las e mais alta a velocidade da corrente de ar para mantê-las em suspensão até atingirem o filtro. Na maioria dos aparelhos, a filtragem é realizada por meio de um saco ou de uma tela de pano. Agora que você já entende melhor como funciona o grande amigo da casa, aproveite para fazer as pazes com aquele carpete empoeirado e utilize o aspirador de pó nele! Fonte: magazineluiza.com

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Aspirador cirúrgico

O Aspirador Cirúrgico é próprio para uso profissional hospitalar ou laboratorial. Ele possui um motor silencioso, com ruído menor que 60 dBA. Seu funcionamento é através de diafragma e o aspirador é isento de óleo, além de não necessitar de lubrificantes, eliminando a possibilidade de se fornecer ao paciente ar contaminado de óleo, quando se usa a bomba como compressor. Com micro-filtro na descarga de ar, o aspirador cirurgico evita a difusão de bactérias para o ambiente onde o equipamento está sendo utilizado, com retenção de até 0,5 mícron. Seus frascos coletores são leves, de alta resistência a impactos e de altas temperaturas (121°C). Feitos de plástico autoclavável e graduado em alto relevo. O aspirador cirúrgico possui o tampão do frasco em silicone, de fácil desmontagem e limpeza, que permite vedação hermética. A conexão do aspirador cirúrgico é do tipo “engate rápido” para facilitar a remoção do frasco coletor. Seu registro de agulhas é em aço inox e de passo fino, que proporciona suave ajuste de sucção ou compressão. Uma das características deste aspirador cirúrgico é seu baixo índice e seu fácil acesso de execução. Alguns modelos de aspiradores cirúrgicos possuem: Aspiração ajustável de 0 a 22 pol Hg (560 mmHg). Dispositivo de segurança com válvula de esfera para bloqueio da passagem do liquido para o cabeçote em caso de inundação do frasco. Vacuômetro calibrado até 29 pol Hg (760 mmHg)” Fluxo máximo: 24 litros/minuto. Outros vem montado em móvel com pedestal sobre rodízios de 2”, com freio e podem ser encontrado com 1 ou 2 frascos coletores. Outro modelo de Aspirador Cirúrgico é o Aspirador em móvel, com rodízios e 2 frascos de 2,5 litros. Este modelo de aspirador possui um desenho moderno e ergonômico, com caixa de proteção do conjunto do motor em plástico resistente, montado em móvel com pedestal e rodízios de 3 com freios. Sua aspiração é suavemente ajustável de 0 a 22polHg (560 mmHg) com registro de agulha de passo fino, em aço inox, de alta durabilidade. O duplo sistema de segurança que interrompe a aspiração em caso de frasco cheio traz uma maior segurança na utilização do aspirador cirúrgico. Este modelo de aspirador cirúrgico suporta até dois frascos suspensos e tem suporte para duas cânulas de aspiração, sua voltagem varia entre 127/220V. Fonte://Splabor.com

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Xingu & Cultura & Psicopatologia : Museu do Aspirador de Pó

A imperdível atração fica na cidade inglesa de Eastwood, e foi criada por James Brown (nada a ver com o cantor que morreu e ficou séculos pra ser enterrado). O cara é “fascinado por aspiradores de pó desde criancinha” e resolveu criar o museu porque se diz indignado com “o fracasso da nação em reconhecer a importância dos aspiradores de pó na sociedade”. Aos oito anos, ele pôs as mãos num Electrolux e nunca mais largou. Aos dez anos, já tinha 30 aspiradores – em vez de jogar bola, andar de bicicleta, jogar videogame ou se dedicar a outras atividades típicas de garotos. Hoje, aos 30, ele é o mala que, nas festinhas dos amigos, propõe brincadeiras tipo cabra-cega, em que venda os olhos e tenta adivinhar, pelo barulho, a marca do aspirador do anfitrião. Dãããããã! Como o museu tem atraído uma galera, cogita-se que a obsessão com esse tipo de aparelho é uma condição mais comum do que se supunha. Fonte://Xinguturismo

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Que aspirador preciso?

Esqueça-se do penosos trabalho que é limpar a sua piscina à mão e descubra os segredos dos aspiradores automáticos e todas as suas vantagens. Ganhe tempo e deixe que eles façam o trabalho sujo por si. Para saber mais sobre que tipo de aspirador é o mais adequado para uma piscina, há que ter em conta vários factores: - Em primeiro lugar há que considerar as dimensões da sua piscina (cada aspirador está indicado para um tamanho de piscina). A Certikin garante o óptimo funcionamento dos seus equipamentos qualquer que seja o tamanho, forma ou acabamento (liner, gresite) da piscina. - Em segundo lugar, é importante saber que tipo de limpeza quer que o aspirador faça. Sabendo as suas necessidades, encontra modelos mais básicos ou mais completos. Fonte://Certikin.com

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Lar à prova de alergia > Aspirador neles!

As roupas do inverno passado, guardadas há muito tempo no armário, devem ser lavadas e expostas ao sol antes de serem utilizadas. Na hora de devolvê-las às gavetas, envolva-as em sacos plásticos. "Isso dificulta o acúmulo de ácaros", lembra o Dr. Fábio. Encapar colchões e travesseiros com capas de napa ou outros tecidos impermeáveis também são uma boa medida para facilitar a limpeza, que, aliás, deve ser sempre feita com um pano úmido. Vassouras e espanadores devem ser aposentados. "Eles acabam levantando a poeira e espalhando os resíduos. O grande aliado nessa tarefa é o aspirador de pó", acrescenta o médico. Ele não deve ficar restrito apenas ao serviço de chão: bichinhos de pelúcia, sofás, camas e objetos em geral devem passar por ele. A indústria de eletrodomésticos também investiu em tecnologia para aprimorar o arsenal bélico da guerra aos ácaros. A grande novidade são os aparelhos com o filtro HEPA, que eliminam 99% das bactérias do ar. A Electrolux lançou a linha Mondo Clean, com um aspirador capaz de reter partículas com dimensões 300 vezes menores do que um fio de cabelo, e a Samsung aplicou o mesmo sistema ao aspirador Silver Nano, que tem filtragem com nano-íons de prata, exterminador de bactérias. O controle da higiene de casa é o preventivo mais importante para as alergias Mas tanta limpeza não implica na criação de uma bolha esterilizada, de onde não podemos sair sob o risco de um choque anafilático. O Dr. Fábio Morato explica que nossas imunidades já estão criadas e essas medidas não as fragilizam. "O controle da higiene de casa é o preventivo mais importante para as alergias. O organismo é sempre mais saudável quando vive num ambiente limpo", finaliza ele. Fonte://Bolsademulher.com

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Robô: Aspirador mapeia a sujeira e limpa tudo sozinho

o novo aspirador de pó lançado pela LG. Com design futurista - pensado para não ficar enroscando nos móveis -, o equipamento mapeia todas as regiões que precisam de limpeza e depois faz tudo sozinho, segundo a fabricante. Mas o equipamento não é apenas inteligente e bonitinho, ele retém 99,5% das impurezas do ar, tem 4 programas diferentes de limpeza, sistema de autorrecarga e não faz barulho enquanto trabalha! O produto ainda inclui pano para limpar superfícies delicadas de forma precisas, além de informações via voz. O Hom-Bot funciona por meio de sensores infravermelhos e ultrassônicos e promete ser tudo que as mulheres sempre sonharam: um objeto que cuide da da limpeza da casa e ajude a economizar tempo! Fonte//Bonde.com

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Aspirador de pó fica mais prático e dispensa saco de sujeira

Limpar a casa é uma das tarefas mais ingratas. Se você usa aspirador de pó, sabe como ele é um "trambolho" para levar da sala para o quarto, o fio e a forma nunca deixam você chegar naquele cantinho, e depois ainda é preciso limpar a bolsa com toda a sujeira armazenada. Modelos dão adeus aos fios e são automáticos Aspirador de pó fica mais prático e dispensa saco Modernos, fornos calculam tempo sozinhos Dispositivos touchscreen conectam a casa Super eletrodomésticos são foco da IFA 2009 Confira fotos dos eletrodomésticos Na IFA 2009, maior feira de eletrodomésticos do mundo, que acontece na Alemanha, a grande tendência foi aplicar melhor a tecnologia para facilitar seu dia a dia. E um dos produtos que mais sofreram ajustes foi o aspirador de pó. O velho saco que guardava resíduos foi substituído por um tanque de plástico, que é facilmente lavável. Os filtros também são laváveis e não precisam ser substituídos. O tamanho dos aparelhos diminuiu, sendo em muitas vezes reduzidos à só uma parte. Quando se tem aparelhos com base e bico, os comando estão mais perto da mão (para você não ter que abaixar o tempo todo), a altura do cabo é regulável, a base está mais leve e com rodas melhores, e os fios são mais compridos. A economia de energia é outro ponto importante, já que o eletrodoméstico é um dos que mais pesa na conta. Os aspiradores da Siemens possuem nova tecnologia chamada "Turbo Drive", que gastam 50% menos energia. Já a linha ErgoFit da Philips promete economizar até 30%. A limpeza com vapor também aparece combinada à sucção a vácuo em alguns produtos da LG, por exemplo. A empresa também trouxe para a feira um robô que faz o trabalho 'sujo' sozinho. Em formato redondo ele percorre toda a casa aspirando a poeira e volta sozinho para a base para recarregar. Sensores ultrassônicos e infra-vermelho o ajudam a se mover sem colidir com objetos. Fonte://Tecnologia.uol

domingo, 24 de novembro de 2013

Já salvou seu celular de "afogamento"?

A boa notícia é que existe esperança para celulares "afogados". Alguns métodos caseiros podem ser usados para tentar "ressuscitar" o aparelho. Nenhum deles é totalmente eficaz e o resultado depende muito do modelo de celular, do tempo de submersão e das condições da água. Mas sempre vale a pena a tentativa. Confira a seguir como proceder. Arroz tem grande capacidade de absorção de umidade. Primeiros socorros Se o seu celular caiu na água, a primeira providência é, obviamente, retirá-lo o quanto antes e desligá-lo. Não caia na tentação de manter o celular ligado para "ver se está tudo bem" ou postar "meu celular caiu na privada" no Twitter. Com o aparelho desligado, remova todos os componentes que puderem ser retirados (cartão de fotos microSD, chip de operadora e, se possível, também a bateria). Esses componentes podem ser deixados em temperatura ambiente. Em seguida, é hora de tentar salvar o aparelho, usando um dos métodos abaixo. Arroz O arroz é o mais popular entre os métodos caseiros para tentar salvar um celular "afogado", devido à sua grande capacidade de absorção de umidade. Deixe o celular já sem os componentes removíveis em um pote de arroz por um ou dois dias. Ao longo desse tempo, mexa algumas vezes no pote de arroz para revezar os grãos em contato com o celular. Se a sorte estiver do seu lado, o aparelho pode voltar a funcionar depois desse processo. Areia para gatos Quem tem gato em casa pode usar um material com absorção ainda maior do que o arroz. A areia sanitária para gatos, normalmente vendida em sacos de 1 quilo ou mais, é, em essência, sílica gel. Esse material tem alta capacidade de absorção de umidade e costuma ser incluído também em capas e caixas de violões e outros instrumentos para evitar a deterioração das cordas. O procedimento é o mesmo usado com o arroz. Coloque o aparelho em um pote com sílica gel por um ou dois dias e aguarde o resultado. Aspirador de pó Usar um aspirador de pó antes de colocar o celular no arroz pode ajudar na secagem do aparelho. A ideia aqui é remover o excesso de água, deixando menos umidade para ser absorvida pelo arroz ou pelo sílica gel. Álcool Outra técnica para tentar salvar um celular "afogado" é imergi-lo em álcool por alguns segundos. A ideia por trás dessa tática é que a água contida no celular seja diluída em álcool. Quando o aparelho é retirado do recipiente, o álcool evapora na hora, muito mais rapidamente do que a água. Dessa forma, em teoria, o celular estaria seco em poucos segundos. O álcool não é corrosivo a metais. Por outro lado, ele pode danificar adesivos, colas e outros materiais aderentes que estejam no celular. Por isso, caso escolha essa tática, certifique-se de banhar o celular em álcool apenas por poucos segundos, tempo necessário para que o líquido entre no aparelho. Quanto maior for o grau de pureza do álcool usado, maior a chance do procedimento dar certo. Por isso, o ideal nesses casos é usar álcool isopropílico, que tem grau de 100%. Mas como esse tipo de álcool é usado basicamente para limpeza de componentes eletrônicos, é pouco provável que você tenha uma garrafa dele em casa. O álcool líquido comum usado em limpeza doméstica costuma ter teor de pureza por volta de 45%, mas também pode ser usado sem problemas. Variações de álcool para limpeza doméstica com grau de pureza superior a 46% são vendidos no Brasil apenas na forma de gel. Secador de cabelos Em alguns fóruns de internet é possível encontrar relatos sobre uso de secador de cabelos para salvar celulares molhados. Mas o uso desse acessório é arriscado. O secador realmente remove a umidade, mas o ar muito quente pode danificar componentes do celular, inutilizando-o. Por isso, o secador não é recomendado na maioria dos casos. Como no caso do aspirador de pó, ele pode ser usado para eliminar o excesso de água. Mas deve-se tomar o cuidado de usar o acessório no ajuste mais fraco e a uma distância maior, para evitar que o ar chegue muito quente ao aparelho. Água salgada? Um novo banho ajuda Se o celular caiu em água salgada, a chance de que ele volte a funcionar é bem menor. Para tentar o resgate, um rápido banho em água pura antes de secar o aparelho pode ajudar. A ideia aqui é eliminar o sal e outros minerais antes de secar o aparelho. Coloque o celular em um pote com água pura e sacuda para eliminar o máximo de sujeira possível antes de tentar a tática do arroz e secar com o aspirador. Fonte://Tecnologia.ig

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

LIMPEZA DE LIVROS E DE PRATELEIRAS

Os livros devem ser mantidos limpos já que isto aumenta sensivelmente sua vida útil. A sujidade é o agente de deterioração que mais afeta os documentos Quando conjugada a condições ambientais inadequadas, provoca reações de destruição de todos os suportes no acervo. Portanto, a higienização das coleções deve ser um hábito de rotina na manutenção de bibliotecas ou arquivos, sendo assim, podemos dizer que é conservação preventiva por excelência. Isto aumenta sensivelmente sua vida útil. A limpeza deve ser feita em intervalos regulares, com freqüência determinada pela velocidade com que a poeira se acumula nos espaços de armazenagem. É importante assinalar que a própria limpeza pode danificar encadernações frágeis, que muitas vezes não resistem ao manuseio para limpá-las. Neste caso, é preciso bom senso para decidir quando os livros podem e devem ser limpos. Para reduzir a quantidade de poeira e impurezas que se acumulam nos livros e prateleiras, é necessário manter os pisos nos espaços de armazenagem o mais limpo possível, aspirando-os periodicamente. Não é recomendável varrer, pois o pó tende a levantar e espalhar-se. Os pisos devem ser lavados com o pano bem torcido e os carpetes (melhor não colocar carpete em bibliotecas ou sala com muitos livros) aspirados, sempre que necessário. É, também, essencial tomar medidas preventivas para evitar que os livros das prateleiras mais baixas recebam respingos de produtos de limpeza. A cera líquida pode ser usada na limpeza da biblioteca sempre observando o cuidado no uso, nunca levar o balde entre as estante deixando-o na entrada de cada corredor. Nas prateleiras deve-se remover a poeira pesada com um aspirador provido de filtro, para evitar a recirculação do pó através do exaustor. As acumulações grossas de poeira e sujeira às vezes exigem a lavagem das prateleiras com um sabão suave. É necessário, entretanto, avaliar cuidadosamente os riscos que representam o transporte de água para os espaços de armazenagem, devido não só à possibilidade de derramamento, como ao aumento da umidade do ar provocado pela limpeza de muitas prateleiras de uma só vez num espaço confinado. Também, devem ser tomados cuidados no sentido de que as prateleiras estejam completamente secas antes que os livros sejam recolocados, sobretudo se tiverem sido limpas com água. O método mais simples é a remoção do pó e demais sujidades a seco, denominada higienização mecânica a seco. Quando se faz a limpeza dos livros com uma flanela, é preciso fechá-los com firmeza. Este procedimento consiste na remoção do pó das lombadas e partes externas dos livros com aspirador de pó, utilizando-se baixa potência, com proteção na sucção. Para a limpeza das folhas utilizam-se trinchas, escovas macias e panos de algodão. Uma limpeza mais eficiente e sem riscos poderá, deve ser feita com pó de borracha, que é aplicado em pequenas quantidades, fazendo suaves movimentos circulares sobre as superfícies desejadas. Em seguida, deve-se removê-lo, com um pincel ou trincha que deverá ser manuseada no sentido de baixo para cima, direcionando todos os resíduos, para que seja feita a sucção existente na mesa própria de higienização de livros. Se estiverem cobertos com uma camada pesada de poeira, pode-se usar um aspirador, não importa a marca, bastando não ser muito potente e com a utilização de uma peça com escova macia. Deve-se, também, afixar um pedaço de tecido ou talagarça entre a extremidade da mangueira e a escova, para evitar que fragmentos soltos de capas deterioradas sejam sugados para dentro do aspirador. Por esta razão, pode ser necessário reduzir a sucção do aspirador, que não deve ser usado diretamente em livros antigos e raros. Para estes casos, recomenda-se o uso de uma escova de cerdas macias, varrendo-se a poeira para dentro da boca do aspirador. Ao limpar os livros, é importante segurá-los firmemente fechados para evitar que a sujeira deslize para baixo, por entre as folhas. Quando se passa a flanela ou a escova, o movimento deve ser no sentido do pé para a cabeça, para evitar que a sujeira penetre na guarda ou na lombada. A parte superior do livro, geralmente a mais suja, deve ser limpo primeiro. Os panos de limpeza dos livros devem ser trocados freqüentemente, e os que forem utilizados para limpar as prateleiras nunca devem ser usados também para os livros. A limpeza normalmente é feita com mais eficiência por equipes de duas pessoas, utilizando-se um carrinho de livros, flanelas e um aspirador. Página 1 A equipe deve trabalhar prateleira por prateleira, de cima para baixo, removendo os livros na ordem em que se encontram e colocando-os de pé no carrinho, apoiados por bibliocanto. A prateleira deve ser então limpa. O elemento estranho aos livros, como marcadores de páginas, tira de papel e flores prensadas, devem ser removidos para que a acidez não migre para as folhas, danificando-as. Os clipes e outros prendedores danosos devem também ser removidos, para que não causem manchas ou marquem as páginas. Serão identificados também os possíveis ataques de insetos, caso ocorram. Cada livro deve ser limpo e, então, devolvido à prateleira. Uma vez que a limpeza pode ocasionar danos aos livros, deve-se ensinar aos funcionários técnicas de manuseio cuidadoso, além de conscientizá-los da importância desta tarefa, que por ser tão básica e demorada é freqüentemente esquecida ou adiada. A limpeza é, entretanto, fundamental para aumentar a vida útil das coleções. Eliminando a poeira que causa atrito às páginas e à superfície das encadernações, atraindo insetos e tornando o ambiente propício à criação de fungos, os funcionários estarão contribuindo muito para a conservação dos livros. Essa tarefa básica é, portanto, uma das mais importantes para a preservação das coleções. Higienização de livros • Colocar o livro sobre a mesa ou capela. • Passar pincel trincha ou brocha de maciez adequada suavemente nos cortes. • Passar pincel trincha ou brocha no cabeceado, de dentro para fora. • Passar pincel ou trincha suavemente na contracapa, nas primeiras e últimas folhas, empurrando a poeira no sentido contrário ao operador. • Limpar página a página, quando o documento apresentar sujidade. • Passar trincha ou pincel bem próximo à costura, pois geralmente é onde há um maior acúmulo de sujidades. • Passar trincha ou pincel sobre a superfície da capa. • Passar uma fralda macia em toda a superfície da capa. • Após a higienização das páginas, deve fazer-se a oxigenação da obra, isto é, folhear a obra várias vezes, o que proporciona a sua aeração. • Se a higienização for periódica, restringir a limpeza às quinze primeiras e às quinze últimas folhas. Fonte: WEB.SANSILVAZ

domingo, 17 de novembro de 2013

Aspirador-robô da Sansung promete derrotar a sujeira dos cantos

Aspiradores de pó robóticos fazem com que a limpeza de qualquer casa fique mais simples e prática. Diferentes modelos já foram criados, mas um problema comum era encontrado entre eles: a incapacidade de remover poeira dos cantos de paredes e móveis. Pensando nisso, a Samsung desenvolveu o seu Smart Tango Corner Clean vacuum, um aspirador-robô que promete realmente combater a sujeira, inclusive dos pequenos espaços. Apesar de possuir um formato arredondado (o que sugeriria uma incapacidade de se encaixar em cantos), o Smart Tango Corner Clean vacuum tem como carta na manga dois pequenos “braços” com pequenas escovas que irão varrer os detritos para a abertura de vácuo. Fonte://tecmundo.com.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Aspirador de pó

Antigamente, aspiradores de pó eram eletrodomésticos mais simples, difíceis de guardar e bem complicados de manipular, com seus grandes canos, gabinetes pesados e poucos recursos. Hoje, temos modelos compactos e cheios de funções diferenciadas. Com tantas opções, você sabe como escolher o melhor para a sua casa? Então, confira as dicas para descobrir o modelo ideal: Potência Um aspirador de pó é um item que ajuda bastante na limpeza da casa, especialmente nas áreas urbanas, onde a poluição literalmente invade nossos lares. Dependendo da finalidade do aspirador, a potência é fundamental. Os modelos menos potentes servem para trabalhos menores, como a higiene do carro ou o uso em cortinas e espaços estratégicos como escritórios. Recursos especiais Alguns recursos enchem os olhos dos consumidores, pelas promessas de limpeza mais eficiente com uso de alta tecnologia. Esse é o caso do sistema HEPA (high efficiency particular air - filtro de partículas aéreas de alta eficiência), ideal para limpar sua casa, especialmente se você tiver alergia. Um recurso muito útil para residências que possuem muitos móveis, cortinas, enfeites, e outros itens que acumulam muita poeira e impurezas. Cada vez mais aspiradores (e também outros eletrodomésticos, como máquinas de lavar) incluem este filtro, pois ele retém cerca de 99% da poeira, polens e ácaros do ar, levando a uma limpeza muito mais eficiente. E, além de reter estes microorganismos, tem a função de inibir sua proliferação, uma vez que em sua composição encontramos um agente bacteriostático. Fonte:// Magazine Luiza

domingo, 10 de novembro de 2013

Dicas de Limpeza

Como fazer a limpeza do computador? A limpeza externa do micro contribui para o bom funcionamento da sua máquina e deve ser feita pelo menos uma vez por mês. O que usar? - Pano ligeiramente umedecido em água ou álcool - Aspirador de pó portátil - Pano limpo com álcool - Sabão neutro Sempre desconecte o equipamento da rede elétrica para realizar a limpeza. Na tela do micro pode-se utilizar também pano com limpa vidros. Fonte://MMROCHALIMPEZA

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Uso Para Poeira Fina

Ciclone - Construção civil Aspirador de Pó Aspirador de pó industrial que possui exclusivo sistema de filtragem permitindo assim a aspiração de poeiras finas, que em outros aspiradores entopem os filtros e danificam os motores. Equipamento de alta potência, garantida pelo uso de dois motores e também de grande capacidade. Ideal para: Poeiras finas, líquidos abrasivos, construção civil (cimentos, cal), etc. Sólidos e líquidos. arar Fonte://tecnoclean.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Aspirador Robot

Aspirador de ultima geração Com sensor de obstáculos e mudanças de elevação (escadas, corrimões ...) Também equipado com um filtro HEPA fácil de limpar. O aspirador SWR12 da H.Koenig, faz parte da última geração de aspiradores robóticos controlado por um programa inteligente. Graças a seu pequeno tamanho, Swr12 vai a toda parte! Este robô aspirador de pó tem um detector de obstáculos que permite parar e redirecionar automaticamente. Detectão obstáculos e mudanças de elevação (escadas, corrimões ) Também é equipado com um filtro HEPA fácil de limpar um sistema que fará o seu piso de madeira e azulejo ainda mais brilhante. Fonte://unike-shop

domingo, 3 de novembro de 2013

Aspirador com sistema filtro de água Lavawet

Aspirador de pó e líquidos com sistema filtro de água que retém micro partículas (como ácaros e outras), normalmente lançadas ao ar por serem pequenas e passarem pelos filtros comuns. Sistema exclusivo de regulagem de aspiração (velocidade de saída do ar). Possibilita a limpeza devolvendo o ar sem sujeiras e aromatizado, basta colocar o aromatizante não espumante de seu gosto. Indicado para ambientes que necessitem aspiração eficaz e aromatizada, como hospitais, hotéis, escritórios, residências, etc . Fonte:// Soteco brasil

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Adaptação de aspirador de pó para marcenaria.

Olá amigos, trago para vocês esta interessante idéia, que poderá ajuda-los a ter seu aparelho de aspiração, tornando sua marcenaria mais limpa e ecologicamente correta. Trata-se de uma tradução-interpretação, feita de um tutorial polonês postado e já traduzido, para um fórum italiano, cujo endereço é: http://www.il-legno.it/ . É sobre a adaptação para aumento da capacidade de um aspirador de pó doméstico, para ser utilizado em uma marcenaria. Uma idéia simples e por isso mesmo, genial. Mas, vamos ao que interessa. A intenção do projeto, é adaptar um modelo de aspirador de pó doméstico existente, a um recipiente plástico de maiores dimensões, aproveitando apenas o equipamento de sucção. Isto deve aumentar a capacidade de armazenamento do aparelho. Foto 1- O aspirador, que o autor Nick (Polonês) chamou de R2D2, em alusão ao versátil robozinho da saga de Guerra nas Estrelas (Star War), é baseado neste modelo, também encontrado no mercado local (similares). Foto 2- Aqui está o aparelho desmontado, mostrando a cabeça com o motor de sucção e todo o equipamento de filtragem. No centro está o corpo do aparelho, cujo fundo foi removido. Foto 3- De posse do aparelho, vamos atrás do recepiente plástico que encontramos destes de 50litros em casas que vendem recepientes usados. Temos que recortar a tampa na dimensão certa para embutir a base do aparelho. Faça isso com um estilete ou faca com lâmina bem afiada, depois lixando as rebarbas que ficarem. Note que foi adaptado rodíxios no fundo do tonel, para facilitar seu movimento na marcenaria. Foto 4- Como elemento filtrante, utilizaremos uma tela composta de TNT- Tecido Não Tecido, de malha larga ou uma tela, que faça o mesmo efeito com malha aproximadamente igual a 1/16” Foto 5- Adaptamos um tubo plástico de 40mm (esgoto ou água) de maneira que fique instalado tangencialmente ao eixo do recipiente. Esta providência irá provocar o efeito turbilhionamento, necessário à decantação do pó. A vedação é feita com massa durepox tomando cuidado para que fique bem firme e vedada, para evitar a perda de força do vácuo. Foto 6- A adaptação do tudo de tomada, agora visto por dentro do recipiente, a mostrando a instalação tangencial (importante) ao eixo do tambor. Foto 7- A tela de TNT, entra na tampa do recipiente, em contato direto com a base do aparelho. Foto 8- Aqui o aparelho já assentado sobre a tampa do recepiente. Provavelmente apenas o peso próprio do aparelho, é suficiente para vedar. Mas chamamos a atenção de que esta vedação deva ser o mais perfeita possível, para não diminuir a eficiência de sucção. Sugerimos que se utilize borracha de silicone para esta finalidade. Foto 9- Mais uma foto mostrando o aparelho assentado sobre o recipiente. Notese que não parece que o autor tenha utilizado algum artifício de vedação, que não seja o simples apoio do aparelho sobre o recipiente. Observe que foram instalados rodízios no recipiente plástico, para facilitar sua movimentação dentro da oficina. Acreditamos que tenham sido colados ao fundo com borracha de silicone, por exemplo. Foto 10- Aqui o autor mostra o resultado da filtração. Foto 11- Mais uma imagem do filtro, após a retirada do aparelho de sucção. Foto 12- No fundo do recipiente, o pó de serragem já decantado e pronto para remoção. Fonte://ww.scribd.com

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

  1. 1
    Leve o sofá para fora de casa, se possível. Caso não seja uma opção, coloque jornais ou folhas de plástico para aparar o resíduo de mofo.
  2. 2
    Vista a máscara, as luvas e os óculos de proteção. Os esporos do mofo podem causar problemas de saúde, então certifique-se de se proteger.
  3. 3
    Utilize a escova para raspar, gentilmente, o máximo de mofo que conseguir. Uma escova de náilon deve funcionar; mas tenha cuidado para não usar uma escova que seja muito dura, pois elas podem danificar o tecido.
  4. 4
    Aspire a área com o aspirador de pó para tirar mais esporos de mofo. Jogue fora a sacola ou esvazie o recipiente do aspirador o mais rápido possível. Quanto mais rápido o mofo for retirado da sua casa, melhor.
  5. 5
    Seque o sofá na rua, permitindo que o ar seque naturalmente, ou coloque um ventilador perto dele, para que o ar circule pela sala.
  6. 6
    Inspecione visualmente a área e fique atento para qualquer sinal de resíduo do mofo ou manchas. Às vezes, o sol mata o mofo por conta própria.
  7. 7
    Misture partes iguais de água e álcool isopropílico e mergulhe um pano limpo para retirar os resíduos de mofo e as manchas.
  8. 8
    Esfregue a área com o pano até que não haja mais sinais do mofo.
  9. 9
    Novamente, permita que o sofá seque ao vento ou coloque o ventilador perto para ajudar a secar mais rápido.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

CUIDADOS COM OS TAPETES

Um tapete pode transformar um ambiente, dando um toque aconchegante e colorido à casa ou representando sofisticação e bom gosto. Mas para que seus tapetes se mantenham bonitos e com viço é necessário um tratamento especial. Descubra como cuidar de cada tipo de tapete para que se mantenha bonito por mais tempo. Uma dica: o capacho na porta de entrada retira o excesso de sujeira dos sapatos e ajuda a proteger seus lindos e caros tapetes. Persa Mancha com facilidade devido à grande quantidade de cores e também à descontinuidade dos fios. Portanto, a manutenção dever ser simples. Use aspirador de pó quinzenalmente. Em excesso, a sucção do aspirador desgasta a lã. Dê preferência às vassouras de pêlo macio. Para conservar a cor, escove-o com um pano umedecido em uma solução de ¾ de água e ¼ de vinagre com um pouco de amaciante para o vinagre não ressecar o tapete. A escovação deve ser feita sempre a favor dos pêlos. Tenha cuidados especiais com urina e produtos de limpeza como varsol e carpex, que mancham o tapete. No caso da urina retire o excesso com papel toalha e depois passe um pano úmido. Nunca use vaporeto Nunca coloque-o na água ou em qualquer solução. Uma vez lavado incorretamente, o tapete mancha para sempre. A lavagem e o tratamento de manchas devem ser feitos em uma lavanderia especializada. Kilin e arraiolo Devem ser limpos com vassoura de fibra sintética maleável. Aspirador de pó só pode ser usado quinzenalmente. Para tirar resíduos, use pano umedecido com espuma de sabão neutro. Secar ao ar livre ou em local bem arejado. Náilon Esse material é bem resistente e deve ser limpo da mesma forma que o carpete. No dia-a-dia, use aspirador de pó com o bocal liso ou com vassoura de fibra sintética maleável. Produtos químicos como varsol devem ser usados com moderação. Sisal O sisal é uma fibra natural e resistente, mas não suporta bem a umidade. Se precisar limpar alguma substância que houver caído sobre ele, primeiro remova o excesso, sem fazer pressão ou esfregar. Depois passe um pano umedecido com um produto de limpeza suave (sem cloro). Logo em seguida use um secador de cabelo. Se preferir, mande impermeabilizar seu tapete. Passe o aspirador de pó apenas uma vez por semana para evitar a descoloração e o desgaste natural da trama. Como o sisal mancha e embolora facilmente, quando for indispensável lavá-lo, recorra a uma empresa especializada. Couro e pele O tapete de couro é bem resistente. Para a manutenção em casa, recomenda-se o uso de produtos apropriados, como o Stanley, e não o pano úmido. Nos tapetes de pele, use o aspirador de pó com bocal liso, pois os fios não soltam com facilidade. Para retirar o excesso de sujeira, sabão neutro. E lembre-se: os materiais naturais precisam estar bem secos para não embolorar. Não hesite em usar o secador e deixe-os sempre em lugares arejados, para evitar o mau cheiro. Nobuk Por tratar-se de um material muito delicado, o tapete deve ficar num local de pouco movimento: evite corredores e entradas. Para a manutenção é recomendado aspirador de pó ou escovinha com cerdas delicadas (semelhante à que se usa em casacos de lã). Passe apenas uma vez por semana para evitar descoloração e o desgaste natural. Algodão Esse tipo de tapete solta fibras nas primeiras semanas, o que é normal. A limpeza diária deve ser feita com aspirador de pó com o bocal liso ou com vassoura de fibra sintética maleável. Tear manual A combinação de fibras diferentes -- como sisal, algodão, rami, juta e lã - é muito comum. Por isso recomenda-se lavar o tapete apenas em casas especializadas. A limpeza diária deve ser feita com vassoura de fibra sintética maleável, que é menos agressiva que as outras. Use aspirador de pó no sentido paralelo à trama, sempre com o bocal liso. Nunca use limpadores a vapor. Se preferir, mande impermeabilizar seu tapete para deixá-lo mais resistente. Tecido A lavagem deve ser feita apenas com sabão neutro e água deixando secar à sombra. Não coloque na máquina de lavar. Fonte://riototal.com

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Limpeza do chão: melhor varrer ou passar aspirador de pó?

Limpar a casa diariamente evita que o acúmulo de sujeira faça você perder horas de seu final de semana fazendo faxina. Para otimizar seu trabalho diário de varrer e passar um pano úmido no chão, siga as dicas a seguir. Para manter a limpeza da sua casa, em espaços reduzidos é possível varrer e passar pano de chão em menos de meia hora. Concentre-se em um cômodo por vez. Todos os objetos do chão devem ser retirados para facilitar o trabalho de varrer e passar pano. Para limpar os carpetes, varra contra o sentido das fibras e retire toda a poeira, depois varra ao contrário – seguindo o sentido das fibras – para deixá-lo mais bonito. Se preferir usar aspirador de pó no lugar da vassoura, escolha uma tomada que esteja no centro de sua casa para ligá-lo. Aspire o que alcançar dali, corredores, áreas comuns e o centro das salas. Isso diminui o tempo gasto com essa tarefa. Não exagere no uso de produtos químicos de limpeza. O efeito pode ser contrário, já que a química presente nesses produtos pode danificar seu piso. Se a limpeza de sua casa é feita com frequência, não há motivo para usar grandes quantidades de produtos de limpeza. Escolha um cômodo por semana para realizar uma limpeza mais completa. Assim você cria uma rotina constante de faxina e de manutenção ao mesmo tempo. Varrer ou passar aspirador de pó? A vassoura possui a vantagem de ser silenciosa. Entretanto, ela não é muito eficiente para retirar cabelos e pelos de animais. Além disso, a poeira mais fina é levantada ao ar, depois essa poeira desce, e é aí que entra o pano de chão para finalizar a limpeza. Os aspiradores de pó devem substituir as vassouras se houver animais domésticos em casa, pois tornam a limpeza de pelos, cabelos e migalhas muito mais eficaz. Eles também são excelentes para limpar carpetes, cortinas, armários e sofás. Em casas de fácil manutenção da limpeza, o uso do aspirador faz com que passar o pano de chão seja dispensável na maioria das vezes. Você pode restringir o uso do pano úmido a duas ou três vezes por semana. Fonte://moveisprimavera.com

domingo, 20 de outubro de 2013

A importância de um aspirador de pó

Ácaros Para manter os ácaros longe do quarto dos seus filhos, não se esqueça de sempre que for trocar as roupas de cama, pelo menos uma vez por semana, passar o aspirador de pó nos colchões e estofados. Só assim você retira todo o pó que é o habitat desses bichinhos pequenos, mas perigosos. Outra boa dica é usar fronhas e protetores de colchão impermeáveis. Assim, uma vez por semana, limpe-os com um pano úmido, lavando com água e sabão neutro. Quando estiver sol, aproveite para deixar o colchão e os travesseiros arejando, uma vez ao mês - Assim, você também acaba com a umidade que também atrai os ácaros. Fonte: Mães.consul

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Por que ter um aspirador de pó?

Alergias Pesquisas mostram que hoje em dia, 30% das crianças no mundo sofrem de algum tipo de alergia. Assim, a melhor coisa a fazer é prevenir desde pequeno para impedir a doença de se manifestar. Uma casa limpinha e livre de poeira e mofo é essencial para manter esse mal longe dos seus filhos, e o jeito mais fácil e garantido de deixá-la brilhando é lançando mão de um bom aspirador de pó, que retira o pó não só do piso, mas de estofados, cortinas, prateleiras, camas e colchões, prateleiras e todos os cantos e frestas, e evita que você entre em contato direto com a sujeira. O aspirador precisa ter boa potência, filtros de ar e tipos de bocal diferente para cada função. Fonte:Mães.consul

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Filtros HEPA para aspiradores e alergias

Muitos aspiradores vendidos atualmente oferecem um recurso relativamente novo: os filtros HEPA (em inglês, High Efficiency Particulate Air). Esses filtros são constituídos de fibras totalmente entrelaçadas capazes de reter aquelas minúsculas partículas que os outros aspiradores não conseguem. Os filtros Hepa conseguem capturar partículas de apenas 0,3 mícrons, mas somente quando são instalados pelo fabricante. Esses filtros requerem uma boa engenharia e precisam estar muito bem vedados para que a poeira e a sujeira (e o ar que as carregam) não encontrem caminho algum para escapar – como por exemplo uma rachadura no próprio selo. Além disso, aspiradores dotados de filtros HEPA precisam ter mais potência de sucção, por isso se você inseriu o filtro em um aspirador mais antigo, o resultado ainda deixará muito a desejar. Então, terminando a nossa conversa, para aquelas pessoas que sofrem com alergias, a melhor aposta é um aspirador de qualidade e com filtros HEPA. Embora os custos iniciais e de manutenção sejam maiores (os filtros HEPA precisam ser trocados anualmente), os resultados valem à pena. Fonte://HowStuffWorks Brasil

domingo, 13 de outubro de 2013

Saiba tudo sobre aspiradores de pó

Aspirador é tudo igual, é só ligar e passar pelo chão que a casa fica limpa?, é o que pensa muita gente enganada. A verdade é que pra cada uso há um tipo de bocal diferente para fazer a limpeza corretamente, é preciso observar o tipo de aspirador, a potência, em alguns casos até mesmo um aspirador específico. Bocal para cantos e frestas: para a limpeza dos cantos de paredes e frestas, muitos aspiradores de pó vem equipados com bocais próprios opcionais. São ideais para retirar aquela sujeirinha dos rodapés, dos cantos da sala, teias de aranha do teto, normalmente com uma mangueira maior que também vem com o aparelho. Bocal multiuso: como o próprio nome diz, servem para várias tarefas, normalmente as limpezas comuns, ?do dia-a-dia?, limpar o carpete, o tapete, aspirar à sala. Bocal para tecido: menos agressivo que os demais para não estragar as fibras das roupas. Ideal para limpar as roupas que passam muito tempo no armário, retirar mofo e traças. Bocal para pisos: projetado para pisos frios, porcelanato e pisos flutuantes. Também podem ser usados em carpetes e tapetes. Tem proteção especial nas bordas para não causar arranhões no piso. Bocal escova: o melhor para a limpeza de tapetes e carpetes, pois enquanto aspira o pó, retira as linhas e fios de cabelo que se escondem nas fibras do tapete. Bocal de estofados: tem pequenas escovas nas bordas, menos resistentes que as para tapetes e mais resistentes que as para tecidos. Elas ajudam na retirada de resíduos das fibras, poeira, cinza de cigarro, cabelos, tudo que se embrenha nas fibras e que sem a escova a sucção não seria suficiente para retirar. Fonte://magazineluiza

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Como funciona o aspirador-robô

Há pessoas que limpam a casa uma vez por semana e outras que limpam quando os parentes aparecem. A finalidade do aspirador robô engloba as duas situações: a casa é melhor cuidada com uma mínima intervenção humana.
Hoje em dia, os aspiradores robô estão muito além dos primeiros modelos, que você tinha que ficar procurando pela casa toda, de forma lamentável - até encontrá-lo bipando: "estou sem energia". Os produtos mais recentes limpam sua casa, lembram do layout para aumentar a eficiência, eliminam sua própria sujeira em um receptáculo e encontram seu caminho de volta para a estação de carregamento para que possam ser recarregados.

o Roomba Red
Foto cedida por iRobot
Roomba Red
 A maioria dos fabricantes diz que o aspirador robô surgiu para complementar o aspirador padrão, empurrado pelas pessoas, e não substituí-lo. Eles servem para realizar retoques diários ou semanais para manter sua casa limpa entre os períodos de uso do aspirador normal. Do mesmo modo, se você é uma pessoa que não tem o costume de usar o aspirador, um pouco de ajuda robotizada pode certamente manter o seu piso mais limpo do que está agora e você não terá que mover um dedo.
 Sem dúvida, o aspirador robô mais popular nos Estados Unidos é o Roomba, da iRobot, que apresenta vários modelos
 
Carpete Inteligente
As empresas alemãs Vorwerk e Infineon se uniram para produzir o protótipo de um carpete que funciona em conjunto com um aspirador robô. O lado inferior do carpete é preenchido com etiquetas RFID e o aspirador é equipado com um leitor de RFID e com um mapeador digital das localizações RFID do carpete. As etiquetas direcionam o aspirador em volta do cômodo para cobertura completa e podem dizer a ele para limpar novamente uma área específica se ele não gastou o tempo necessário naquela área.
 Fonte:
Julia Layton - traduzido por HowStuffWorks Brasil
 
 

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Materiais secos

Materiais secos

Aspiradores de pó industriais e sistemas centralizados de vácuo para materiais secos

A aspiração por alto vácuo pode ser usada para limpeza e transporte de material abrasivo ou de grande volume, como cavacos de madeira e limalha metálica. São aspiradores móveis e sistemas centrais por vácuo robustos e potentes, construídos para aplicações rígidas em indústrias pesadas. Alguns produtos podem ser combinados com ciclones de alta eficiência e pré-separadores que criam um sistema de limpeza potente.
Nossos aspiradores industriais e nossos sistemas centrais por alto vácuo destinam-se a trabalhos industriais em ambientes pesados onde as demandas de equipamentos resistentes, confiáveis e de alto desempenho são da máxima importância.

Fonte://Nederman

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Escócia: gato é resgatado de cano com aspirador

Equipes de resgate usaram um aspirador de pó para retirar um gato de apenas 6 horas de vida que havia ficado preso em um cano de esgoto nesta segunda-feira.

 s bombeiros usaram uma câmera para localizar o gatinho e colocaram uma meia no bocal do aspirador para conseguir pegá-lo.O resgate foi chamado para o local, uma casa na cidade de Dunbar, na Escócia durante a madrugada. Acredita-se que a mãe do gatinho tenha se escondido atrás da pia da cozinha para dar à luz os filhotes.

Fonte:// http://noticias.terra.com.br/popular/interna/0,,OI2937643-EI1141,00.html

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Aspiradores de pó aumentam o nível de alérgenos no ar

Aspiradores de pó aumentam o nível de alérgenos no ar


Belo Horizonte, 12 de março de 2002 (Bibliomed). Se você é alérgico a pêlos de animais, principalmente gatos, e não consegue viver sem os bichanos, a tentativa de limpar a casa com aspiradores de pó, na esperança que eles removam os pêlos e os alérgenos, o tiro pode estar saindo pela culatra. Um novo estudo mostra que os aspiradores de pó, mesmo os mais modernos, com filtros de ar de alta eficiência (HEPA) e sistemas de coleta de pó altamente sofisticados aumentam, ao invés de diminuir, o nível de alérgenos na casa.

São chamados alérgenos quaisquer substâncias que sejam capazes de provocar alergia. Os principais alérgenos causadores de alergias respiratórias conhecidos são os ácaros (animais microscópicos da família dos carrapatos que vivem na poeira doméstica), o pólen das plantas, pêlos de animais, substâncias presentes na fumaça dos cigarros e na poluição das cidades, entre outros. Quando uma pessoa alérgica é exposta a estas substâncias, seu sistema respiratório reage violentamente, liberando anticorpos e substâncias inflamatórias responsáveis pelos sintomas de alergia. Os sintomas das alergias respiratórias variam de manifestações leves, como coriza, coceira no nariz e garganta, espirros e lacrimejamento a manifestações mais graves de broncoespasmo (espasmo dos brônquios) com chieira, cansaço e outros sintomas de asma. A principal estratégia no controle das alergias respiratórias é evitar a exposição aos agentes desencadeantes. Medicamentos também ajudam a controlar os sintomas, mas não impedem a reação entre o alérgeno e os anticorpos e células imunitárias.

Este estudo, apresentado no Encontro Anual da Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia, mostrou que os aspiradores de pó de alta eficiência resolvem muito pouco no controle destes alérgenos, e em algumas situações podem mesmo aumentar a exposição individual a estas partículas durante o procedimento de aspiração.

A explicação é que o movimento feito com os aspiradores, para frente e para trás, poderia aumentar os níveis de alérgenos presentes no ar, levantando estes alérgenos da poeira e os deixando em suspensão, de onde atingem o sistema respiratório das pessoas.

Para verificar isto, os pesquisadores utilizaram um sistema chamado Coletor de Amostra de Ar Intranasal para determinar a quantidade de alérgenos de gatos eram aspirados pelos moradores em seis casas onde moravam gatos. As casas eram limpas com aspiradores de pó, incluindo aspiradores antigos e aspiradores modernos com filtros de ar de alta eficiência, sistema de coleta de poeira em água, e outros. Estes sistemas prometem, na maioria das vezes, um controle mais eficiente das partículas alergênicas no ar.

Eles encontraram que a aspiração de pó nas casas aumentou em 3 a 5 vezes a exposição pessoal aos alérgenos e que não houve diferença entre o uso de aspiradores novos e antigos. Não houve diferença em relação ao sistema de aspiração ou ao design do aparelho.

De forma geral, os pesquisadores encontraram que os modelos novos deixaram escapar menos alérgenos após a aspiração, devido aos sistemas melhores de coleta do pó após a aspiração. Porém, isto não fez diferença no nível de alérgenos na casa, ou seja, para o alérgico, não representaram ganho nenhum em termos de controle da alergia.

A conclusão é que, se você é alérgico e possui gatos, o uso de aspiradores de pó, independente do preço que eles custam, não resolve o problema de exposição às partículas perigosas. Os gatos estão dentre os animais domésticos mais complicados em termos de liberação de alérgenos, devido a particularidades em seu pêlo. Estratégias de controle um pouco mais eficientes podem ser manter os animais fora de casa, ou pelo menos fora do quarto de dormir, dar banhos semanais (os alérgenos são solúveis em água, e o banho reduz a quantidade deles nos pêlos) e escová-los fora de casa (os pêlos mortos são retirados na escova e não caem pela casa). Estas estratégias, embora façam algum sentido, também não possuem comprovação científica de eficácia.
Fonte:http://www.boasaude.com.br/noticias/3953/aspiradores-de-po-aumentam-o-nivel-de-alergenos-no-ar.html

domingo, 22 de setembro de 2013

Conheça os tipos de aspiradores e bocais ideais para fazer a limpeza da casa

Aspirador é tudo igual, é só ligar e passar pelo chão que a casa fica limpa”, é o que pensa muita gente enganada.  A verdade é que pra cada uso há um tipo de bocal diferente para fazer a limpeza corretamente, é preciso observar o tipo de aspirador, a potência, em alguns casos até mesmo um aspirador específico.
Bocal para cantos e frestas: para a limpeza dos cantos de paredes e frestas, muitos aspiradores de pó vem equipados com bocais próprios opcionais. São ideais para retirar aquela sujeirinha dos rodapés, dos cantos da sala, teias de aranha do teto, normalmente com uma mangueira maior que também vem com o aparelho.
Bocal multiuso: como o próprio nome diz, servem para várias tarefas, normalmente as limpezas comuns, “do dia-a-dia”, limpar o carpete, o tapete, aspirar à sala.
Bocal para tecido: menos agressivo que os demais para não estragar as fibras das roupas. Ideal para limpar as roupas que passam muito tempo no armário, retirar mofo e traças.
Bocal para pisos: projetado para pisos frios, porcelanato e pisos flutuantes. Também podem ser usados em carpetes e tapetes. Tem proteção especial nas bordas para não causar arranhões no piso.
Bocal escova: o melhor para a limpeza de tapetes e carpetes, pois enquanto aspira o pó, retira as linhas e fios de cabelo que se escondem nas fibras do tapete.
Bocal de estofados: tem pequenas escovas nas bordas, menos resistentes que as para tapetes e mais resistentes que as para tecidos. Elas ajudam na retirada de resíduos das fibras, poeira, cinza de cigarro, cabelos, tudo que se embrenha nas fibras e que sem a escova a sucção não seria suficiente para retirar.
Os tipos de aspiradores disponíveis no mercado são:
Aspirador de pó: o modelo “original”, com a função mais básica de um aspirador de pó. A evolução da tecnologia fez com que hoje existam muitas facilidades, como enrolador automático de cabo, regulador de potência, filtros especiais e reservatório transparente.
Aspirador de pó e água: tem compartimentos e motores especiais que permitem além de aspirar a poeira, também aspire líquidos, ou seja, usado em superfícies úmidas, como um tapete ainda não totalmente seco, o que aliás tornará mais rápida a secagem.
Aspirador multifuncional: aparelho que além de aspirar pó e água, também lava e seca carpetes, cortinas e estofados. Bom para a limpeza de carros, sofás e cortinas.
Aspiradores portáteis: práticos, pequenos e leves, ideais para usar no carro, para limpar as frestas de sofás e poltronas ou limpar as migalhas da mesa. Tem potência mais baixa que os demais e funciona a bateria, normalmente de lítio.
Aspiradores ultra-silenciosos: como diz o nome, são mais que super silenciosos. Com níveis de ruído que chegam a no máximo 73 decibéis, o equivalente a uma conversa normal entre duas pessoas, e mesmo assim, são aparelhos geralmente de alta potência. Recomendado para qualquer lugar, especialmente para casa com bebês, crianças recém-nascidas e idosos, hospitais e escritórios.
Aspiradores inteligentes ou aspiradores robô: são a revolução no que se refere a aspiradores. São pequenos, redondos e circulam pela casa em movimentos 360°. Funcionam com sensores que capta a presença de acúmulos de sujeira e o aspiram sem precisar de nenhum comando. Também são equipados com sensores que evitam colisões e quedas.
Aspiradores anti-alérgicos: alguns usam sais de prata e nano-íons no processo de absorção do pó, higienizando os ambientes e eliminando até 90% das bactérias. Há os que usam filtros especiais com a tecnologia High Efficiency Particulate Air (HEPA), que retém mais de 99% de ácaros, poeiras e outras partículas.
A potência é um fator extremamente importante na escolha do modelo a comprar. O ideal é que a potência seja alta, quanto mais alta melhor os resultados, procure por motores de 1100 a 1600 w.
Uma dica para reduzir o consumo de energia e aumentar a vida útil do aparelho, por incrível que pareça, é aspirar diariamente, ou pelo menos 3 vezes por semana, para evitar o acumulo de resíduos e promover uma limpeza mais rápida.
Com aspirador é xô sujeira, poeira e alergias!

Fonte://Magazine Luiza/ Lu Explica

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Dicas para varrer e passar o pano de chão em sua casa

Otimize o tempo gasto com essas tarefas domésticas.

Dicas para varrer e passar o pano de chão em sua casa
  
Limpar a casa diariamente evita que o acúmulo de sujeira faça você perder horas de seu final de semana fazendo faxina. Para otimizar seu trabalho diário de varrer e passar um pano úmido no chão, siga as dicas a seguir.

Dicas gerais para varrer e passar pano de chão em sua casa

 Avental com pregadores no bolso.
Para manter a limpeza da sua casa, em espaços reduzidos é possível varrer e passar pano de chão em menos de meia hora. Para isso confeccione um avental com vários bolsos para que você possa colocar panos, esponjas e alguns produtos de limpeza. Assim, você já fica com tudo à mão.
Tire o pó dos móveis depois de varrer para retirar a poeira levantada pela vassoura.
Concentre-se em um cômodo por vez. Todos os objetos do chão devem ser retirados para facilitar o trabalho de varrer e passar pano. Para limpar os carpetes, varra contra o sentido das fibras e retire toda a poeira, depois varra ao contrário - seguindo o sentido das fibras - para deixá-lo mais bonito.
Se preferir usar aspirador de pó no lugar da vassoura, escolha uma tomada que esteja no centro de sua casa para ligá-lo. Aspire o que alcançar dali, corredores, áreas comuns e o centro das salas. Isso diminui o tempo gasto com essa tarefa.
Não exagere no uso de produtos químicos de limpeza. O efeito pode ser contrário, já que a química presente nesses produtos pode danificar seu piso. Se a limpeza de sua casa é feita com frequência, não há motivo para usar grandes quantidades de produtos de limpeza.
Escolha um cômodo por semana para realizar uma limpeza mais completa. Assim você cria uma rotina constante de faxina e de manutenção ao mesmo tempo.
 Vassouras

Diferentes tipos de vassouras para varrer diferentes tipos de sujeiras

O tipo de vassoura mais recomendado para varrer partículas finas de poeira em superfícies lisas como as dos pisos ou encerados são as vassouras de cerdas mais curtas e macias. Na remoção de sujeira mais pesada (depois de uma festa, por exemplo), bem como de limpeza de pisos ásperos as vassouras de cerdas compridas e duras são mais indicadas. Existem modelos de vassouras cujas cerdas duras estão dispostas em um formato mais fino e angular, ideal para limpar cantos e embaixo dos móveis.
Há também a junção dos dois tipos de cerdas em um modelo só. Essas vassouras têm cerdas duras no meio, para retirar a sujeira pesada, e cerdas macias em suas extremidades, para tirar a poeira fina. É ótima para casas que possuem crianças.
As vassouras feitas de PET reciclado são mais leves, bastante resistentes, não riscam o chão e como acumulam carga estática, funcionam como imãs para poeira mais fina. Além disso, são ecologicamente corretas.
Outra vassoura amiga do meio ambiente é aquela que possui cerdas naturais, ideal para limpar áreas externas e calçadas.
 Aspirador de pó.

Melhor para limpar o chão: varrer ou passar aspirador de pó?

A vassoura possui a vantagem de ser silenciosa. Entretanto, ela não é muito eficiente para retirar cabelos e pelos de animais. Além disso, a poeira mais fina é levantada ao ar, depois essa poeira desce, e é aí que entra o pano de chão para finalizar a limpeza.
Os spiradores de pó devem substituir as vassouras se houver animais domésticos em casa, pois tornam a limpeza de pelos, cabelos e migalhas muito mais eficaz. Eles também são excelentes para limpar carpetes, cortinas, armários e sofás.
Em casas de fácil manutenção da limpeza, o uso do aspirador faz com que passar o pano de chão seja dispensável na maioria das vezes. Você pode restringir o uso do pano úmido a duas ou três vezes por semana.
 Esfregão e balde.

Melhor para limpar o chão: pano úmido ou esfregão (mop)?

Passar um pano de chão molhado é a garantia de que mesmo o pó mais fino levantado pela vassoura será retirado.
A vantagem de usar os esfregões (mop) em vez de usar rodo com pano de chão é que não é necessário agachar nem molhar as mãos para torcer o esfregão. Isso é feito no balde apropriado para esse tipo de esfregão, basta torcer o cabo pressionando um pouco.
Como já dito anteriormente, não é preciso exagerar no uso de produtos químicos para a limpeza do chão. Pode-se inclusive, utilizar uma mistura caseira bastante eficaz. Para cada litro de água, acrescente:
  • 4 colheres (de chá) de vinagre branco;
  • ½ limão;
  • 2 colheres (de chá) de bicarbonato;
  • 2 colheres (de chá) de amaciante de roupas (neutraliza o cheiro do vinagre).

    Otimize o tempo gasto com essas tarefas domésticas.

    Dicas para varrer e passar o pano de chão em sua casa
    Limpar a casa diariamente evita que o acúmulo de sujeira faça você perder horas de seu final de semana fazendo faxina. Para otimizar seu trabalho diário de varrer e passar um pano úmido no chão, siga as dicas a seguir.

    Dicas gerais para varrer e passar pano de chão em sua casa

     Avental com pregadores no bolso.
    Para manter a limpeza da sua casa, em espaços reduzidos é possível varrer e passar pano de chão em menos de meia hora. Para isso confeccione um avental com vários bolsos para que você possa colocar panos, esponjas e alguns produtos de limpeza. Assim, você já fica com tudo à mão.
    Tire o pó dos móveis depois de varrer para retirar a poeira levantada pela vassoura.
    Concentre-se em um cômodo por vez. Todos os objetos do chão devem ser retirados para facilitar o trabalho de varrer e passar pano. Para limpar os carpetes, varra contra o sentido das fibras e retire toda a poeira, depois varra ao contrário - seguindo o sentido das fibras - para deixá-lo mais bonito.
    Se preferir usar aspirador de pó no lugar da vassoura, escolha uma tomada que esteja no centro de sua casa para ligá-lo. Aspire o que alcançar dali, corredores, áreas comuns e o centro das salas. Isso diminui o tempo gasto com essa tarefa.
    Não exagere no uso de produtos químicos de limpeza. O efeito pode ser contrário, já que a química presente nesses produtos pode danificar seu piso. Se a limpeza de sua casa é feita com frequência, não há motivo para usar grandes quantidades de produtos de limpeza.
    Escolha um cômodo por semana para realizar uma limpeza mais completa. Assim você cria uma rotina constante de faxina e de manutenção ao mesmo tempo.
     Vassouras

    Diferentes tipos de vassouras para varrer diferentes tipos de sujeiras

    O tipo de vassoura mais recomendado para varrer partículas finas de poeira em superfícies lisas como as dos pisos ou encerados são as vassouras de cerdas mais curtas e macias. Na remoção de sujeira mais pesada (depois de uma festa, por exemplo), bem como de limpeza de pisos ásperos as vassouras de cerdas compridas e duras são mais indicadas. Existem modelos de vassouras cujas cerdas duras estão dispostas em um formato mais fino e angular, ideal para limpar cantos e embaixo dos móveis.
    Há também a junção dos dois tipos de cerdas em um modelo só. Essas vassouras têm cerdas duras no meio, para retirar a sujeira pesada, e cerdas macias em suas extremidades, para tirar a poeira fina. É ótima para casas que possuem crianças.
    As vassouras feitas de PET reciclado são mais leves, bastante resistentes, não riscam o chão e como acumulam carga estática, funcionam como imãs para poeira mais fina. Além disso, são ecologicamente corretas.
    Outra vassoura amiga do meio ambiente é aquela que possui cerdas naturais, ideal para limpar áreas externas e calçadas.
     Aspirador de pó.

    Melhor para limpar o chão: varrer ou passar aspirador de pó?

    A vassoura possui a vantagem de ser silenciosa. Entretanto, ela não é muito eficiente para retirar cabelos e pelos de animais. Além disso, a poeira mais fina é levantada ao ar, depois essa poeira desce, e é aí que entra o pano de chão para finalizar a limpeza.
    Os spiradores de pó devem substituir as vassouras se houver animais domésticos em casa, pois tornam a limpeza de pelos, cabelos e migalhas muito mais eficaz. Eles também são excelentes para limpar carpetes, cortinas, armários e sofás.
    Em casas de fácil manutenção da limpeza, o uso do aspirador faz com que passar o pano de chão seja dispensável na maioria das vezes. Você pode restringir o uso do pano úmido a duas ou três vezes por semana.
     Esfregão e balde.

    Melhor para limpar o chão: pano úmido ou esfregão (mop)?

    Passar um pano de chão molhado é a garantia de que mesmo o pó mais fino levantado pela vassoura será retirado.
    A vantagem de usar os esfregões (mop) em vez de usar rodo com pano de chão é que não é necessário agachar nem molhar as mãos para torcer o esfregão. Isso é feito no balde apropriado para esse tipo de esfregão, basta torcer o cabo pressionando um pouco.
    Como já dito anteriormente, não é preciso exagerar no uso de produtos químicos para a limpeza do chão. Pode-se inclusive, utilizar uma mistura caseira bastante eficaz. Para cada litro de água, acrescente:
  • 4 colheres (de chá) de vinagre branco;
  • ½ limão;
  • 2 colheres (de chá) de bicarbonato;
  • 2 colheres (de chá) de amaciante de roupas (neutraliza o cheiro do vinagre)  
Depois de limpar a casa é hora de guardar os utensílios.

Fonte:// Bebel Ferreira

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Como os sistemas centrais de aspiração de pó fazem a limpeza

Uma das maiores vantagens dos sistemas centrais de aspiração é que você não precisa carregar uma unidade pesada de um cômodo para o outro ou subir e descer escadas com ela. Os sistemas centrais de aspiração de pó são projetados para remover toda a sujeira e detritos de sua casa e enviá-los por meio de uma tubulação instalada nas paredes até um receptáculo em um local adequado, como a garagem ou o porão. Com os sistemas centrais, basta transportar uma mangueira leve e a escova giratória pela casa. A unidade central de força é fixa e não fica à vista.



O Dustpan automático é uma abertura na parede que suga o pó em sua volta.
Com um sistema central de aspiração de pó, basta posicionar terminais pela casa em locais estratégicos. Em vez de ligar um aspirador de pó portátil em certas tomadas elétricas e torcer para que o fio alcance todos os ambientes, você pode mudar a mangueira do sistema central de um terminal para outro. A localização dos terminais é você quem determina. Também é possível até instalar um "dustpan automático" (tipo de "pá de lixo" que opera por sucção) e, com uma vassoura comum,  varrer rapidamente a sujeira para dentro de uma abertura na parede. Se você decidir instalar um sistema central de aspiração de pó na sua casa, prepare-se para algumas mudanças.
Primeiro, a unidade central de energia será posicionada em um lugar afastado, como o porão, a garagem ou a área de serviço. Depois, os terminais de entrada das paredes serão instaladas em vários locais por toda a casa. Os terminais serão conectados à unidade central por meio de uma tubulação. A tubulação poderá passar pelo sótão, porão ou pelo sistema de ar condicionado da casa.
Em outras palavras, a tubulação que transporta a sujeira que você aspira fica atrás de suas paredes. Você só vê a sujeira quando precisa esvaziar o receptáculo do sistema central de aspiração de pó.



Unidade central do Dirt Devil
Após escolher a localização da unidade de força/receptáculo, você precisa definir onde deseja que sejam instalados os terminais nas paredes. Nesses terminais, você vai conectar a mangueira e a "escova giratória" que serão usadas para limpar a casa. A quantidade de terminais instalados na casa vai depender de suas necessidades. Por exemplo, os terminais podem ser definidas com base no número de metros quadrados. Geralmente, um terminal é instalado para cada 55 metros quadrados da casa. Se a sua casa tem mais de um andar, você precisará de um terminal por andar, no mínimo. Se optar por uma instalação profissional, o instalador pode ajudá-lo a determinar o melhor posicionamento para dos terminais. Depois da instalação, o sistema é usado conectando-se a leve mangueira e a escova giratória em um terminal da parede. Na maioria dos sistemas, o botão de liga-desliga está localizado na alça da mangueira para que você possa controlar o sistema à distância. Ou seja, você não precisa se deslocar até a unidade central para ligar o sistema. Basta conectar a unidade da mangueira na entrada e começar a limpar. Então, o sistema transporta a sujeira, pó e detritos para fora do cômodo através da tubulação embutida na parede até a unidade central, na qual são depositados em um recipiente ou saco. Eles precisam ser esvaziados de três em três meses, em média.

Fonte:// Allison Klein

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Aspirador de pó em forma de cachorro busca sujeira sozinho

O robô é composto por uma unidade mãe e mais quatro filhotes aspiradores, seu time de limpeza

Redação Galileu

Editora Globo
Imagine vários cachorrinhos correndo pela casa, caçando e limpando a poeira do chão. Hyun-Seok Kim, designer sul-coreano que mora na Itália, desenvolveu um aspirador de pó que imita exatamente esta imagem. O Puppy Robotic é composto por quatro pequenos aspiradores e uma unidade maior, a “mãe”, todos em forma de cachorro.

No Cleaning Mode, os filhotes se despedem da base e saem pela casa limpando. Quando você ativa o Feeding Mode, eles voltam para a unidade mãe, despejam o lixo nela e recarregam sua bateria. Na base, todo o lixo é recolhido em um saco facilmente removível. Um display no robô permite que você em qual modo eles estão operando e que os programe para limpar a casa enquanto estiver fora.

>> Laptop do futuro deve ter tela dobrável
>> Alemães constroem 'robô-aranha'

É possível ativar também o Chasing Mode. Este faz os aspiradores seguirem um dispositivo que, se você o coloca no bolso, por exemplo, os cachorrinhos limpam toda a sujeira que seu sapato está fazendo. Caso você acople na coleira de seu bicho de estimação de verdade, o Puppy Robotic cuida de limpar as marcas das patinhas no chão.
   Divulgação
A unidade mãe e os quatro filhotes aspiradores, ativados no modo Cleaning
   Divulgação
O aspirador no Chasing Mode, seguindo o dispositivo preso à coleira de um cachorro de verdade

Fonte://  Revista Galileu
 
 
 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Conheça as Maravilhas Que um Aspirador de Pó Pode Fazer Por Você

Ahh, aspiradores de pó! É sem dúvidas que digo que as donas de casa e as domésticas adoram um aspirador de pó (desculpem mulheres)! É verdade, é como um brinquedo para elas, um brinquedo que lhes facilita e muito o trabalho de manter uma casa bem arrumada e limpa, livre de detritos e poeira. Pra falar a verdade, essa é uma ferramenta unicamente indispensável para se manter o ambiente da casa limpo e saudável a respiração.
Todos os dias os índices de pessoas portadores de algum tipo de dificuldade respiratória aumenta alarmantemente. Esse sintoma tem causa em diversos fatores diferentes, inclusive no aquecimento global. Você pode não acreditar, mas a cada ano que passa a temperatura aumenta consideravelmente e quanto mais calor, mais vento, quanto mais vento, mais seco o ar. Além disso, a poluição do ar facilita esse processo de desenvolvimento de reações alérgicas e problemas nas vias respiratórias. Com toneladas de fuligem sendo jogadas no ar que respiramos todos os dias, difícil é evitar algum tipo de alergia ou problema respiratório. Além disso, levamos sempre essas partículas miseráveis para dentro de nossas casas, que continuam nos causando males mesmo quando estamos longe dos maiores focos de poluição.

O papel da limpeza é exatamente remover todas as partículas problemáticas de dentro de nossas casas. Quem deixa de varrer a casa por mais de uma semana sabe a diferença que faz no ar uma boa limpeza. Esse ponto é indiscutível, a higiene no lar pode trazer grandes benefícios para saúde respiratória, nada mais justo do que ter um aliado como o aspirador de pó para ajudar as donas de casa e empregadas na luta diária para manter sua casa limpa. O aspirador de pó é tão importante que, além de ser muito popular, vem em formatos e dimensões que agradam até os mais enjoados.
Temos diversas variantes, desde os aspiradores desenvolvidos para acabar com a sujeira pesada de obras e construções (aspiradores de pó industriais) até aqueles feitos com o intuito de facilitar seu manuseio e todo o resto do trabalho (aspiradores de pó portáteis), porém o modelo mais comum de todos e o mais usado ainda é o aspirador de pó convencional, que possui potência de sobra para acabar com os problemas de sujeira de uma residência comum. Além desses, existem ainda modelos que podem lidar com líquidos e que facilitam a limpeza de pequenas sujeiras que podem ocorrer em pisos com revestimento em azulejo ou piso laminado. Outro ainda é conhecido como lavadora extratora, que pode literalmente lavar sofás, tapetes e carpetes sem fazer uma poça sequer de água e sem deixar o estofado úmido demais.
E cada dia surge novos modelos, alguns até automatizados, como o famoso robô aspirador de pó que caça as pequenas sujeiras 24 horas por dia e que faz seu trabalho silenciosamente, sem a necessidade de um único comando! Este, porém ainda pouco acessível, necessita de baterias e de recargas constantes para continuar a fazer seu trabalho.
O ponto chave é que os aspiradores de pó são, hoje, uma ferramenta muito importante e por isso ganham tanto destaque no seu desenvolvimento. Quer mais provas de sua praticidade? Pergunte a qualquer dona de casa ou doméstica se elas trocariam suas vassouras por um aspirador de pó!

Fonte:// http://www.artigonal.com/ferramentas-artigos/conheca-as-maravilhas-que-um-aspirador-de-po-pode-fazer-por-voce-5680268.html

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Como remover mofo de um sofá de microfibra utilizando um Aspirador

  1. 1
    Leve o sofá para fora de casa, se possível. Caso não seja uma opção, coloque jornais ou folhas de plástico para aparar o resíduo de mofo.
  2. 2
    Vista a máscara, as luvas e os óculos de proteção. Os esporos do mofo podem causar problemas de saúde, então certifique-se de se proteger.
  3. 3
    Utilize a escova para raspar, gentilmente, o máximo de mofo que conseguir. Uma escova de náilon deve funcionar; mas tenha cuidado para não usar uma escova que seja muito dura, pois elas podem danificar o tecido.
  4. 4
    Aspire a área com o aspirador de pó para tirar mais esporos de mofo. Jogue fora a sacola ou esvazie o recipiente do aspirador o mais rápido possível. Quanto mais rápido o mofo for retirado da sua casa, melhor.
  5. 5
    Seque o sofá na rua, permitindo que o ar seque naturalmente, ou coloque um ventilador perto dele, para que o ar circule pela sala.
  6. 6
    Inspecione visualmente a área e fique atento para qualquer sinal de resíduo do mofo ou manchas. Às vezes, o sol mata o mofo por conta própria.
  7. 7
    Misture partes iguais de água e álcool isopropílico e mergulhe um pano limpo para retirar os resíduos de mofo e as manchas.
  8. 8
    Esfregue a área com o pano até que não haja mais sinais do mofo.
  9. 9
    Novamente, permita que o sofá seque ao vento ou coloque o ventilador perto para ajudar a secar mais rápido. 

    Fonte://

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Aspirador Ciclone

Produto: Ciclone
Click image to open!

Dados Técnicos
Itens Técnicos
Qtde. Motores 2
Tensão 220V
Potência 2400 W
Vácuo 22 kPa
2200 mmH2O
Aspiração 340 m³/h
Ruído 70 dB
Reservatório 62 litros
Dimensões 66x55x120 cm
Peso 33,5 Kg






Aspirador industrial que possui exclusivo sistema de filtragem permitindo assim a aspiração de poeiras finas,que em outros aspiradores entopem os filtros e danificam os motores. Equipamento de alta potência, garantida pelo uso de dois motores e também de grande capacidade. Ideal para: Poeiras finas, líquidos abrasivos, construção civil (cimentos, cal), etc - Sólidos e líquidos.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Como comprar o melhor aspirador de pó


Mulheres a limpar a casa
O aspirador de pó é um eletrodoméstico de extrema utilidade para se ter em casa e para manter o lar sempre limpo e confortável. Saibam como comprar o melhor aspirador de pó e aprendam a fazer um bom investimento.

A compra de um aspirador de pó

O aspirador de pó é um dos eletrodomésticos fundamentais para manter uma casa limpa e arrumada. Atualmente, o mercado dos aspiradores de pó é muito diversificado, com modelos para todos os gostos (dos mais simples aos mais modernos), mas isso não significa que os aspiradores mais evoluídos ou mais recentes limpem melhor do que os restantes.
A compra de um aspirador de pó pode ser feita em função de várias opções como por exemplo: o tipo de aspirador, as opções de limpeza que oferece, a potência, a marca do equipamento, entre outros fatores. As principais marcas de aspiradores de pó são: AEG, Bosch, Eureka, Hoover, LG, Philips, Rowenta, Siemens, Taurus, Ufesa e Zanussi.

Aspiradores verticais vs aspiradores cilíndricos

Antes de comprarem um aspirador de pó, é necessário decidir qual dos modelos, verticais ou cilíndricos, é o mais apropriado para as vossas necessidades. Os aspiradores de pó verticais são os mais populares, fáceis de usar e são os ideais para quem pretende aspirar tapetes e carpetes. No entanto, os aspiradores cilíndricos são geralmente mais baratos e ocupam menos espaço.

As principais vantagens dos aspiradores verticais

Os aspiradores verticais apresentam as vantagens seguintes:
  • Geralmente, são mais fáceis de usar e de controlar
  • São mais fáceis de arrumar
  • Têm escovas específicas que ajudam a remover a sujidade dos tapetes e das carpetes de uma forma eficaz
  • São os ideais para a limpeza de grandes áreas

As principais desvantagens dos aspiradores verticais

As grandes desvantagens dos aspiradores verticais são o seu peso (alguns equipamentos pesam mais de 10 quilos), o que dificulta o seu transporte e manuseamento. Por outro lado, é de realçar que estes modelos tendem a ser mais ruidosos que os demais.

As principais vantagens dos aspiradores cilíndricos

Os aspiradores cilíndricos têm as vantagens seguintes:
  • Tendem a ser mais leves e ocupam menos espaço
  • São os ideais para limpar assoalhadas, cortinas, estofados e por baixo dos móveis
  • São pouco ruidosos, fáceis de manusear e aspiram corretamente os cantos de todas as divisões da casa.

As principais desvantagens dos aspiradores cilíndricos

As maiores desvantagens dos aspiradores cilíndricos estão relacionadas com o facto de exigirem um maior nível de potência do motor e pela dificuldade em arrumar a mangueira de aspiração.

Outros tipos de aspiradores de pó

Apesar da maioria dos aspiradores de pó serem cilíndricos ou verticais, existem outros modelos específicos. Dos mais importantes, destacam-se os três seguintes:

1. Aspiradores centrais

Os aspiradores centrais são muito convenientes, mas também muito caros e exigem instalação profissional. São fáceis de utilizar, pois basta usar a mangueira e a base de aspiração, não fazem ruído e não precisam de ser esvaziados com regularidade. No entanto, a mangueira de aspiração pode ter até 10 metros de comprimento e isso dificulta a sua arrumação.

2. Aspiradores pequenos

Os aspiradores pequenos, como os aspiradores de mão, são os ideais para serem usados na limpeza do automóvel ou da cozinha no final de cada refeição. Também são muito úteis para limpar pequenas superfícies e tapetes de pelo curto. Porém, falta-lhes o poder e a capacidade dos modelos de tamanho real.

3. Aspiradores automáticos

Os aspiradores automáticos são o sonho de qualquer pessoa, pois fazem todo o trabalho de limpeza sozinhos, o que facilita a realização das tarefas domésticas. No entanto, estes aparelhos são muito dispendiosos e ainda têm poucas aplicações práticas. Por outro lado, também demoram mais tempo a ser programados para aspirar as divisões corretamente e deixam alguns espaços por limpar, nomeadamente os cantos.

4. Aspiradores de saco

Os aspiradores de saco permitem capturar todo o pó de uma forma rápida e eficiente. A sua utilização é aconselhável para as pessoas alérgicas ou sensíveis ao pó, pois basta deitarem o saco ao lixo para não contactarem diretamente com o pó. Normalmente, os aspiradores de saco têm uma potência entre os 800 e mais de 2000 watts e aspiram eficazmente o pó das alcatifas e dos tapetes, pois possuem um elevado débito de ar. Também é de realçar que estes equipamentos costumam ter um isolamento acústico ou uma opção de silêncio que diminui consideravelmente o ruído provocado pelo aspirador.
Este tipo de aspirador apresenta um ótimo desempenho com sacos sintéticos, em vez dos tradicionais sacos de papel, uma vez que estes são laváveis, não entopem com tanta facilidade e o ar circula melhor, sendo mais ecológicos e económicos. O saco de aspiração deve ser substituído quando atinge dois terços da sua capacidade máxima e essa é uma informação visível no indicador luminoso do aspirador ou quando ele começa a perder a sua potência de sucção. A sua maior desvantagem está relacionada com a sua manutenção, pois os sacos precisam de ser mudados com regularidade.

5. Aspirador sem saco

Os aspiradores sem saco, como o próprio nome indica, não utilizam sacos de aspiração, mas antes um depósito específico onde é acumulado todo o pó aspirado. Este tipo de aspirador é muito prático e eficiente e para manter uma elevada potência de aspiração, é necessário que o conteúdo do seu reservatório seja esvaziado com regularidade.
Um dos elementos mais importantes deste tipo de aspirador é o seu filtro, pois o pó não fica armazenado num saco de aspiração. Optem, sobretudo as pessoas asmáticas e alérgicas, por um filtro certificado HEPA lavável para capturar 99,97% do pó e dos alergénios e para restituir a pureza do ar. Por norma, os aspiradores sem saco têm uma potência entre os 1600 e mais de 2000 watts e adaptam-se a vários tipos de piso e de pó. Para obterem a máxima potência deste tipo de aspirador, devem dedicar especial atenção à sua escova e cabeça de aspiração. Os filamentos da escova devem ser laterais e as ranhuras da cabeça devem ser estreitas para manter uma excelente potência de aspiração. Por outro lado, também é de destacar que os aspiradores sem saco têm escovas especiais para remover os pelos dos animais de estimação que, normalmente, se encontram nos tapetes e nas carpetes de casa.

6. Aspiradores a vapor

Os aspiradores a vapor são uma excelente opção para a limpeza dos tapetes e das carpetes de uma casa, mas também limpam corretamente as suas assoalhadas, vidros e azulejos. Este tipo de aspirador funciona apenas com água e não precisa de qualquer tipo de detergente. A água é aquecida a uma temperatura entre os 230 e os 260 graus centígrados, o que leva à produção de vapor. Trata-se de um equipamento leve, ergonómico e ecológico, que precisa de apenas alguns segundos para aquecer e começar a ser utilizado. Este tipo de aspiradores necessita de uma potência mínima de 3 bars para uma limpeza eficaz e, geralmente, vem com um filtro HEPA para a restituição do ar puro.

Aspetos a ter em conta na compra de um aspirador de pó

Para escolherem o melhor aspirador de pó, é necessário considerar os aspetos seguintes:
  • Experimentem o aspirador pretendido e certifiquem-se de que os acessórios são fáceis de serem utilizados. Só assim conseguirão verificar se o aspirador de pó funciona corretamente.
  • Avaliem o barulho que o aspirador de pó faz. Existem modelos que produzem mais de 85 decibéis e este é o nível de ruído máximo permitido por lei. Testem os aspiradores com tanque, uma vez que estes tendem a ser menos ruidosos que os demais.
  • Observem se o aspirador de pó vem com os acessórios mais apropriados, isto é, se o saco do pó e os filtros são os mais adequados. Os filtros normais duram o tempo de vida do aspirador de pó e não precisam de ser alterados. Por outro lado, os filtros de carvão são particularmente úteis se tiverem animais de estimação, uma vez que incluem uma camada de carvão extra para remover maus odores da casa.
  • Escolham os sacos de pó sintéticos, uma vez que estes são laváveis, não entopem, são ecológicos e mais económicos do que os sacos de papel.
  • Confiram a capacidade do aspirador de pó, o ideal é que ele tenha entre 4 e 6 litros. Quanto maior for a sua capacidade, menos tempo se gasta na muda do saco do pó.
  • Examinem os recursos que possam atender às suas necessidades, como o sistema HEPA (high efficiency particular air – filtro de partículas aéreas de alta eficiência) para ter uma casa à prova de alergias, para reter o pólen e os ácaros e manter o ar puro. Quanto mais elevado for o número da norma, mais recente é o filtro e melhor obedece a critérios rigorosos.
  • Analisem todas as características do aspirador. As principais são: os acessórios extra de limpeza, o alcance da sucção, o saco do pó, o ajuste de altura para carpetes, os filtros do pó, o acessório para aspirar cantos, o indicador de enchimento do recipiente, o auto propulsor, o controlo da potência de sucção, entre outros.
  • Optem por um cabo com 6 metros de comprimento. Assim, não precisarão de desligar constantemente o seu aspirador para o ligar a uma ficha elétrica mais próxima.
  • Atentem aos extras que o aspirador de pó oferece. Os tubos de extensão telescópica, as escovas e as mangueiras de limpeza das escadas são particularmente úteis.
    Fonte:http://anossavida.pt/artigos/como-comprar-melhor-aspirador-po