segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Estudo mostra que aspiradores podem auxiliar no combate ao mosquito da dengue

s aspiradores de mosquitos podem ser uma ferramenta auxiliar no monitoramento do aedes aegypti, o transmissor da dengue? Um trabalho desenvolvido no mestrado profissional em Saúde Pública da Fiocruz Pernambuco aponta que sim. A autora, a bióloga e supervisora de vigilância entomológica do Centro de Vigilância Ambiental do Recife, Vânia Nunes, avaliou o uso desses aparelhos no monitoramento da densidade populacional do aedes, em áreas endêmicas do Recife. 
A pesquisa foi realizada no período de um ano, em duas áreas do bairro de Nova Descoberta, na Zona Norte da cidade. O local foi escolhido por possuir altos índices de infestação, com recorrentes notificações de casos da doença, e uma rede estruturada de ovitrampas (armadilhas, também desenvolvidas pela Fiocruz Pernambuco, para coleta de ovos de mosquito), implantada desde 2009. As duas áreas têm a mesma dimensão, 0,3 km2, porém na área 1 foram selecionados 50 imóveis e, na 2, um total de 25. A cada mês, as residências pesquisadas tiveram todos os cômodos aspirados durante 15 minutos, por três dias consecutivos, sempre no começo da manhã. No total, foram coletados 2.133 mosquitos aedes, sendo 1.230 fêmeas - as responsáveis pela transmissão da doença. Proporcionalmente, a área com menos imóveis apresentou maior infestação que a área com mais imóveis. Nesta última, foram realizadas 600 aspirações, sendo 284 (47%) positivas para A. aegypti, enquanto a área 2 recebeu 300 aspirações, com positividade em 180 (61%).  Embora não fossem objetos da pesquisa, a aspiração permitiu coletar também 11.564 exemplares de culex quinquefasciatus, mosquito de grande importância epidemiológica por ser o transmissor do parasita causador da filariose linfática.
Aspiradores usados estavam ociosos
Os números de mosquitos coletados revelam a importância do aspirador no controle das doenças causadas por esses vetores. No caso do aedes, a fêmea infectada permanece transmitindo o vírus da dengue ao longo de todo o seu ciclo de vida, que dura em torno de 45 dias. “Trata-se de um vetor complexo de controlar”, explica a orientadora do trabalho e pesquisadora da Fiocruz Pernambuco, Cláudia Fontes. “São indivíduos muito estratégicos, com um poder de adaptação muito grande, que estão desafiando a nossa inteligência, em todos os aspectos. Cada nova técnica adotada no monitoramento ajuda a conhecer mais sobre o mosquito e na adoção de estratégias de controle”, afirmou.
A ideia de desenvolver essa pesquisa, no mestrado profissional, surgiu a partir da constatação que os aspiradores de mosquito recebidos pela Prefeitura do Recife, em 2007, para coleta do culex, ficavam ociosos por longos períodos. “Como não se trata de coleta contínua, esses equipamentos ficavam guardados. Daí a idéia de utilizá-los também para a captura do Aedes”, explicou Vânia. “O mestrado profissional traz para você esta responsabilidade, que o resultado final seja utilizado, se torne uma coisa útil”.
A partir desses dados, Vânia considerou bem sucedida a ideia de fomentar o aspirador como mais um instrumento de monitoramento, que atua na fase adulta do mosquito aedes. “Trata-se de uma ferramenta ambientalmente limpa, que pode vir a reduzir o uso dos inseticidas”, acredita a bióloga. “Em vigilância ambiental um só método não resolve. Se for possível acompanhar mais fases da vida do inseto é melhor”, ponderou.
Fonte://portal.fiocruz

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

A origem do aspirador

A ideia de criar um sistema que ajudasse a eliminar o pó e sujidade das nossas casas remonta ao século XIX.
Mas os primeiros conceitos para esse objectivo não foram os mais adequados, pois os primeiros aparelhos funcionavam ao contrário dos actuais, soprando o lixo em vez de o aspirar, o que resultava em que o pó e a sujidade fossem apenas mudados de sítio e não eliminados.
Para além deste grande handicap, o sistema era manual, só funcionando com a participação de duas pessoas, uma para bombear o ar e outra para apontar o tubo na direcção certa. Mesmo que se conseguisse substituir uma das pessoas por um sistema a motor o resultado alcançado seria igual, pois o modo de funcionamento do aparelho continuava a ser o de soprar a sujidade.
Só chegado o ano de 1869 é que o inventor americano Ives McGaffey registou a patente do que pode ser considerado o primeiro aspirador da história, apesar do seu funcionamento ainda ser bastante rudimentar. O aparelho, construído em madeira e lona, funcionava de forma manual através da acção de uma manivela que bombeava o pó para dentro de um pequeno recipiente. Este aparelho foi baptizado como “Whirlwind” e era vendido, na época, por 25 dólares.
Só em 1901 é que aparece o primeiro aparelho que criava vácuo. O seu criador foi o engenheiro inglês Hubert Cecil Booth que após ter visto uma demonstração de um aparelho que soprava o pó para dentro de um recipiente, chegou à conclusão de que seria muito mais eficaz criar um sistema que aspirasse a sujidade directamente.
Booth desenvolveu um aparelho a que chamou de “Puffing Billy” e que inicialmente funcionava com um motor a óleo. O seu funcionamento baseava-se apenas na sucção criada por uma bomba de êmbolo através de longos tubos com bocais nas suas extremidades. O aparelho possuía também um filtro de pano e os resíduos eram depositados numa embalagem fechada. As patentes desta invenção foram concedidas a Booth em Fevereiro e Agosto de 1901.
Este aspirador era de grandes dimensões, sendo necessário ser transportado por uma carroça a cavalos, o que impedia a sua comercialização a nível doméstico. Talvez por isso Booth tenha criado uma empresa de limpeza que ia a casa dos seus clientes. O aparelho ficava no exterior em cima da carroça e era passado um extenso tubo flexível pelas janelas das habitações de forma a se efectuar a limpeza do seu interior.
Aspirador “Puffing Billy” de 1901
Quando a electricidade se tornou mais comum nos lares, Booth inventou um motor eléctrico para o vácuo que era bem mais pequeno e eficaz do que o anterior. Em 1926 iniciou a comercialização deste modelo, chamado “Goblin”, que já tinha rolos de cerdas para ajudarem a desprender a sujidade.
Desde então todos os aspiradores seguintes usaram o conceito de Booth modernizando os aparelhos e tornando-os mais funcionais. A ideia base manteve-se sempre a mesma, com a caixa a incluir o sistema de vácuo, o filtro de pó e o receptor de detritos.
A Hoover criou uma máquina provida de um cabo com um saco de lixo fixado e com rodas. Já a Electrolux incluiu o saco numa caixa provida também de rodas e de grande maleabilidade.
Em finais da década de 60 surgiu o aspirador de mão, leve e prático, ideal para pequenas operações de limpeza.
Actualmente todas as casas estão equipadas com pelo menos um destes electrodomésticos ou, as mais modernas, com um sistema de aspiração central, que dispensa o aparelho mas que mantêm exactamente o mesmo conceito de funcionamento.
Curiosidades:
- O aparelho de Ives McGaffey apenas foi vendido em Chicago e Boston, existindo actualmente apenas dois exemplares, estando um deles no Museu Histórico de Hoover.
- Hubert Cecil Booth testou a sua teoria de aspiração da sujidade de uma forma original. Pousou um lenço em cima de uma cadeira que estava coberta de pó e encostou a sua boca à parte de cima do lenço aspirando ar através do mesmo várias vezes. Quando levantou o lenço e viu o pó preso da parte de baixo do mesmo, percebeu que a sua ideia funcionava.
Fonte://origemdascoisas.com

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Com o aspirador de pó como limpar paredes e tetos


O aspirador de pó esta presente na limpeza de parede e tetos

Evite o acúmulo de poeira e sujeira fazendo uma limpeza periódica nestes locais para deixar os cômodos como novos Como limpar paredes e tetos Evite o acúmulo de poeira e sujeira fazendo uma limpeza periódica nestes locais para deixar os cômodos como novos como limpar tetos paredes Como limpar paredes e tetos Para que a faxina da casa fique completa, é preciso lembrar de limpar o teto e as paredes de cada cômodo. Muita gente se esquece de que estes espaços também acumulam poeira, sujeira e até mesmo teias de aranha. Para fazer a limpeza de forma correta e usando os produtos adequados, de acordo com o tipo de revestimento e acabamento do local, siga algumas dicas úteis. Paredes A sujeira costuma ficar mais visível nas paredes através de marcas de mãos, arranhões ou por poeira acumulada. E para mantê-las sempre em dia, é preciso usar alguns truques. Paredes de tijolo podem ser limpas com maior facilidade e requerem pouca atenção. Basta apenas uma esponja macia com um pouco de produto limpador de uso geral ou até mesmo água quente para deixá-las limpa outra vez. Mas atenção: é necessário se certificar antes se a parede é lavável. Faça o teste em uma pequena área para ver se o produto não irá danificar a pintura da parede. Para dar início à limpeza da parede, retire as teias de aranha, poeira ou qualquer tipo de sujeira acumulada nos cantos usando o aspirador de pó. Com uma esponja macia e um produto limpador de uso geral, lave a parede sempre fazendo movimentos de baixo para cima para evitar manchas de listras na superfície. Espelhos e quadros instalados na parede devem ser retirados e limpos. Com um pano ou uma escova de cerdas macias, retire o acúmulo de pó tanto na parte da frente como na de trás do objeto. Em seguida, limpe a área da parede. Como limpar paredes e tetos Evite o acúmulo de poeira e sujeira fazendo uma limpeza periódica nestes locais para deixar os cômodos como novos Por Alessandra Busko Atualizado em 23/10/2012 10:13 como limpar tetos paredes Como limpar paredes e tetos Para que a faxina da casa fique completa, é preciso lembrar de limpar o teto e as paredes de cada cômodo. Muita gente se esquece de que estes espaços também acumulam poeira, sujeira e até mesmo teias de aranha. Para fazer a limpeza de forma correta e usando os produtos adequados, de acordo com o tipo de revestimento e acabamento do local, siga algumas dicas úteis. Paredes A sujeira costuma ficar mais visível nas paredes através de marcas de mãos, arranhões ou por poeira acumulada. E para mantê-las sempre em dia, é preciso usar alguns truques. Paredes de tijolo podem ser limpas com maior facilidade e requerem pouca atenção. Basta apenas uma esponja macia com um pouco de produto limpador de uso geral ou até mesmo água quente para deixá-las limpa outra vez. Mas atenção: é necessário se certificar antes se a parede é lavável. Faça o teste em uma pequena área para ver se o produto não irá danificar a pintura da parede. Para dar início à limpeza da parede, retire as teias de aranha, poeira ou qualquer tipo de sujeira acumulada nos cantos usando o aspirador de pó. Com uma esponja macia e um produto limpador de uso geral, lave a parede sempre fazendo movimentos de baixo para cima para evitar manchas de listras na superfície. Espelhos e quadros instalados na parede devem ser retirados e limpos. Com um pano ou uma escova de cerdas macias, retire o acúmulo de pó tanto na parte da frente como na de trás do objeto. Em seguida, limpe a área da parede. Para retirar fitas adesivas sem deixar marcas na parede, é preciso usar o ferro quente na hora da remoção. Coloque um pedaço de tecido em cima da fita adesiva que pretende retirar, pressione o ferro por alguns minutos até que cola do verso amoleça e a fita se solte da parede. Depois de remover o adesivo, tire o que ficou acumulado na parede utilizando limpador abrasivo, mas sem esfregar com muita força para não danificar. Parede com revestimentos Decorativo: Os revestimentos autoadesivos geralmente são resistentes a gordura e manchas, pois são confeccionados com material de vinil. Por isso, não é preciso muito esforço na hora da limpeza da parede. Use uma esponja umedecida em um produto de uso geral, aplique sobre toda a superfície e finalize usando um pano seco e macio. Metal: Assim como as paredes com revestimento autoadesivo, para limpar o revestimento de metal basta usar uma esponja macia por toda a superfície e em seguida passar pano seco e macio, para garantir brilho. Espelho: Revestimentos de espelhos devem ser limpos da mesma maneira que os espelhos de parede. Basta adicionar um produto limpador específico para vidro em um papel toalha ou até mesmo usar folhas de jornal. Faça movimentos circulares suaves até retirar todas as manchas. Com outra folha de papel, repita o procedimento para garantir a limpeza com sucesso. Madeiramento: O madeiramento, conjunto das portas de madeira, ficam nas bordas das paredes e também necessitam de uma limpeza frequente. Retire a poeira acumulada e sujeiras que se encontram no canto do madeiramento, sempre com ajuda de um aspirador de pó ou pano seco, em seguida, com um pano limpo faça a limpeza com um produto específico limpador de madeira ou polimento. Nunca use produtos à base de água em madeira natural ou até mesmo pintada, prefira sempre produtos à base de óleo ou cera que são indicados para esse tipo de material. Tetos Os tetos pintados são laváveis, por isso não correm o risco de ficar danificados na hora da limpeza, mas para demais tipos com acabamentos e revestimentos diferentes, existem algumas exceções. Para fazer a limpeza de teto pintado, é simples. Faça uma mistura de 1/2 copo de vinagre, 1 copo de amônia, 1/4 copo de bicarbonato de sódio e 3,5 litros de água quente em um balde. Em seguida, proteja as mãos com luvas de borracha para evitar alergias e deixe o local sempre bem arejado para não inalar o cheiro forte da solução. Umedeça um esfregão na mistura e aplique no teto sem deixar que pingos escorram pela parede. Teto com revestimentos Teto com acabamento acústico: O teto com acabamento acústico (que absorve o som) não pode ser limpo com produtos químicos e muito menos misturas a base de água. Para fazer a limpeza deste tipo de teto, basta retirar toda a sujeira com a ajuda do aspirador de pó. Caso o teto esteja muito sujo, é preciso limpá-lo usando o acoplamento de uma escova com cerdas macias no aspirador e fazer movimentos leves para evitar danos. Estuque: Os tetos que possuem decoração em estuque não podem ser limpos com soluções líquidas, já que a superfície não é pintada e tem textura profunda. Para manter o revestimento em estuque sempre limpo, a melhor maneira é usar um aspirador com escova, sempre com cuidado para não danificar o local. Vinil: Limpe o teto de vinil usando apenas produtos de uso geral e um esfregão ou esponja macia. Não laváveis: Os revestimentos do teto não laváveis devem ser limpos com produtos específicos, que podem ser encontrados em lojas de material de construção. Em casos extremos, o ideal é recorrer a uma pintura no local. Fonte://dicasdemulher

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Alergias respiratórias. Predisposição genética e grau de contato com agentes causadores determinam níveis de patologia

A genética e fatores ambientais e climáticos são os principais causadores das patologias respiratórias. Asma, rinite e sinusite são as mais comuns. A exposição excessiva aos ácaros da poeira doméstica, mofos, poluentes particulados (fumaça de caminhão, fábricas), tabaco e pêlos de animais são os principais desencadeadores dessas doenças. A presença deles dentro das residências chega a ser até 100 vezes mais contaminado do que o ar externo. O que determina um maior ou menor grau de alergia é a predisposição genética e o grau de contato com os inúmeros alérgenos citados acima. Segundo explica Carlos Alberto Rodrigues Silva, diretor do Departamento de Alergia da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), se o pai ou a mãe tem alergia, a chance de transmiti-la ao filho varia entre 30% e 50%. Se ambos são alérgicos, a probabilidade chega a 80%. O inverno e o tempo seco aumentam a incidência de problemas respiratórios. A baixa umidade do ar prejudica a lubrificação do nariz, favorecendo a manifestação das alergias. Além disso, nesta estação, as pessoas ficam mais tempo em ambientes fechados, locais que são mais contaminados. É nesta época que aquelas roupas que estão guardadas há tempos no armário são retiradas, levantando poeira e contaminação. Algumas atitudes simples podem contribuir para manter o ambiente saudável, conforme ensina Raphael Matias, diretor da Airfree. “Ao lavar as roupas de cama, procure fazê-lo com água quente (acima de 55ºC) a cada sete dias, a fim de eliminar os ácaros. Se possível, use capas antiácaros nos colchões e travesseiros e evite travesseiros e edredom de penas. Caso haja mofo, aplique solução de uma parte de cloro para quatro partes de água para limpeza. Não misture produtos à base de cloro com produtos à base de amônia. A mistura libera gases tóxicos. Limpe todas as manchas de mofo que verificar. Se o material for muito poroso e não puder ser totalmente limpo, descarte-o. Espere que as superfícies estejam totalmente secas antes de voltar a dispor objetos sobre elas”, explica. Usar exaustores em cozinhas e banheiros é outra boa pedida. Essa medida diminui a umidade e evita a instalação de germes. Fazer a limpeza regular de sistemas de ar-condicionado e desumidificadores é fundamental, pois esses aparelhos acumulam umidade ou sujeiras internamente, levando ao aparecimento de fungos e bactérias. Quando ocorrerem danos causados por água, como no caso de enchentes, os materiais devem ser limpos e secos em 24 horas. Retirar o alérgico do ambiente quando for usado aspirador de pó ou quando for feita a troca de lençóis também é recomendável, pois a concentração de ácaros, fungos e bactérias no ar aumenta no momento da limpeza. É aconselhável não usar espanadores e vassouras, e sim um pano úmido. Pessoas alérgicas devem evitar o uso de carpetes, tapetes e cortinas, pois acumulam muita poeira e o aspirador de pó não é capaz de remover todos os ácaros e fungos dos locais. Criar animais dentro de casa não é uma boa pedida. O uso de purificador de ar contribui ao combater os principais causadores de alergias: bactérias, vírus, alérgenos de ácaros, de animais domésticos, odores orgânicos, pólen e outros. Fonte://fleming.com

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Como remover a placa de fundo de um aspirador

A placa de fundo de aspiradores consiste de uma tampa colocada na parte inferior do bocal principal do aparelho. Ela protege os componentes do bocal e faz com que seja mais fácil empurrar o aspirador pelo chão. Além disso, ela precisa ser removida para se ter acesso à cinta ou ao agitador. O método para removê-la difere entre os aspiradores  comuns e os verticais.

nstruções

    Aspirador vertical

  1. 1
    Desligue o aspirador e desconecte-o da tomada.
  2. 2
    Posicione o aspirador no chão de forma que a parte inferior do bocal fique acessível.
  3. 3
    Desparafuse os três parafusos da placa de fundo. Dois deles estão localizados no lado direito da placa, enquanto o terceiro e último fica no seu lado esquerdo.
  4. 4
    Levante a traseira da placa e puxe-a do bocal para removê-la.

    Aspirador comum

  1. 1
    Desligue o aspirador e desconecte o cabo elétrico da tomada.
  2. 2
    Gire o bocal até que a sua parte inferior fique virada para cima.
  3. 3
    Torça as travas direita e esquerda da placa no sentido anti-horário, para destravá-la do bocal.
  4. 4
    Levante a placa de fundo para removê-la do bocal.
    Fonte:// ehow.com

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Aspirador de mosquito ajuda no combate à dengue, diz estudo

Foram coletados 2.133 mosquitos Aedes com aspiradores, o que revela a importância do aspirador no controle das doenças causadas por esses vetores

 

James Gathany/Wikimedia Commons
Mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue
Mosquito Aedes Aegypti: aspirador de mosquitos é ambientalmente limpo e combate a dengue
São Paulo - Um trabalho desenvolvido no mestrado profissional em saúde pública da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Pernambuco revela que os aspiradores de mosquito podem ser uma ferramenta auxiliar no monitoramento do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue.

O estudo é de autoria de Vânia Nunes, bióloga e supervisora de vigilância entomológica do Centro de Vigilância Ambiental do Recife. No trabalho, Vânia avaliou o uso desses aparelhos no monitoramento da densidade populacional do Aedes aegypti em áreas endêmicas da capital pernambucana.

A pesquisa foi realizada no período de um ano, em duas áreas do bairro de Nova Descoberta, na Zona Norte da cidade. O local foi escolhido por apresentar altos índices de infestação e uma rede estruturada de ovitrampas (armadilhas também desenvolvidas pela Fiocruz do Pernambuco para coleta de ovos de mosquito) implantada desde 2009.

A cada mês, as residências pesquisadas tiveram todos os cômodos aspirados durante 15 minutos, por três dias consecutivos, sempre no começo da manhã.
No total, foram coletados 2.133 mosquitos Aedes, sendo 1.230 fêmeas - as responsáveis pela transmissão da doença. Embora não fossem objetos da pesquisa, a aspiração permitiu coletar também 11.564 exemplares de Culex quinquefasciatus, mosquito de grande importância epidemiológica por ser o transmissor do parasita causador da filariose linfática.

O número de mosquitos coletados revela a importância do aspirador no controle das doenças causadas por esses vetores. No caso do Aedes aegypti, a fêmea infectada permanece transmitindo o vírus da dengue ao longo de todo o seu ciclo de vida, que dura em torno de 45 dias.

"Trata-se de um vetor complexo de controlar", explicou a orientadora do trabalho e pesquisadora da Fiocruz PE Cláudia Fontes. "Cada nova técnica adotada no monitoramento ajuda a conhecer mais sobre o mosquito e na adoção de estratégias de controle", completou.

A ideia de desenvolver a pesquisa surgiu a partir da constatação que os aspiradores de mosquito recebidos pela Prefeitura do Recife, em 2007, para coleta do Culex, ficavam ociosos por longos períodos.
"Como não se trata de coleta contínua, esses equipamentos ficavam guardados. Daí a ideia de utilizá-los também para a captura do Aedes", explicou Vânia.

A partir desses dados, a bióloga considerou bem sucedida a ideia de fomentar o aspirador como mais um instrumento de monitoramento, que atua na fase adulta do mosquito Aedes. "Trata-se de uma ferramenta ambientalmente limpa, que pode vir a reduzir o uso dos inseticidas", afirmou.
Fonte://exame.abril

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Diferentes aplicações dos aspiradores de pó industriais

Sujeira e detritos desempenham um papel na nossa vida cotidiana. Não será necessário dizer que nossos escritórios, ruas, veículos, tapetes e fábricas precisam ser mantidos limpos para que eles deixem os ambientes saudáveis para que possamos trabalhar. O aspirador de pó industrial é freqüentemente utilizado para este fim.
Você vai descobrir que há um monte de diferentes linhas de trabalho que exigem o uso dos aspiradores industriais ao invés dos aspiradores comuns que você encontra no mercado hoje. Empresas de carpintaria, empresas de construção, salões de beleza e pet shops são apenas alguns dos trabalhos que devem utilizar este tipo de aspirador. Eles exigem o uso do aspirador de pó pesado, porque estão sempre produzindo uma grande quantidade de poeira e sujeira no dia-a-dia. Não é nada comparável à limpeza feita uma ou até duas vezes por semana.
Essas ocupações e mais um monte de outras, necessitam de uma aspiração potente todos os dias. Empresas desse tipo costumam possuir um aspirador de pó industrial que irá suportar o uso constante, além do tipo de lixo que está sendo aspirado e limpo. A limpeza que você será capaz de executar irá reunir itens muito maiores sem que a coisa toda fique obstruída. Eles vão também ser capazes de reunir as partículas finas que você encontrará em madeira e metais que podem potencialmente ser irritantes se presos na superfície de sua pele.
Quando se trata de limpeza de instalações industriais ou comerciais, é importante que você tenha acesso a equipamentos de aspiração industriais. Se você estiver precisando aspirar uma grande superfície com uma grande quantidade de poeira ou sujeira incomum, um aspirador de pó doméstico padrão não será capaz de lidar com a carga.
Escolha um aspirador de pó industrial, que corresponda bem à tarefa que está as suas mãos. Mantenha marcas respeitáveis e confiáveis em mente, como Kärcher, Sibilia e Numatic.
Aspiradores de pó industriais são projetados especificamente para a limpeza industrial. Isso faz com que ele seja durável e confiável para limpar praticamente qualquer ambiente. Alguns dos modelos são projetados para o interior e para fazer a extração da sujeira de tapetes e carpetes e também são duráveis e confiáveis. Ao procurar pelo aspirador de pó industrial que irá melhor se adequar as suas tarefas, converse com profissionais da área e veja o que eles têm a dizer sobre suas opções. Você também pode tirar dúvidas com empresas de limpeza que possuam uma boa reputação no mercado.
Você pode contar também com as empresas de limpeza industrial local, aquelas que oferecem serviços de contrato de limpeza, aluguel de equipamentos de aspiração e outros equipamentos de limpeza que podem até mesmo vender os vários tipos de equipamentos e aparelhos de limpeza. Para elas, nenhum trabalho é muito grande ou muito pequeno.
Se você não tiver certeza de qual aspirador de pó industrial você precisa comprar para a sua tarefa de limpeza particular, reserve um tempo para conversar com os profissionais que irão aconselhá-lo e garantir que você irá escolher o aspirador de pó que possua os acessórios certos para suas necessidades.
Fonte://webartigos.com

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Aspiradores de pó com filtro HEPA

Muitos aspiradores de pó agora possuem filtros HEPA. Esse sistema altamente eficiente filtra mais de 99 % das partículas finas do ar. Eles funcionam para "purificar" o ar que passa através deles, particularmente quando selados. Aspiradores de pó com filtros HEPA reduzem irritantes respiratórios e outros da casa ou onde quer que sejam usados. A filtração é imediata e, portanto, eficiente.

Infecções e irritantes

As partículas finas no ar carregam algumas substâncias irritantes, entre elas excrementos de ácaros, esporos, traços de pelos de animais, emissões de plantas e pólen. Esses irritantes podem desencadear sintomas alérgicos, especialmente em quem sofre de asma. Os aspiradores com filtro HEPA filtram essas partículas, tornando mais fácil respirar confortavelmente e reduzindo a probabilidade de ataques de asma. Os aspiradores com filtro HEPA são ótimos em tapetes cheios de pelos de animais, áreas da casa perto de plantas ou janelas abertas, para limpar cantos empoeirados e para retirar materiais potencialmente perigosos que podem ser inalados, como fezes de rato. As infecções virais e bactérias também deslocam-se pelo ar. Os aspiradores HEPA e filtros de ar são frequentemente utilizados para fins biomédicos como medida sanitária e de segurança. Alguns modelos utilizam luzes ultravioletas intensas para matar os organismos vivos e bactérias, enquanto são aspirados. Os vírus que estão no ar também podem ser pegos no sistema de filtração HEPA. Os melhores filtros HEPA são reportados como sendo 99,995% eficazes na destruição de infecções.

Função

As fibras de um filtro HEPA são dispostas em camadas de forma aleatória. Isso aumenta drasticamente as chances de que as partículas finas flutuando pelo ar encostem nas fibras e se agarrem a elas. Através de interceptação, coleta e difusão, os filtros HEPA aprisionam e retêm quase todas as partículas de 0,3 mícrons de diâmetro.

Problemas e vantagens

Nem todos os aspiradores HEPA funcionam da mesma maneira. Alguns são mais eficazes que outros. O sistema de filtração deve ser selado a vácuo, sem fendas ou escape de ar, para assegurar que a maior parte das partículas estão presas. Cuidado com os aspiradores que usam termos ambíguos, números de modelo ou descrições modificadas que você não entende. Os filtros HEPA verdadeiros e absolutos são testados e verificados com padrões rigorosos. As versões mais baratas, réplicas e imitações também podem funcionar, mas não tão eficazmente. Filtros HEPA podem ser caros. Aqueles que são fortificados ou melhorados podem ser particularmente caros, apesar do filtro lavável economizar dinheiro a longo prazo. Ao escolher investir em um aspirador de pó, considere a importância da qualidade do ar do seu ambiente. Os aspiradores HEPA são superiores em termos de promoção da facilidade respiratória e ar limpo. Enquanto vassouras e aspiradores básicos "cospem " o ar, fazendo com que a poeira e as partículas voltem para o quarto que eles limparam, aspiradores HEPA não o fazem. Ao limpar o ar de infecções, alérgenos , bactérias e sujeira, eles ajudam a criar e manter uma casa, trabalho ou espaço público mais saudáveis e seguros.
Fonte://ehow.com

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Sobre o Aspirador de pó : conheça nossa história

Como é a história desse maravilhoso aspirador de pó

No Princípio… Foi na década dos anos 1920 que nasceu a ideia original de um aspirador sem saco. John W. Newcombe inventou um “separador” – um dispositivo concebido para separar o pó e as partículas da atmosfera. Leslie H. Green apercebeu-se do verdadeiro potencial desta invenção e colaborou com Newcombe no desenvolvimento do “Newcombe Bagless.” (Aspirador sem Saco). Em 1929, Green formou uma nova empresa denominada Rexair, significando “Rei do Ar”. Enquanto a nação enfrentava as tremendas dificuldades da Grande Depressão, a empresa Rexair iniciou a produção, aperfeiçoando e comercializando o Aspirador Rexair. Aumenta o interesse no produto Rexair… Em 1936, T. Russ Hill entrou para a Rexair. Inspirado pelas equipas de saneamento público que limpavam as ruas de Kentucky, Hill introduziu a sua ideia de incorporar água na concepção do Rexair para retenção do pó e de detritos. Esta inovação tornou o aparelho Rexair num produto único e exclusivo. A Rexair criou então um novo slogan: “O Pó Húmido Não Pode Voar!™” Nos finais dos anos 1930, o Rexair passou a ser reconhecido como sendo mais do que um simples aspirador. A capacidade do sistema Rexair na eliminação do pó que paira no ar dentro de casa, fez com que as pessoas que sofriam de alergias ou de febre dos fenos se sentissem mais confortáveis e, em breve, os profissionais médicos passaram a reconhecê-lo como um produto revolucionário. 1936 Os Anos da Guerra… Quando a América entrou na Segunda Grande Guerra Mundial, a Rexair já se encontrava consideravelmente desenvolvida. Em 1941, a Rexair uniu-se à Empresa Martin-Parry Corporation de Toledo, Ohio, proporcionando assim à Rexair capacidades enormes de produção. Durante a guerra, a Rexair e a Martin-Parry desempenharam um papel determinante no seu apoio ao esforço da guerra, produzindo caixas para radares, tubos lança-foguetões, e divisórias e revestimentos para navios. Quando finalmente a guerra terminou, a Rexair encontrava-se numa posição ideal para o desenvolvimento económico do pós-guerra. A empresa estava solidamente estabelecida e, em breve, a Rexair tornar-se-ia num nome conhecido por toda a gente. 1941 Oportunidade Prospera… Em 1948, as vendas do aspirador Rexair começavam a subir vertiginosamente. Este facto deveu-se, em parte, a um jovem agente de vendas natural de Owensboro, estado de Kentucky. J.V. Sanders – mais conhecido como “Sandy” – que assistiu a uma demonstração do Rexair e ficou tão entusiasmado que se mudou logo para a cidade de Detroit, Michigan determinado a converter-se “no melhor vendedor de sempre da empresa.”. Conseguiu ser isso e mais ainda, ajudando assim a Rexair no seu desenvolvimento e prosperidade. “Sandy” simbolizou a oportunidade oferecida pela Rexair e, em 1953, tornou-se um dos cinco Directores Regionais na nova e aprimorada organização de vendas da Rexair. 1948 O Nascimento do Rainbow… 1955 trouxe consigo um aspirador Rexair dramaticamente aperfeiçoado. Apresentando um design aerodinâmico e requintado juntamente com um motor duas vezes mais potente do que o seu antecessor, os dirigentes da Rexair decidiram rebaptizar o aparelho com o nome de “Rainbow.” O desenvolvimento da Rexair foi enorme, resultado de um produto fantástico, do trabalho árduo e empenho dos seus distribuidores e Directores Regionais, e da dedicação e visão provida pelo seu pessoal executivo. 1955 Rexair Reorganiza-se para Enfrentar o Futuro… A edição de Fevereiro de 1959 do boletim Rexevents anunciou – “GRANDES SONHOSTORNAM-SE UMA REALIDADE – Sanders e Associados Adquirem a Rexair.” J.V. Sanders tinha agora o controlo da Rexair e a sua primeira iniciativa foi desenvolver plenamente a “Oportunidade Rainbow.” A edição de Fevereiro de 1959 do boletim Rexevents anunciou – “GRANDES SONHOSTORNAM-SE UMA REALIDADE – Sanders e Associados Adquirem a Rexair.” J.V. Sanders tinha agora o controlo da Rexair e a sua primeira iniciativa foi desenvolver plenamente a “Oportunidade Rainbow.” 1959 Empenho no Desenvolvimento Contínuo… Em 1969, a Rexair inaugurou as suas novas instalações fabris, ocupando mais de 9.290 metros quadrados na cidade de Cadillac, no estado de Michigan. Como resultado do empenho da Rexair no aperfeiçoamento contínuo do seu produto, o Rainbow foi evoluindo, tendo o produto sido objecto de uma série de optimizações sofisticadas – novos acessórios de adaptação, distinguindo-se, entre outros, a Escova Motorizada (Power Nozzle) e o AquaMate. LO novo Rainbow D3 foi lançado em 1980, introduzindo a maior alteração ao modelo em vinte anos. Com um novo motor de funcionamento a baixa temperatura, o D3 foi o primeiro Rainbow aprovado para “extracção de humidade.” 1969 Rainbows por Todo o Mundo… Já em 1947, a Rexair tinha filiais no Canadá, Cuba e México. Mas foi só na década de 1980 que as vendas do Rainbow Internacional começaram realmente a expandir-se aceleradamente. A Rexair desenvolveu uma rede de vendas e distribuição internacional, e o Rainbow sofreu alterações de forma a satisfazer os requisitos específicos dos vários países espalhados pelo mundo. Em 1986, a Rexair celebrou as suas Bodas de Ouro com o lançamento do seu mais recente Rainbow, o D4. Como resultado de cinco anos de planeamento, engenharia e testes, o novo Rainbow foi considerado por J.V. Sanders como sendo “o melhor Sistema de Limpeza por Aspiração do mundo”. 1986 Preparada para uma Futura Grandiosidade… Em 2001, Paul Vidovich tomou conta da Rexair, como Presidente e Director Geral Executivo e, em 2002, assumiu também as responsabilidades de Presidente do Conselho de Administração. Paul iniciou a sua carreira no sector em 1971, tendo subido na hierarquia da organização com inúmeros êxitos nos negócios de venda directa. As suas excepcionais capacidades de liderança e de conhecimento da empresa levaram a Rexair a atingir níveis de consecução extraordinariamente elevados, tanto nos Estados Unidos como em muitos outros mercados internacionais. A Mais Recente Evolução de um Produto Verdadeiramente Revolucionário… 2011 trouxe consigo a mais recente encarnação do Rainbow … Como resultado de um planeamento intensivo, investigação e recursos financeiros enormes, o Rainbow oferece níveis de potência e limpeza incomparáveis no universo da limpeza doméstica. Presentemente, a Rexair LLC está mais forte que nunca. Com uma rede internacional de vendas crescente e vibrante, um centro de tecnologia e de fabrico de topo de gama, e uma equipa de liderança dedicada e deveras empenhada, a Rexair está perfeitamente posicionada para assegurar o sucesso futuro da empresa, bem como de cada Agente e Distribuidor da família mundial da Rainbow. Fonte://rainbowinx.com

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

O aspirador com filtro de água para as pessoas com alergias

Aspirador com Filtro de Água contra alergia



Grande parte dos aspiradores tradicionais, por causa do seu sistema de filtragem e limpeza ultrapassado, dispersa no ambiente grande parte de pó que aspiraram, colocando novamente em circulação sujidade, germes e bactérias. Com “Lecologico”, Polti revolucionou completamente o conceito de aspirador e resolveu estes inconvenientes com um sofisticado filtro de água que, não só aspira, retendo 99,99% do pó, mas filtra e purifica de um modo inovador e ecologicamente correcto. Além disso, nos aparelhos com o saco os germes e as bactérias continuam a proliferar, para não falar da necessidade periódica de trocar o saco, com inevitável dispersão de pó que esta operação implica. Mesmo os aspiradores com depósito "seco" não conseguem impedir a dispersão de pó, no momento em que o depósito é esvaziado. Com Lecologico, no final da limpeza, basta deitar fora a água e o pó e a sujidade desaparecem. Fonte://polti.com

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Poluicão atmosférica : um aspirador que capta o ar poluído

O Aspirador que lava o ar


 Sobre o aspirador que lava o ar :Na China, a poluição atmosférica é realmente um problema muito sério. O ar da cidade é irrespirável. Capitais como Pequim diariamente enfrentam nuvens escuras que sufocam os habitantes. Mas um designer holandês propôs a solução: um aspirador de fumaça. Esperando ser capaz de reduzir a poluição, segundo Daan Roosegaarde, alguma coisa precisava ser feita. E enquanto os maiores países do mundo se perguntam o que fazer, e a população continua a produzir mais emissões do que o ambiente é capaz de suportar, poderia-se ao menos, tentar limitar os danos. Como? Com o seu aspirador de pó eletrônico capaz de sugar o ar poluído em camadas de até 50 metros de altura. Roosegarde demonstrou o funcionamento da sua máquina capturadora de fumaça em uma sala de 25 metros quadrados, no qual ele usou um campo eletrostático graças às bobinas de cobre para magnetizar e reduzir a poluição do ar do alto. Segundo o designer, o efeito poderia ser replicado se estes cilindros fossem enterrados em um parque público. A partir desta experiência, Roosegaarde está trabalhando com Bop Ursem, professor da Universidade Técnica de Delft, para tentar adaptar a tecnologia em Pequim. Escolha não casual. A cidade está literalmente sendo sufocada. Recentemente, durante dois dias, uma espessa camada de poluição levou ao encerramento das atividades das escolas e ao bloqueio do tráfego nas cidades chinesas do nordeste do país. Pequim não é a única. Com 1.000 microgramas por metro cúbico, as leituras do material particulado na cidade de Harbin são três vezes maior que a concentração classificada como perigosa pela Organização Mundial da Saúde. E Pequim parece ter recebido bem a ideia do holandês tanto que, a cidade pretende colaborar para a realização do aspirador de poluição de Roosegaarde. Com certeza o aspirador não vai resolver o problema da poluição em Pequim, o designer está ciente disso, mas poderá sensibilizar a opinião pública. Se as pessoas pudessem ver a diferença entre um cilindro de ar puro e a poluição que as rodeia, a máquina representaria mais um grito de alerta para a real situação. Fonte://grenme.com

sábado, 2 de agosto de 2014

Nasceu aspirador de pó para lixo electrónico

O aspirador de pó para lixo eletrônico


Como foi feita a pesquisa para o aspirador de pó para lixo eletrônico.
Dois investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência encontraram fórmula para banir mails indesejados O lixo electrónico que diariamente entope milhares de contas de e-mail tem finalmente uma espécie de aspirador. Dois cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência desenvolveram um método capaz de o detectar. O projecto é inspirado no funcionamento do sistema imunitário dos seres vivos e será apresentado hoje, na Universidade de Southampton, em Inglaterra, no âmbito da conferência intitulada "Artificial Life XI". O encontro destina-se a divulgar os mais importantes estudos realizados a nível internacional sobre as propriedades fundamentais dos sistemas vivos, através de simulações de processos biológicos em meios artificiais. Para que os computadores consigam diferenciar os e-mails legítimos (chamados "ham") dos e-mails fraudulentos (designados como "spam"), os investigadores Luís Rocha e Alaa Abi-Haidar basearam-se no modelo de regulação cruzada do sistema imunitário. Nos humanos, este método permite descrever as interacções entre três tipos de células durante o processo de distinção entre os antigénios inofensivos e os que provocam danos no organismo. O projecto de detecção de "spam" é semelhante: permite que a memória do computador reaja a determinadas palavras ou características de um e-mail, de forma a perceber se este é legítimo ou fraudulento, da mesma forma que aqueles três tipos de células analisam os antigénios - geralmente fragmentos de proteínas, com o objectivo de identificar a sua natureza. De acordo com os cientistas, este modelo apresenta vantagens sobre os modelos de detecção de lixo electrónico já existentes. Além disso, contribui para a melhor compreensão do funcionamento das células do sistema imunitário envolvidas no processo de controlo das doenças auto-imunes. O IGC foi fundado pela Fundação Calouste Gulbenkian, com o objectivo de investigar as ciências biomédicas e a educação. Faz parte das suas preocupações científicas a base genética do desenvolvimento e evolução de sistemas complexos, privilegiando abordagens centradas em modelos experimentais. Hoje, é um dos mais prestigiados institutos de investigação biomédica em Portugal. Fonte://skyscrapercity

domingo, 27 de julho de 2014

Como remover o rejunte do piso do chuveiro com ajuda do aspirador

O rejunte é a substância parecida com o cimento que fica entre os pisos no chão do seu chuveiro e em outras áreas. É geralmente a primeira parte da área de azulejos que precisa de reparo ou substituição, pois pode rachar ou sofrer corrosão com o tempo. Caso queira rejuntar novamente o piso do chuveiro, o rejunte existente deve ser removido em primeiro lugar, o que pode ser uma tarefa difícil e demorada. Existem ferramentas disponíveis, mas elas aumentam drasticamente suas chances de danificar os pisos. Será melhor usar uma serra para rejunte, que é uma lâmina quadrada de metal em uma alça. O que você precisa? Serra para rejunte Aspirador de pó Estilete Instruções 1 Deixe o chão secar totalmente por pelo menos 48 horas. 2 Raspe a serra ao longo da linha de rejunte que está mais danificada ou corroída e que sai mais facilmente. Extraia ele empurrando e puxando a lâmina sobre a superfície enquanto pressiona firmemente para baixo. Conforme as partes da superfície quebrarem, trabalhe a lâmina para dentro do rejunte e ao lado dos pisos. 3 Aspire os detritos com o seu aspirador. 4 Raspe ao longo das outras linhas de rejunte com a serra, raspando e escavando na mesma maneira. Tenha cuidado para não riscar os pisos. Pare após alguns azulejos para aspirar os detritos. 5 Extraia todo o rejunte que precisa ser removido. Use um estilete para remover todos os pedaços que não saíram com a serra. Fonte:ehow.com

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Como limpar sofá com ajuda do aspirador

O sofá é um dos móveis mais querido em toda a casa. Mas as pessoas sofrem para proporcionarem a higienização correta desse móvel, porque não sabem como fazer e de quanto em quanto tempo. As pessoas, em sua maioria, se enganam achando que o sofá está limpo, mas já segurou poeira até. Mas, então, como limpar sofá? Para começar e manter a durabilidade e a beleza do sofá deve-se proceder com a correta higienização. As manchas acidentais e a poeira que se acumula podem ser removidos para a garantia de uma aparência boa. Os sofás de tecidos podem ser limpos na própria casa, já os tecidos que são fabricados para a lavagem a seco não. Como limpar sofá? De 15 em 15 dias, o sofás devem ser limpos com uma escova de cerdas macias no sofá de couro e os sofás com revestimento em camurça e tecidos mais leves devem ser limpos com aspirador de pó e a escova. Os sofás de couro podem ser limpos com sabão puro, mas somente a espuma deve ser aplicada. Uma esponja úmida deve ser utilizada para retirar o excesso. O condicionar pode ser recomendado para voltar o brilho e a umidade do couro. Já os sofás de vinil devem ser limpos com o bicarbonato de sódio com um pano. A limpeza deve ser leve com a utilização do sabão líquido, detergente. Não use óleo, endurece o sofá. Como retirar manchas do sofá Cair líquidos no tecido do sofá é algo que eventualmente ocorre e acaba por deixas as manchas que nenhum de nós quer. O indicado é usar o detergente neutro e o álcool. Os sofás que têm tecidos leves usa-se pano seco e limpo ou o conhecido papel toalha na mancha, mas não esfregue. Nos sofás de camurça você pode limpar com pano limpo, esses de algodão mesmo, úmido com água e o sabão neutro. Após lavar, tire o sabão com um pano molhado de água fria e deixo-o secar de forma natural. No momento que o líquido cair e iniciar o formato da mancha no sofá deve ser limpado, pois assim a substância não impregna no tecido e se espalha por um local maior na superfície do sofá. Não esfregue o sofá, isso não é recomendado. Apenas pressione o pano na mancha. Com essa manutenção e esses cuidados você garante que o seu sofá continue limpo.com, belo e aumenta a durabilidade do mesmo. Fonte://Dicasdelimpeza

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Como fazer controle de pragas usando o aspirador de pó

Se você possui um aspirador de pó, você mesmo pode fazer o controle de pragas na sua própria casa, sem gastar muito e com a vantagem de que este é um método não tóxico para este tipos de serviço. O aspirador é o segredo para remover e quebrar o ciclo contínuo de populações de aranhas e insetos na casa. Aqui estão algumas dicas que podem lhe ajudar. 1 Escolha um aspirador de pó. Um aspirador com uma mangueira é mais prático para sugar pragas de superfícies irregulares e altas. Um aparelho com uma escova rotativa é a mais eficaz na remoção de insetos e, mais importante ainda, dos resíduos de tapetes com os quais eles se alimentam. A maioria dos aspiradores tem uma mangueira e vem com uma escova rotativa. Um filtro HEPA reduz bastante a quantidade de partículas no ar e pode ser útil para reduzir alergias, as substituições, entretanto, não são baratas. Aspiradores sem saco entopem rapidamente os (nada baratos) filtros. Sacos descartáveis, que são baratos, ou separadores de sujeira de estilo vórtice prolongam a vida útil do aparelho. Um aspirador de pó com uma mangueira longa, e tubos de extensão, é melhor para áreas de difícil alcance. 2 Configure o aspirador. Já que ele é o seu instrumento para matar os insetos, certifique-se de configurá-lo para a potência máxima. Geralmente, há um botão para regular o poder de sucção. Ligar o aparelho deve ser fácil, basta clicar no pedal ou girar o botão para a posição certa. 3 Aspire a sua casa regularmente e cuidadosamente para torná-la indesejável para as pragas. Se não há nada para comer, elas não entrarão e não se multiplicarão, se entrarem ocasionalmente. Mantenha os alimentos em recipientes fechados, como na geladeira e em frascos, aspire os tapetes, cantos e prateleiras, e os pisos de madeira ou cerâmica. Limpe os pisos sob os locais onde a sujeira pode acumular, incluindo pias, geladeiras e, especialmente, fogões. Isto é muito mais fácil e mais eficaz do que tentar perseguir as pragas uma por uma. Não puxe um fogão a gás ou uma geladeira com uma máquina de gelo com força para movê-lo, pois você pode danificar a linha de abastecimento. Tente usar uma extensão de aspirador de pó, ou remova temporariamente a gaveta sob o fogão para limpar a área sob ela. Para aspirar outras coisas além do piso, use um bocal simples, sem peças elétricas ou móveis. Um bocal tipo escova geralmente não vai arranhar superfícies delicadas. 4 Lide com aranhas usando seu aspirador de pó. Um aspirador pode ser usado para reduzir imediatamente a população de aranha e remover as teias vai parar evitar o aumento de aranhas nos próximos meses. Ao remover uma teia de aranha, você remove a casa, o berçário para futuros bebês, e o restaurante da aranha (ocasionalmente, aranha come a própria teia!). Remover teias é algo bastante importante, pois cada um daqueles sacos de ovos pode conter 300 bebês de aranha. Embora a maioria nunca alcance a fase adulta, imagine se aproximadamente a metade se tornar fêmeas e pôr ovos. Isso seria 150 vezes 300 ovos! Aspire todas as teias de aranha que você puder encontrar. Ao remover a teia, você está removendo todos os confortos que a aranha precisa para sobreviver e reproduzir. Use uma mangueira de extensão para alcançar lugares altos. Um aspirador de pó de mão é útil para os cantos e recantos onde as aranhas tendem a esconder. 5 Lide com traças-dos-cereais e outras pragas que infestam a despensa. Traças voam em torno e caem em sua comida e bebida, e livrar-se delas pode ser difícil. Aspire bem as fendas entre bancos, bancadas, e sob o refrigerador. Partículas de alimentos de caem dos armários sobre as bancadas; estas partículas se alojam nas mais estreitas rachaduras e flutuam para baixo em direção ao ventilador sob sua geladeira. Estas áreas precisam de uma aspiração profunda, de vez em quando. Aspire as prateleiras da despensa, onde a comida é armazenada. Verifique os locais onde o teto e parede se encontram. Traças-dos-cereais escalam a parede e criam seus casulos de seda naquele ponto. À primeira vista, você pode pensar que os casulos são teias de aranha, mas sejam teias ou casulos, ataque-os ,com o aspirador! Descarte o saco ou o conteúdo do aspirador na lata de lixo para que as pragas não sejam reintroduzidas na casa. 6 Aspire os locais onde seus animais de estimação são alimentados. Se você alimenta os seus animais de estimação dentro de casa, tenha em mente que uma das principais fontes alimentos de pragas é o alimento seco de animal de estimação e alimentos de aves. Certifique-se de aspirar frequentemente as áreas de alimentação de animais e áreas de armazenamento de alimentos para animais domésticos. 7 Ataque as baratas. Existem vários tipos de baratas que podem gostar de sua casa. A primeira barata chega lá através de vários meios, como voando através de janelas abertas ou rastejando sob a porta, porém, a mais notória, a barata alemã, chega a sua casa através do saco de supermercado, da cômoda bonitinha que você comprou no brechó, ou até mesmo através do açúcar que você pegou emprestado com o vizinho. Como regra geral, as baratas botam cerca de 30 ovos no que é chamado ooteca ou bolsa de ovo. Ao se aproximarem da fase adulta, esses ovos são descartados em qualquer lugar onde as baratas se encontram. Devido a partículas da matéria fecal da barata serem transportadas pelo ar, o exoesqueleto deste inseto e várias partes do corpo deixados para trás podem ser uma causa direta de doenças respiratórias. Um aspirador de pó não HEPA pode agravar o problema, portanto, use apenas um aparelho com um filtro HEPA. Um aspirador é particularmente útil no controle de baratas, porque a ootheca é facilmente visível e rapidamente aspirada. Procure pela ooteca em gavetas, prateleiras, armários, ou em qualquer lugar onde estes insetos podem viver. Aspire as baratas, ooteca e quaisquer outros resíduos. Após a aspiração, lave a área com um sabão forte. Descarte o saco ou o conteúdo do aspirador na lata de lixo que será recolhida em breve para que as pragas não sejam reintroduzidas na casa. 8 Sugue percevejos. Se você já teve uma invasão de percevejos em sua casa, o aspirador é uma ótima maneira de removê-los rapidamente, sem espalhar o mau cheiro causado ao esmagá-los acidentalmente. Simplesmente aspire-os dos locais onde eles estão descansando (geralmente paredes e janelas) e descarte-os de forma adequada. Percevejos também podem ser aspirados de paredes exteriores se você tiver um cabo de extensão. 9 Remova os ácaros do seu colchão usando o aspirador de pó. Aspire os colchões e travesseiros de todos as camas para reduzir a população do ácaro da poeira. Esvazie o aspirador, adequadamente, em um recipiente fechado. Do Pest Control With a Vacuum Cleaner Step 10 Version 2.jpg 10 Aspire completamente os tapetes para remover pulgas. Não se esqueça de aspirar embaixo dos móveis, bem como sobre os tapetes pequenos. Você também pode querer adicionar um anti-pulga no saco do aspirador ou sobre tapete, se isso não for causar problemas para o seu aparelho. Descarte o conteúdo corretamente. 11 Remova traças. Traças gostam de umidade, por isso tendem a ser encontradas nas áreas da cozinha e do banheiro. Use o aspirador de pó para remover partículas de alimentos e ovos traças. 12 Livre-se das joaninhas em sua casa. Joaninhas podem se reunir em números grandes o suficiente para infestar a sua casa durante o inverno. Embora elas sejam insetos benéficos no jardim, quando incomodadas elas pode exalar um odor ruim e podem causar reações alérgicas em pessoas suscetíveis. Se você elas estiverem lhe causando problemas, coloque um saco novo no aspirador antes de aspirá-las e, após removê-las, deposite-as em algum lugar distante no jardim; isso pode ser uma maneira de removê-las da sua casa e deixar que voltem a ser benéficas no jardim. Após a remoção, coloque cravos sobre os parapeitos de janelas e em qualquer outro lugar onde haja rachaduras que possam ser atraí-las de volta. Você também pode tentar limpar esses locais com óleo de cravo diluído com um pouco de água. 13 Aspire moscas e pernilongos. Estes insetos costumam ficar no alto da parede ou tetos. Use a mangueira de extensão do aspirador para alcançá-los. 14 Lembre-se de sempre que usar o seu aspirador de pó para remoção de pragas esvaziar imediatamente o aparelho, fechar o saco após a aspiração e depositar o saco na lata de lixo. Se as pragas não estiverem bem presas dentro do saco, elas serão capazes de rastejar para fora e, possivelmente, retornar ao interior da sua casa. Fonte://wikihow.com

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Dicas infalíveis para limpar algas do aquário

ara deixar seu aquário sempre limpo e longe de algas é necessário fazer um tratamento especial na água. É importante que esse tratamento seja realizado da forma correta e com produtos confiáveis para não comprometer a saúde de seus peixes. O tratamento varia de acordo com o tipo de água. As algas são causadas pelo excesso de nutrientes na água, procure realizar a troca da água mais frequentemente ou procure alimentar menos os seus peixes quando perceber a presença delas. Confira abaixo o tratamento ideal contra algas para o seu tipo de peixe. Conheça as melhores dicas para limpar algas do aquário. Água doce: 1º Passo: Esfregue o vidro do aquário com uma esponja de algas para remover as algas presas. Não utilize esponjas de cozinha, nem produtos abrasivos. 2º Passo: Com a ajuda de um sifão, direcione 20% da água do aquário para um balde (preferencialmente novo, sem resíduos de produtos químicos). 3º Passo: Sugue com o aspirador de pó os resíduos, fezes e/ou restos de comida presentes no fundo do aquário. 4º Passo: Limpe seus objetos de decoração com uma esponja de algas. 5º Passo: Troque a água retirada por água limpa e certifique-se de que a mesma encontra-se com a mesma temperatura da água presente no aquário. Se preciso utilize um termômetro. Aos poucos complete a água do aquário. 6º Passo: Limpe o vidro exterior, a tampa e os aparelhos superiores do aquário Não utilize substancias químicas toxicas para os peixes, use uma solução de vinagre, mas ainda assim, não deixe entrar em contato com a água. 7º Passo: Não esqueça que a troca do filtro deve ser feita pelo menos uma vez por mês. Água Salgada: 1º Passo: Com uma esponja de algas esfregue o vidro interno retirando todo o resíduo de algas. Para resíduos mais difíceis de remover, utilize uma lâmina de barbear e raspe a sujeira. Aproveite também para esfregar os objetos de decoração com uma escova limpa de cerdas macias. 2º Passo: Para um aquário de água salgada você deve realizar a troca de 10% da água pelo menos 2 vezes ao mês. Use um sifão para facilitar. 3º Passo: Com o aspirador, sugue resíduos de sujeiras, restos de comida e fezes presentes no aquário. Verifique se há crostas de sal impregnadas, se houver limpe com a esponja 4º Passo: Para completar a água salgada do aquário é preciso testar a temperatura, a salinidade e o pH da água para não prejudicar os seus peixes. Tire dúvidas com um especialista antes de tentar fazer sozinho. Você irá precisar começar esse processo um dia antes, em um balde, você irá colocar a água destilada aquecida misturada ao sal seguindo .as instruções do produto. Pela manhã, é importante testar a salinidade (deixar entre 1.021 e 1.025) e a temperatura da água (deixar entre 23 e 28 graus Celsius). E não esqueça de verificar a temperatura da água diariamente. Fonte://removermanchas.net

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Como fazer a aspiração de resíduos usando uma mangueira de jardim operando com um aspirador?

Piscinas precisam de aspiração regular para evitar o acúmulo de detritos. Normalmente, a aspiração da piscina envolve um mastro com uma cabeça de aspirador especializada e um sistema de mangueira ligado. Quando estes itens não estiverem disponíveis, uma mangueira de jardim comum pode ser usada como substituta. Aspirar a água da piscina diretamente para fora, no chão, ou aspirar resíduos, efetivamente elimina detritos e sujeira da piscina, melhorando a qualidade da água. Aspire resíduos de detritos para fora da piscina, no chão, com uma mangueira de jardim utilizando o princípio de sifão. Mangueira de jardim Torneira de água Grampo ou plugue Instruções 1 Escolha uma área de drenagem que seja mais baixa do que a piscina. Aspirar resíduos da água diretamente para fora da piscina com uma mangueira de jardim não funciona, a menos que a gravidade seja capaz de puxar água através da mangueira. 2 Conecte a extremidade livre da mangueira de jardim na torneira e a ligue. Permita que a mangueira encha completamente com água, em seguida, feche a torneira. Feche a outra extremidade da mangueira de jardim com um plugue ou grampo. 3 Coloque a extremidade da mangueira presa dentro da piscina. Desaparafuse a outra extremidade e rapidamente aperte-a. Coloque a recém-apertada extremidade da mangueira na área que você deseja que a água escorra. 4 Solte a extremidade da mangueira atualmente na piscina e garanta que ela permaneça sob a água. Vá até a outra extremidade da mangueira e a desprenda. A água começará a fluir a partir do tanque, através da mangueira, e para a área de drenagem, funcionando como um um aspirador de resíduos. Mova a extremidade da mangueira submersa na água ao longo do fundo da piscina para remover os detritos. Fonte://ehow.com

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Aspirador e travesseiro especial são aliados contra ácaros

O aspirador ajuda a eliminar os ácaros e a poeira, mas deve ser limpo constantemente para que não se torne uma nova casa para estes pequenos animais Nariz coçando, coriza, espirros e até lágrimas escorrendo pelos olhos. Basta acumular um pouquinho de poeira em casa que os ácaros se multiplicam e tiram o sono dos moradores, especialmente dos mais alérgicos. Isso acontece pois a poeira é rica em substâncias que servem de alimento para esses animais, como restos de pele humana, que descamamos constantemente de nosso corpo, explica Michel P. Valim, especialista em ectoparasitos e pesquisador associado do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. Ele esclarece, ainda, que não são os ácaros que nos causam alergia, e sim componentes presentes em suas fezes e os próprios restos da decomposição destes animais, que são quase invisíveis a olho nu. A melhor forma de evitar, ou pelo menos minimizar, os efeitos indesejados causados pelos ácaros é evitar o acúmulo de poeira. Portanto, um dos principais aliados nesse combate é o aspirador de pó. No entanto, é preciso sempre limpar o saco que armazena o poeira, caso contrário o aparelho se tornará uma grande morada para estes animais. Também é preciso ter em mente que jamais será possível eliminar todos os ácaros de um ambiente, mas uma boa limpeza ajuda a reduzir bastante a quantidade destes visitantes indesejados. “Carpetes e tapetes acumulam muitos destes animais, e devem ser lavados sempre. Já o travesseiro e o colchão podem ser sempre colocados no sol, para eliminar potenciais alimentos para eles. Para completar, as pessoas mais alérgicas precisam buscar produtos antiácaro, que são feitos de um tecido no qual eles não conseguem penetrar”, aconselha Valim. O especialista explica que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, os ácaros não são insetos. “Eles são aracnídeos, porém menores e mais primitivos do que as aranhas. Isso significa que eles têm um par de pinças na boca e não possuem mandíbulas. Como não são capazes de mastigar, se alimentam apenas de líquidos e coisas moles”, diz. “Eles também se aproveitam de alimentos mal armazenados, como uma farinha que foi usada mas a embalagem não foi fechada direito, ou até mesmo frutas cristalizadas que ficam muito tempo armazenadas”, alerta Valim. Fonte://vidaestilo

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Remédios caseiros contra as formigas e aspirador

Você tem a casa cheia de formigas e não sabe como acabar com elas? Você tem usado diferentes produtos para matar formigas e nenhum funcionou totalmente? Neste artigo de umComo.com.br damos diferentes remédios caseiros para que você consiga eliminá-las completamente. A seguir, damos uma série de conselhos para matar as formigas. Antes de começar a matar as formigas Antes de começar a matar as formigas Ante de tudo tente descobrir de onde saem as formigas. Tente encontrar o formigueiro que seguramente estará fora de sua casa mas não muito longe. Se não conseguir encontrá-lo, descubra pelo menos o local onde as formigas entram para poder cortar o problema. Tente ter a casa limpa e todos os alimentos guardados e bem fechados. Aspirador para eliminar as formigas Aspirador para eliminar as formigas Pegue o aspirador e passe-o por todo o piso de sua casa. Desta maneira acabará com as formigas que estão nesse momento em casa mas se não conseguiu descobrir de onde saem ou porque motivo saem, no dia seguinte terá mais formigas. Suco de limão para matar as formigas Suco de limão para matar as formigas Faça suco com vários limões e coloque em um recipiente com spray. Vaporize o suco de limão no piso onde haja formigas. Também pode colocar várias rodelas de limão perto das portas e janelas. Água quente para o formigueiro Água quente para o formigueiro Se você encontrou o formigueiro, coloque uma panela de água no fogo e quando começar a ferver, derrame-a no formigueiro. Canela e cravo para afugentar as formigas Canela e cravo para afugentar as formigas Um remédio caseiro para afugentar as formigas de casa é a canela em pó e o cravo. Espalhe canela e cravo nos lugares possíveis que as formigas podem entrar. Isto fará com que se afastem. Bicarbonato de sódio e açúcar Bicarbonato de sódio e açúcar Faça uma mistura de bicarbonato de sódio e açúcar e espalhe pelos lugares onde as formigas possam entrar (portas e janelas). Esta mistura é muito nociva para elas de modo que aprenderão que não devem se aproximar dela. Fonte:casa.umcomo

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Controle de ambiente para pacientes com alergia respiratória

As alergias respiratórias, principalmente a asma e a rinite alérgica, são muito comuns na população em geral. O que poucos sabem é que é possível prevenir e controlar as crises respiratórias através de algumas ações simples que você mesmo pode tomar. Em primeiro lugar é fundamental consultar um médico para realizar uma avaliação do quadro clínico, dar o diagnóstico, identificar as principais causas que desencadeiam e agravam as crises alérgicas e orientar o tratamento mais adequado para você. Além disso, você pode realizar um programa de controle de ambiente, nos locais em que você passa a maior parte do tempo, principalmente a casa e o quarto, para diminuir os alérgenos causadores da alergia. Os principais são: ácaros da poeira, mofo, penas, pelos de animais e pólen. Veja a seguir, algumas dicas de controle de ambiente para combater os principais alérgenos e irritantes Ácaros da poeira Os ácaros da poeira (Dermatophagoides pteronyssinus, Dermatophagoides farinae e Blomia tropicalis) e seus excrementos são os maiores agentes causadores das alergias respiratórias. São organismos microscópicos que se alimentam da descamação da pele humana. Encontram-se normalmente em colchões, travesseiros, roupas de cama, cobertores, carpetes, tapetes, móveis estofados, cortinas, bichinhos de pelúcia, estantes, livros e poeira doméstica. Para eliminá-los recomendamos: No quarto Encapar os colchões com materiais impermeáveis, sem aberturas e fechado com zíper. Ácaros não conseguem atravessar essas proteções e, dessa maneira, são mantidos longe da sua fonte de alimentação (descamação da pele humana). Encape todas as camas do quarto. Limpar as capas com pano úmido ou aspirador de pó pelo menos uma vez por semana. Usar travesseiros de poliéster que podem ser lavados com freqüência e cobri-los com capas impermeáveis, semelhantes às dos colchões. Usar edredons, acolchoados leves ou cobertores sintéticos que possam ser lavados com freqüência. Evitar travesseiros de penas, colchas ou cobertores de lã ou felpudos. Lavar as roupas de cama duas vezes por semana em água quente. A água fria ou morna não mata os ácaros. Retirar do quarto bichinhos de pelúcia, livros e revistas, cortinas, almofadas, tapetes ou carpetes. Na casa Manter a casa arejada e ventilada. Evitar tapetes ou carpetes. Se tal medida não for possível, usar um aspirador de alta eficiência (com filtro HEPA) que filtra as partículas de sujeira e os ácaros. O uso de aspirador convencional pode ter resultado pouco satisfatório porque seus filtros não retêm os agentes causadores das alergias e permitem que as partículas aspiradas voltem ao ambiente. Limpar a casa diariamente com pano úmido (não varrer ou espanar). Se você tiver alergia e for realizar a limpeza, use máscaras de proteção. Existem no mercado máscaras com filtro HEPA. Evitar residências que permanecem fechadas durante muito tempo assim como bibliotecas, porões, sótãos ou ambientes com grande acúmulo de poeira. Dar preferência a tecidos emborrachados nos móveis estofados. Manter o ar condicionado limpo trocando com frequência o seu filtro. Fungo É outro grande alérgeno responsável pelas crises e se desenvolve em lugares com alta umidade relativa.O fungo cresce em lugares úmidos, escuros, pouco ventilados (porões, despensas e closets) e em alguns banheiros e cozinhas. Por isso, para evitar a sua proliferação: Evite vazamentos ou acúmulos de água. Conserte vazamentos de telhas e mantenha as calhas limpas. Evite áreas pouco ventiladas ou sombrias, jardins mal conservados, plantas dentro de casa e aquários. Lave as roupas que estejam guardadas por muito tempo. Limpe regularmente chuveiros e banheiras, vasos sanitários, armários, cozinhas, banheiros e porões com alvejantes ou desinfetantes. Mantenha uma luz elétrica em armários úmidos para secar o local. Não use vaporizadores ou umidificadores de ar na casa pois eles favorecem a proliferação do mofo. Utilize desumidificadores de ar em ambientes muito úmidos. Animais de estimação As causas da alergia respiratória relacionadas aos animais de estimação são a caspa (escama da pele) e a saliva do animal. Além disso, o pelo também é um desencadeante, pois acumula poeira, ácaros e mofo que são fortes causadores de alergia. Sendo assim evite ter animais de estimação de pelos tais como: cães, gatos e coelhos. Mas se você já tem na sua casa, mantenha-os do lado de fora, sem contato com a pessoa alérgica. Irritantes Existem ainda substâncias que têm um forte papel irritante que podem piorar uma crise já existente ou contribuir para o aparecimento de uma nova. Veja abaixo as principais substâncias irritantes: Cigarro Um dos mais perigosos irritantes é a fumaça do cigarro. Muitos estudos sobre os seus efeitos na saúde respiratória em crianças demonstram a relação entre a fumaça secundária (fumaça respirada) e a incidência maior de doenças respiratórias, principalmente durante os dois primeiros anos de vida.Além disso, o contato de crianças asmáticas com essa substância causa um aumento dos sintomas de tosse e falta de ar. Em adultos, a fumaça aspirada passivamente tem colaborado para aumentar os problemas respiratórios, incidência de câncer e doenças respiratórias crônicas. Dessa forma, pacientes alérgicos e asmáticos devem evitar completamente a fumaça do cigarro.Ninguém deve fumar dentro de casa e nunca na presença do paciente asmático. Odores fortes Evite usar tintas, inseticidas, detergentes, desinfetantes, ceras, produtos de limpeza e produtos químicos. Evite sabonetes, xampus, perfumes, cosméticos e odores fortes. Use produtos neutros, sem perfume. Evite usar incensos. Evite também produtos em spray aerosol, pois expelem partículas que irritam as vias aéreas quando inaladas. Poluição do ar A poluição do ar pode causar um aumento dos problemas respiratórios. Portanto, evite exercícios ao ar livre, perto de áreas com trânsito muito intenso ou com fumaça de indústrias. Tempo Mudanças bruscas nas condições do tempo, particularmente no frio, podem agravar as doenças respiratórias em muitos pacientes. Recomendações Esportes A prática de esportes é importante e deve ser feita por todos os pacientes alérgicos. Converse com o seu médico. Exercícios respiratórios A fisioterapia respiratória traz muitos benefícios às pessoas com alergia respiratória. Informe-se com o seu médico. Lembre-se Para um controle adequado das crises alérgicas é necessário um bom relacionamento com o seu médico.Para tanto, utilize a medicação prescrita conforme a orientação médica e tire todas as suas dúvidas relacionadas ao tratamento. Não use medicamentos por conta própria e comunique seu médico se outros fatores estiverem causando a piora das crises. Fonte://alegodermatologia

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Como limpar uma casa com infestação de sarna (Escabiose)

A escabiose é uma infecção de pele causada por ácaros minúsculos que escavam sua pele. Os sintomas incluem vermelhidão, coceira e linhas vermelhas sob a pele. Quando você pega uma infestação por sarna, a sua casa se infesta também. Isto porque, enquanto ácaros de sarna não vivem mais do que cerca de 3 dias sem um hospedeiro humano, eles são muito fáceis de "passar adiante", porque eles podem viajar em toalhas de mão, lençóis, brinquedos e sobre qualquer outra coisa que tenha sido usada por uma pessoa infectada. O que você precisa? Sacos zip de congelador com capacidade para 3,5 litros Aspirador de pó Água quente Detergente de lavanderia Instruções 1 Trate todo mundo. Os médicos geralmente irão prescrever um creme para usar durante a noite que irá matar os ácaros. É melhor que todos na casa usem este creme (a menos que os médicos digam o contrário), a fim de evitar a migração de ácaros. 2 Isole tudo. Isso significa que você precisa juntar todos os brinquedos, lençóis, toalhas, travesseiros e bichos de pelúcia da casa. Tudo o que entra em contato com os membros da família em uma base diária deve estar no "grupo-alvo" de isolamento. Caso contrário, se os ácaros continuarem vivendo em algo que foi esquecido e você tocá-lo, então você ainda vai ter a infecção por muito tempo depois de ter terminado os tratamentos. 3 Coloque os brinquedos, almofadas e bichos de pelúcia nos sacos plásticos com zíper. Eles terão de permanecer nesses sacos por duas semanas. No final das duas semanas, você pode limpa-los completamente com aspirador de pó para remover todos os ácaros de sarna mortos e depois devolvê-los aos seus donos. 4 Lave todas as roupas de cama e toalhas pelo menos duas vezes em água quente com detergente. Você deverá que fazer a mesma coisa depois de cada noite que aplicar o creme, isso vale para todas as roupas das pessoas que usaram o creme. Isso vai lavar os ácaros fora das roupas e impedi-los de esperar por você voltar pra cama na primeira noite após seu tratamento acabar. Você também vai precisar lavar toda a roupa normal, da mesma forma. Se a puder usar água quente na roupa e alta temperatura de secagem, você terá que colocá-lo em sacos herméticos em seguida. 5 Seque toda a roupa em temperatura alta. Isto é muito importante, porque vai acabar com os ácaros que sobreviveram ao ciclo de lavagem. 6 Use aspirador de pó na casa. Normalmente, isso significa apenas tapetes e carpetes. No entanto, quando você está lutando contra a sarna, você também terá de aspirar os colchões, cortinas e estofados. Isto deve ser feito todos os dias, enquanto durar o tratamento. Fonte://ehow.com

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Asma e Casa: Animais de estimação e aspirador

Algumas pessoas são alérgicas ao suor, saliva e perdas cutâneas de alguns animais. Estes são transportados pelo ar em partículas muito pequenas e invisíveis a olho nu. A reação pode ser provocada pelo toque ou apenas por se encontrarem na mesma divisão da casa. Os sintomas podem ocorrer passados alguns minutos de exposição ao animal ou poderão declarar-se apenas passadas algumas horas. Elimine a causa Se for alérgico ao seu animal de estimação, a melhor opção será arranjar-lhe um novo dono que o saiba estimar. Se não o conseguir fazer, mantenha o animal fora de casa e, em especial, fora dos quartos. Não permita nunca que o animal durma na sua cama. Cuidados extra Se for necessário escovar o animal, peça a um familiar ou amigo que o faça no exterior da casa. Lave o seu animal pelo menos duas vezes por semana. Cubra almofadas e roupa de cama com capas grossas e laváveis para reduzir a acumulação de alergenos dos animais de estimação, mas tenha em atenção que as capas em pele ou vinil sobre mobiliário são ainda melhores. Carpetes e tapeçarias devem ser aspiradas pelo menos duas vezes por semana. Atenção ao facto de os alergenos poderem ser transportados na roupa e transferidos para o mobiliário. Os alergenos do gato são especialmente difíceis de remover – mesmo que o gato já não esteja em casa, poderá demorar meses de limpezas regulares até que todos os alergenos sejam eliminados; este é um importante ponto a considerar se mudar para uma casa onde tenha vivido um gato. Os melhores animais de estimação para pessoas alérgicas são os que não têm pelo. Fonte://paraquenaolhefalteo ar

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Como tirar piolho do sofá com ajuda do aspirador

O tratamento contra piolhos não termina depois de lavar os cabelos infestados. Após o cabelo ser tratado, é extremamente importante lembrar de desinfetar tudo o que entrou em contato com o cabelo. Enquanto tratar roupas e toalhas se resume a lavá-las ou guardá-las em um plástico selado, tirar piolhos do sofá pode consumir um pouco mais de tempo. O que você precisa? Aspirador de pó Vaporizador Óleo de melaleuca Óleo de eucalipto nstruções Como tirar piolho de um sofá 1 Aspire o sofá e as áreas próximas. Isso deverá ser feito no momento em que o sofá entrar em contato com os piolhos. Se o sofá tem almofadas removíveis, retire-as para aspirar as áreas sob elas. Não deixe de aspirar embaixo do sofá também. 2 Compre um vaporizador descartável, juntamente com óleo de melaleuca e de eucalipto. Esses produtos podem ser usualmente encontrados em lojas de vitaminas e em algumas farmácias, assim como em lojas de cosméticos. Se você não encontrar óleo de eucalipto, não se desespere, é possível retirar os piolhos usando só o óleo de melaleuca. 3 Combine os óleos no vaporizador e adicione água o suficiente para diluí-los. Se você não conseguir encontrar o óleo de eucalipto, a combinação de melaleuca com água pode ser usada. Ambos são repelentes naturais de insetos que matarão qualquer piolho e lêndea restantes sem expor sua família ou animais de estimação a algum produto químico. Enquanto apenas aspirar, às vezes, pode ser eficaz, usar esses óleos para criar um spray é geralmente recomendado para matar algo que o aspirador tenha perdido. 4 Vaporize a mistura no sofá. Certifique-se de vaporizar também as almofadas. Evite assentar ou usar o sofá nas primeiras 24 horas. 5 Repita o processo se necessário. Os piolhos não podem sobreviver por muito tempo sem sangue humano, portanto você não precisa se preocupar se eles vão se reproduzir depois que todas as pessoas e animais de estimação da casa já tenham sido tratados. No entanto, você pode aspirar e vaporizar o sofá novamente por precaução e para dar tranquilidade à família. Fonte://ehow.com

quarta-feira, 4 de junho de 2014

DICAS ÓTIMAS: Cuide bem do seu sofá!!!

Amigas...Não sei vocês, mas eu, odeio sofá sujo, cheio de pelos, penugens e manchas... O pior é que nem sempre sabemos como tratar da limpeza dos estofados de forma ideal. Para cada tipo de revestimento, há um método diferenciado para remover as sujeiras. A seguir, vocês poderão conferir algumas dicas fáceis de realizar... Mãos a obra e boa sorte!!! ♦ ALGODÃO, SARJA E CHENILE Eles devem ser limpos regularmente com o aspirador de pó em potência média e uma escova bem macia e seca. Não utilize produtos químicos, pois atacam as fibras, diminuindo a resistência, o brilho e a vida útil. Fuja da luz solar direta Quando o assunto é sofá de algodão, a regra é deixá-lo bem protegido do sol. Se expostos por muito tempo e, geralmente, na mesma posição, mancham e perdem o brilho com a ação da luz. Avalie a possibilidade de instalar cortinas ou mudar a posição dos móveis sempre que possível, para que eles resistam por mais tempo. ♦ SINTÉTICOS Tecidos como o courino, o courvin, o couro ecológico e o couríssimo precisam ser mantidos longe do contato com a pele e o suor, porque ressecam. Portanto, é indicado apenas em regiões onde o calor é mais ameno. Os cuidados diários incluem deixá-los longe de canetas, facas e outros objetos cortantes e pontiagudos, já que são muito sensíveis a cortes e perfurações. Para limpar, utilize somente pano úmido, enxugando rapidamente. No caso de sujeiras mais intensas, vale a agilidade em usar um pouco de sabão neutro logo depois do acidente, mas é importante secar imediatamente a área. Almofadas Os cuidados tomados com o sofá estendem-se também a esses acessórios. Vale lembrar que nem todas as capas são laváveis. Por isso, observe com atenção as etiquetas que indicam as condições de lavagem para cada tecido. As almofadas de seda, por exemplo, devem ser lavadas a seco, e nunca friccionadas para retirar as manchas. ♦ CAMURÇA Este material requer cuidados específicos. No dia-a-dia, basta utilizar um aspirador em potência média e uma escova com cerdas finas de latão (encontradas em supermercados ou lojas especializadas). A escovação, por sua vez, deve ser sempre no sentido da fibra. A cada dois ou três meses, entretanto, é preciso aplicar um renovador, escovando a camurça antes e depois, para preservar a textura. Evite sentar-se, caso o sofá esteja úmido, para não manchar a roupa. Pelos por toda parte? Se o gato ou o cachorro adora cochilar no sofá, os pelos tornam-se uma dor de cabeça. Para lidar com o problema de forma eficiente e sem custos astronômicos, enrole uma fita adesiva em um pequeno bastão, com a parte colante para fora, e passe sobre o estofado. Os pelos irão colar na fita. Substitua o adesivo assim que perder o efeito colante. ♦ COURO NATURAL Ao limpar, utilize sempre pano seco ou levemente úmido, fazendo movimentos circulares. O pano deve ser limpo e, de preferência, branco. Atenção, o couro é um daqueles materiais que podem secar e rachar com o tempo. Por isso, a cada três ou quatro meses, dependendo do uso, limpe-o com xampu para couro e aplique cera de carnaúba incolor ou na cor do sofá. Crianças na área Quando os filhos deixam o chocolate, o leite e outros quitutes escorrerem sobre o assento, a melhor solução é agir rapidamente. Primeiro com um pano seco para absorver os excessos. Em seguida, com uma pequena esponja e escova úmida, limpe as manchas de fora para dentro, para não espalhar. O resultado vai depender de sua agilidade. Não deixe o tempo passar Se a sujeira permanecer no tecido por horas, mais difícil será de retirá-la, pois penetra na espuma e nas camadas internas do sofá, a ponto de sujar o móvel de fora para dentro, inviabilizando a limpeza. É o caso da urina de animais e produtos químicos corrosivos, que atacam as fibras do estofamento. Neste caso, é preciso buscar tratamento especializado ou a troca completa do material. ♦ VELUDO Com este tecido, a atenção deve se concentrar na umidade e na queda acidental de produtos. A limpeza também segue a regra do pano limpo e do aspirador de pó, usada no chenile e no algodão. Aproveite a tecnologia Para evitar a umidade, impermeabilize o seu sofá por meio de empresas especializadas. O processo garante proteção total a todos os tipos de tecido – exceto couro –, e pode ser realizado, também, em tapetes e colchões. O tratamento químico cria uma película protetora sobre as fibras, inibindo as sujeiras líquidas, como café, vinho e gordura. Em contato com o sofá, ficam na forma de pequenas bolhas, facilmente retiradas com um pano seco. A impermeabilização completa em um conjunto de dois e três lugares custa em torno de R$ 300 a R$ 400. Agora, se nem mesmo uma limpeza profissional foi capaz de resolver o problema, a solução pode ser revestir de novo o móvel. Para forrar um conjunto de 2 e 3 lugares, são necessários cerca de 20 m² de tecido, e o custo varia conforme o material escolhido. (fonte:// www.vejaovale

domingo, 1 de junho de 2014

Como remover os odores de urina e manchas permanentemente

Você provavelmente já tentou todos os produtos de limpeza das prateleiras e ainda assim as manchas e odores voltam! Há uma razão! Os produtos de limpeza típicos apenas mascararam os odores, que depois de alguns dias voltam Método 1 de 2: Manchas Frescas de Urina 1 Use toalhas velhas e guardanapos de papel para absorver o máximo de urina possível. Continue absorvendo a urina com um destes dois itens até que a área esteja apenas um pouco úmida. 2 Coloque um novo conjunto de panos velhos e/ou toalhas de papel sobre a área afetada. Cubra com papel de jornal. Pisoteie o jornal por pelo menos um minuto para que ele absorva o máximo de umidade possível. Quando você terminar a área estará quase seca. 3 Coloque as toalhas molhadas na área que você quer que seu animal de estimação faça suas necessidades, seja lá fora ou em uma caixa de areia. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 4.jpg 4 Lave a área com água limpa e fria. Faça isso com freqüência e remova o máximo de água possível de cada vez usando ou toalhas ou um aspirador de líquidos. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 5.jpg 5 Aplique um removedor de manchas de animal de estimação na área afetada. Embora possa parecer que a esta altura a urina já tenha sido removida do local, ainda existem vestígios no tapete que podem instigar o seu animal de estimação a utilizar o mesmo local novamente. Usar um eliminador enzimático irá quebrar os compostos do odor, minimizando a atração do seu animal para o local. 6 Lave a área novamente. Seque com pano ou use um aspirador para secar. Método 2 de 2: Manchas Secas 1 Use uma luz negra para identificar quaisquer manchas. Marque aquelas que não podem ser vistas a olho nu com giz para garantir que você não esqueça nenhuma mancha. 2 Use água morna para passar o aspirador de líquidos na área afetada. Não use água quente ou qualquer tipo de tratamento de vapor. O calor fará com que as proteínas na urina se liguem ao seu tapete, tornando-as quase impossíveis de remover. Se você não possui um aspirador de líquidos, você pode comprar em uma loja especializada. 3 Use um removedor de mancha de animal de estimação. Ele deve ser utilizado da mesma maneira como seria utilizado um removedor de manchas comum. 4 Lave com sabão o seu tapete usando o aspirador de líquidos. Há vários sabões feitos especificamente para a remoção de manchas de animais de estimação. Remove Urine Odors and Stains Permanently Step 11.jpg 5 Repita o passo um. Misture a água morna com uma pequena quantidade de vinagre para garantir que todo o sabão saia de seu tapete. Dicas A luz solar acaba com o odor, por isso, se você puder mover o item para o lade de fora, deixe-o fora por alguns dias. CUIDADO: A luz solar também desbota a cor. Vinagre e água misturados podem neutralizar o cheiro também. Ao escolher um removedor de odor e manchas à base de enzimas, certifique-se que ele também contenha "bactérias benéficas". As bactérias vão ajudar a melhorar a remoção do odor e das manchas. Você não deve ter que esfregar usando bons produtos de limpeza à base de enzimas. É importante lembrar que você precisará saturar a área afetada, a fim de chegar a todos os cristais de ácido úrico deixados pela urina. Não economize no uso do produto. Você estará perdendo seu tempo e dinheiro! Se as manchas e odores são antigos, você pode até mesmo ter que aplicar um segundo tratamento. Fonte://wikihow

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Aspirador de limpeza a vapor

O seu aspirador normal pode ser topo de gama, no entanto, possivelmente ele não remove a maioria da sujeira e poeiras que se encontrão principalmente nos tapetes. Para limpá-los totalmente e deixar sempre a sua casa perfeitamente limpa, você deverá usar um bom aspirador a vapor, de forma a obter melhores resultados e a limpar totalmente todas as nódoas de gorduras, matérias pegajosas e lama, que aspiradores normais não conseguem limpar. Aspirador de limpeza a vapor Este tipo de aspiradores usa vapor quente para limpar, este é produzido através da água que deve ser colocada num recipiente específico. Este tal vapor quente, usa a humidade e calor directamente sobre a superfície que deseja limpar, com a tensão e vapor quente, a zona afetada e suja fica totalmente higienizada. Normalmente, este tipo de máquinas vem com escovas que pode utilizar para limpar as fibras delicadas que se encontram nos tapetes e carpetes. Este tipo de material tem várias vantagens, se você ou alguém que vive consigo sofre de asma ou alergias, os aspiradores de limpeza a vapor vão provar que são superiores a qualquer outro método. Limpeza a vapor Através da limpeza a vapor, você facilmente pode livrar-se da maioria dos fungos, ácaros, pó, e outras substâncias prejudiciais para a saúde, na verdade, um bom aspirador a vapor é realmente muito eficaz para eliminar todos os germes e bactérias que são prejudiciais para a saúde de toda a família. É por esta razão, que este tipo de matérias devem ser utilizados para fazer uma limpeza a vapor pela sua casa pelo menos uma vez a cada dois anos, a regularidade desta limpeza também pode depender de quantas pessoas vivem na sua casa e da quantidade de sujidade que cada um produz. Aspirador comum VS Aspirador a vapor Por exemplo, os aspiradores de pó comuns que se usam em quase todas as habitações, apenas limpam a sujidade que se localiza na superfície dos tapetes e carpetes. A sujidade mais oleosa e mais estranhada normalmente mantém-se presa nas fibras dos tapetes e carpetes, e isto atrai ainda mais sujidades e poeiras. No entanto, se você usar um aspirador a vapor, a situação é completamente diferente, este consegue limpar perfeitamente este tipo de sujidades, que um aspirador comum deixa ficar para trás. Empresas de limpeza a vapor Nos dias de hoje, já se pode optar por fazer a limpeza a vapor contratando uma empresa profissional especializada com máquinas e conhecimentos próprios, ou também poderá comprar o seu próprio aspirador a vapor. Você deve sempre lembrar-se que um profissional especializado neste tipo de limpezas, conhece as melhores técnicas para fazer um trabalho perfeito e deixar a sua casa impecável, para além disto, ele poderá ter experiência com as mais variadas fibras, que por vezes requerem diferentes métodos de limpeza. Isto é extremamente importante se possuir tapetes antigos e valiosos, como é o caso dos tapetes orientais. Se você ainda não está convencido que este processo de limpeza de aspiração central é realmente eficaz, então experimente e comprove com os seus olhos os bons resultados, claramente você vai ficar muito satisfeito. Fonte://removermanchas.net

segunda-feira, 26 de maio de 2014

O descarte de filtros HEPA

Os filtros de partículas de aerossol de alta eficiência (HEPA) são usados ​​de várias formas para remover partículas, sujeira, poeira, alérgenos e até mesmo algumas formas de bactérias do ar. Eles têm se tornado comuns em aspiradores domésticos e limpadores de carpete, bem como na construção civil, em purificadores de ar e outras unidades de filtragem em casas e empresas. A maioria dos sistemas de filtragem HEPA também utiliza outros filtros na tentativa de remover o maior número possível de partículas do ar. Esses filtros deverão ser substituídos regularmente, e os antigos deverão ser descartados corretamente. Instruções 1 Use roupas de proteção, luvas e uma máscara de pólen ou respirador, já que o filtro HEPA usado poderá estar extremamente sujo, empoeirado ou até mesmo tóxico. 2 Desligue e desconecte o dispositivo em que o filtro HEPA está instalado. 3 Remova a caixa do filtro e todos os seus componentes do dispositivo. 4 Remova o filtro HEPA segurando os cantos externos da unidade e coloque-o dentro de um saco grande e selável. Em seguida, sele o saco. 5 Descarte o filtro HEPA ensacado em um depósito de resíduos ao ar livre ou de resíduos contaminados, se disponível. Fonte://ehow.com

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Instruções 1 Desligue o aspirador de pó e remova o coletor de pó. Existem algumas marcas que exigem que você desprenda um fecho, enquanto em outras é só puxar. 2 Destrave a tampa do filtro. A maioria dos modelos tem um travamento por torção. Para destravá-la, simplesmente gire no sentido anti-horário. 3 Retire o filtro HEPA. Algumas marcas têm invólucros duros enquanto outras possuem isopor. 4 Encha o balde com água morna e detergente. 5 Coloque o filtro no balde de água com sabão. Deixe-o de molho por 5 a 10 minutos para soltar os acúmulos mais resistentes. 6 Limpe o filtro com luvas de borracha. Passe os dedos cuidadosamente nos seus encaixes enquanto, alternadamente, o retira e coloca novamente na água. 7 Enxágue bem o filtro em água corrente. 8 Dobre a toalha pela metade duas vezes e coloque-a no balcão ou mesa. Ponha o filtro úmido sobre ela e deixe-o secar bem. 9 Recoloque-o no coletor de pó e trave-o. Recoloque o coletor em sua posição no aspirador.

Aspirar o pó é parte da rotina de todas as casas para limpar os pisos, mas o uso constante do aparelho pode sujá-lo e trazer mau cheiro, que pode se espalhar por toda a casa. Existem várias técnicas que podem limpar e desinfetar seu aspirador de pó. Instruções 1 Certifique-se de que todas as peças, filtros e sacos sejam limpos e substituídos conforme necessário. Alguns filtros podem ser lavados à mão e secos naturalmente. Essas peças podem ficar muito sujas ao longo do tempo, por isso, faça questão de passar o aspirador de pó apenas com filtros, sacos e peças limpas. 2 Substitua os sacos ​​ou filtros descartáveis se eles tiverem um cheiro de mofo ou de bolor. É difícil livrar-se do mofo e ele pode ser prejudicial para saúde da sua família, por isso simplesmente comprar novos filtros e sacos para o aspirador é a sua aposta mais segura. 3 Tente "pré encher" seu saco antes de usá-lo. Coloque alguns grãos de café, cascas de laranja secas ou bicarbonato de sódio no saco. Conforme passa o aspirador de pó, essas adições soltarão uma fragrância agradável no ar. 4 Misture o óleo de gerânio com um pouco de água e mergulhe um pano de chão na solução. Em seguida, esprema o líquido do pano. Coloque-o dentro de um saco vazio durante a noite, depois remova-o e comece a aspirar. 5 Compre um desinfetante comercial para aparelhos domésticos e pulverize o interior da máquina. Fonte://ehow.com

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Como aspirar água com um aspirador molhado/seco

Um aspirador seco/molhado é um equipamento extremamente útil para qualquer empresa, loja, garagem ou casa. Ele suga qualquer coisa, desde um leite derramado até pregos espalhados. Se um cano quebrar, um vaso sanitário transbordar ou pequenas inundações ocorrerem sob chuva forte, você pode usar o aspirador para limpar a bagunça. INSTRUÇÕES 1 Remova o filtro. Para uma pequena quantidade de água, isso é opcional, mas você precisa secar o filtro corretamente após a limpeza para evitar mofo. É mais simples aspirar sem ele. 2 Anexe o seu acessório de remoção de água à mangueira. Este acessório tem uma espécie de rodo que ajuda a mover a água e pressionar o líquido para fora dos tapetes. 3 Esvazie o tanque de coleta. Alguns modelos têm um tanque para líquidos e um saco para pó seco, mas outros usam o mesmo tanque para ambos. Você deve começar a aspirar com um tanque de coleta limpo, ao invés de adicionar água a todo o seu conteúdo. 4 Alguns modelos de aspiradores seco/molhado têm um plugue de dreno no fundo do tanque de coleta, e alguns têm também uma bomba. Se você estiver usando um desses modelos e tiver uma grande quantidade de água para aspirar, remova o plugue e anexe uma mangueira de jardim ao tanque de coleta. Direcione a mangueira para fora de casa ou para um bueiro próximo da área do problema. 5 Aspire a água, prestando atenção a qualquer mudança no som do motor. A maioria dos modelos de aspiradores seco/molhado tem um mecanismo de bola flutuante que interrompe a sucção quando o reservatório está cheio. Você pode perceber quando isso acontece pelo som do motor. 6 Esvazie o tanque. Se você não for sugar uma quantidade grande de água que justifique o uso de uma mangueira, basta remover o plugue do dreno para despejar a água. Se o seu aspirador não tiver um dreno, retire o tanque de coleta e despeje a água. É melhor fazer isso com bastante frequência, antes que o tanque fique muito pesado para ser levantado. 7 Depois que a água for removida, guarde o acessório e recoloque o filtro. Fonte://ehow.com

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Como fazer a aspiração de resíduos usando uma mangueira de jardim operando com um aspirador?

Piscinas precisam de aspiração regular para evitar o acúmulo de detritos. Normalmente, a aspiração da piscina envolve um mastro com uma cabeça de aspirador especializada e um sistema de mangueira ligado. Quando estes itens não estiverem disponíveis, uma mangueira de jardim comum pode ser usada como substituta. Aspirar a água da piscina diretamente para fora, no chão, ou aspirar resíduos, efetivamente elimina detritos e sujeira da piscina, melhorando a qualidade da água. Aspire resíduos de detritos para fora da piscina, no chão, com uma mangueira de jardim utilizando o princípio de sifão. Instruções 1 Escolha uma área de drenagem que seja mais baixa do que a piscina. Aspirar resíduos da água diretamente para fora da piscina com uma mangueira de jardim não funciona, a menos que a gravidade seja capaz de puxar água através da mangueira. 2 Conecte a extremidade livre da mangueira de jardim na torneira e a ligue. Permita que a mangueira encha completamente com água, em seguida, feche a torneira. Feche a outra extremidade da mangueira de jardim com um plugue ou grampo. 3 Coloque a extremidade da mangueira presa dentro da piscina. Desaparafuse a outra extremidade e rapidamente aperte-a. Coloque a recém-apertada extremidade da mangueira na área que você deseja que a água escorra. 4 Solte a extremidade da mangueira atualmente na piscina e garanta que ela permaneça sob a água. Vá até a outra extremidade da mangueira e a desprenda. A água começará a fluir a partir do tanque, através da mangueira, e para a área de drenagem, funcionando como um um aspirador de resíduos. Mova a extremidade da mangueira submersa na água ao longo do fundo da piscina para remover os detritos. Fonte://ehow.com

segunda-feira, 12 de maio de 2014

10 malucas invenções de limpeza

Alguns chamam de preguiça, outros de conveniência. A verdade é que certos dispositivos de limpeza inventados nos fazem imaginar qual foi o verdadeiro motivo por trás. Seria o ser humano tão ridiculamente acomodado? Ou isso tudo é apenas criatividade mal canalizada de quem não tem mais o que fazer? 1) Chinelo de matar baratas Não sei se o cabo atrapalha na hora de andar, mas essa é com certeza a maneira mais eficaz de matar uma barata sem ter que ficar muito perto dela. 2) Esfregão bebê Já que você quis botar filho do mundo, é sua obrigação olhar o bebê enquanto ele está agitado e quer circular pela casa. Agora, essa tarefa não vai lhe impedir de cumprir com suas tarefas de limpeza. Pelo contrário, você vai unir o útil ao agradável: vista seu bebê com um “esfregão” e o coloque sobre aquele chão de madeira ou piso de azulejo que precisa de uma boa faxina. 3) Dispositivo de limpeza de ouvido com câmera de vídeo Talvez o dispositivo de limpeza até seja uma coisa boa, já que tantos especialistas dizem que não é bom usar o cotonete para limpar dentro do ouvido. Mas qual é a da câmera? Quem sabe é sempre bom ver sua sujeira antes de limpá-la… 4) Aspirador de pó USB Que atire a primeira pedra quem nunca come quando está no computador. Pelo menos agora você pode limpar as migalhas de pão e o pó acumulado entre o seu teclado. Alguém muito inteligente lançou um mini e leve aspirador de pó USB, de design retrô, que se conecta a porta USB do seu computador para uma limpeza completa desse ambiente. Tão completa que vem com um cabo extensor para que você possa limpar cada canto da mesa. 5) Lavadora de humanos Se as máquinas podem lavar nossas roupas, porque não podem nos lavar? Pelo menos uma pode. Esse conceito existe há quase 40 anos. O “Ultra-banho” pode lavar seu corpo automaticamente. O usuário deve entrar na máquina pela abertura da parte superior através de uma escada. Após o ajuste de temperatura, o ciclo começa. O banho pulveriza o usuário com água quente e o processo dura 5 minutos. Em seguida, vem uma massagem de 3 minutos. Enfim, uma nuvem de bolhas de ar criadas pelo gerador de ondas ultra-sônicas tira a sujeira da sua pele. Você está limpo. E você nem precisa se secar; o equipamento oferece serviços de secagem também. 6) “Cama fácil” É isso: a humanidade finalmente atingiu um ponto sem retorno de preguiça. Chamem de conveniência, mas uma cama que é perfeitamente capaz de se arrumar sozinha parece exagero. Porém, a invenção não deixa de ser interessante; além de trazer as camas para um novo nível de automação, combina totalmente com aquelas pessoas que acham que a cama se arruma sozinha. 7) Robô lavador de banheiros Essa sim é a invenção mais útil de todos os séculos: o robô de limpeza do banheiro, da Rússia, é um assistente tecnólogo que limpa e arruma o banheiro automaticamente. Você ficaria surpreso com seu desempenho perfeito. Quando conectado a água da torneira, o robô começa a limpar o local com um pano. Sejam chuveiros, banheiras, pias, pisos ou paredes, o robô os limpa de forma eficiente. Ainda melhor: seu design ainda lhe permite subir na parede para garantir uma limpeza completa. 8 ) Aspirador de pó em bola A bola é projetada para rolar em torno do cômodo, movida por um motor interno que desloca o centro de gravidade para movimentá-la. Quando a bateria está esgotada, a esfera volta à carga. Parece legal, mas há uma razão para que as pessoas tenham inventado robôs de aspirador de pó baixos e atarracados: para permiti-los entrar sob a mobília, onde a poeira tende a se esconder. O tamanho grande da bola significa que ela vai ter dificuldade de limpar vários cantos do cômodo, até mesmo junto à parede. 9) Sapatos limpadores Ninguém gosta de trabalhos domésticos, então qualquer coisa que os torne mais fáceis está valendo. Ainda assim, como já dito anteriormente, certas coisas dessa lista puxam a conveniência muito longe de seu significado, como esses sapatos que têm pequenas vassouras embutidas. O conceito do sapato não é algo que você pode simplesmente usar em casa, e as escovas não vão varrer muito longe. De qualquer forma, ele é recarregável e possui um display LED que permite que você veja quanta bateria resta. Em um dia que você não tiver o que fazer… 10) Lavador de frutas e verduras Cansou de lavar e limpar toda a comida antes de comê-la? O Coway SWV-08AM é um dispositivo megasônico de limpeza que lhe oferece uma maneira fácil de remover a sujeira e os agroquímicos de seu alimento favorito. Ele usa ondas sonoras para limpar carnes, frutas e mantimentos, bem como louças, potes, panelas e talheres com pouco ou nenhum detergente. O princípio é bastante simples: poderosas ondas sonoras induzem um efeito de cavitação, soltando as impurezas das superfícies dos alimentos. Integrados, há um controlador e uma torneira, fáceis de usar e instalar. A água que flui através da torneira lava a jato de spray as impurezas, evitando contaminação de segunda mão. Além disso, há também um filtro de sedimentos para uma água mais limpa. Esse filtro tem numerosas dobras na superfície para ampliar a área de filtração, aumentando também a capacidade de remover partículas finas da água. Existem dois grandes botões rotulados forte e suave, que permitem que você selecione a pressão de água adequada para tarefas pesadas como lavar pratos, ou tarefas mais sensíveis como lavar frutas e legumes. Fonte://hypescience.com