quarta-feira, 31 de maio de 2017

Controle de ambiente para todos os pacientes com alergia respiratória com ajuda do aspirador de pó industrial

Alergias e aspirador de pó industrial


As alergias respiratórias, principalmente a asma e a rinite alérgica, são muito comuns na população em geral. O que poucos sabem é que é possível prevenir e controlar as crises respiratórias através de algumas ações simples que você mesmo pode tomar.
Em primeiro lugar é fundamental consultar um médico para realizar uma avaliação do quadro clínico, dar o diagnóstico, identificar as principais causas que desencadeiam e agravam as crises alérgicas e orientar o tratamento mais adequado para você.
Além disso, você pode realizar um programa de controle de ambiente, nos locais em que você passa a maior parte do tempo, principalmente a casa e o quarto, para diminuir os alérgenos causadores da alergia. Os principais são: ácaros da poeira, mofo, penas, pelos de animais e pólen. Veja a seguir, algumas dicas de controle de ambiente para combater os principais alérgenos e irritantes

Ácaros da poeira

Os ácaros da poeira (Dermatophagoides pteronyssinus, Dermatophagoides farinae e Blomia tropicalis) e seus excrementos são os maiores agentes causadores das alergias respiratórias. São organismos microscópicos que se alimentam da descamação da pele humana. Encontram-se normalmente em colchões, travesseiros, roupas de cama, cobertores, carpetes, tapetes, móveis estofados, cortinas, bichinhos de pelúcia, estantes, livros e poeira doméstica.

Para eliminá-los recomendamos:

No quarto
  • Encapar os colchões com materiais impermeáveis, sem aberturas e fechado com zíper. Ácaros não conseguem atravessar essas proteções e, dessa maneira, são mantidos longe da sua fonte de alimentação (descamação da pele humana). Encape todas as camas do quarto.
  • Limpar as capas com pano úmido ou aspirador de pó industrial pelo menos uma vez por semana.
  • Usar travesseiros de poliéster que podem ser lavados com freqüência e cobri-los com capas impermeáveis, semelhantes às dos colchões.
  • Usar edredons, acolchoados leves ou cobertores sintéticos que possam ser lavados com freqüência. Evitar travesseiros de penas, colchas ou cobertores de lã ou felpudos.
  • Lavar as roupas de cama duas vezes por semana em água quente. A água fria ou morna não mata os ácaros.
  • Retirar do quarto bichinhos de pelúcia, livros e revistas, cortinas, almofadas, tapetes ou carpetes.
Na casa
  • Manter a casa arejada e ventilada.
  • Evitar tapetes ou carpetes. Se tal medida não for possível, usar um aspirador de alta eficiência (com filtro HEPA) que filtra as partículas de sujeira e os ácaros. O uso de aspirador convencional pode ter resultado pouco satisfatório porque seus filtros não retêm os agentes causadores das alergias e permitem que as partículas aspiradas voltem ao ambiente.
  • Limpar a casa diariamente com pano úmido (não varrer ou espanar). Se você tiver alergia e for realizar a limpeza, use máscaras de proteção. Existem no mercado máscaras com filtro HEPA.
  • Evitar residências que permanecem fechadas durante muito tempo assim como bibliotecas, porões, sótãos ou ambientes com grande acúmulo de poeira.
  • Dar preferência a tecidos emborrachados nos móveis estofados.
  • Manter o ar condicionado limpo trocando com frequência o seu filtro.

Fungo

É outro grande alérgeno responsável pelas crises e se desenvolve em lugares com alta umidade relativa.O fungo cresce em lugares úmidos, escuros, pouco ventilados (porões, despensas e closets) e em alguns banheiros e cozinhas.

Por isso, para evitar a sua proliferação:

  • Evite vazamentos ou acúmulos de água. Conserte vazamentos de telhas e mantenha as calhas limpas.
  • Evite áreas pouco ventiladas ou sombrias, jardins mal conservados, plantas dentro de casa e aquários.
  • Lave as roupas que estejam guardadas por muito tempo.
  • Limpe regularmente chuveiros e banheiras, vasos sanitários, armários, cozinhas, banheiros e porões com alvejantes ou desinfetantes.
  • Mantenha uma luz elétrica em armários úmidos para secar o local.
  • Não use vaporizadores ou umidificadores de ar na casa pois eles favorecem a proliferação do mofo.
  • Utilize desumidificadores de ar em ambientes muito úmidos.

Animais de estimação

As causas da alergia respiratória relacionadas aos animais de estimação são a caspa (escama da pele) e a saliva do animal. Além disso, o pelo também é um desencadeante, pois acumula poeira, ácaros e mofo que são fortes causadores de alergia.
Sendo assim evite ter animais de estimação de pelos tais como: cães, gatos e coelhos. Mas se você já tem na sua casa, mantenha-os do lado de fora, sem contato com a pessoa alérgica .

Irritantes

Existem ainda substâncias que têm um forte papel irritante que podem piorar uma crise já existente ou contribuir para o aparecimento de uma nova. Veja abaixo as principais substâncias irritantes:
Cigarro
Um dos mais perigosos irritantes é a fumaça do cigarro. Muitos estudos sobre os seus efeitos na saúde respiratória em crianças demonstram a relação entre a fumaça secundária (fumaça respirada) e a incidência maior de doenças respiratórias, principalmente durante os dois primeiros anos de vida.Além disso, o contato de crianças asmáticas com essa substância causa um aumento dos sintomas de tosse e falta de ar.
Em adultos, a fumaça aspirada passivamente tem colaborado para aumentar os problemas respiratórios, incidência de câncer e doenças respiratórias crônicas. Dessa forma, pacientes alérgicos e asmáticos devem evitar completamente a fumaça do cigarro.Ninguém deve fumar dentro de casa e nunca na presença do paciente asmático.
Odores fortes
  • Evite usar tintas, inseticidas, detergentes, desinfetantes, ceras, produtos de limpeza e produtos químicos.
  • Evite sabonetes, xampus, perfumes, cosméticos e odores fortes. Use produtos neutros, sem perfume.
  • Evite usar incensos.
  • Evite também produtos em spray aerosol, pois expelem partículas que irritam as vias aéreas quando inaladas.
  • Poluição do ar
  • A poluição do ar pode causar um aumento dos problemas respiratórios. Portanto, evite exercícios ao ar livre, perto de áreas com trânsito muito intenso ou com fumaça de indústrias.
Tempo
Mudanças bruscas nas condições do tempo, particularmente no frio, podem agravar as doenças respiratórias em muitos pacientes.

Recomendações

Esportes
A prática de esportes é importante e deve ser feita por todos os pacientes alérgicos. Converse com o seu médico.
Exercícios respiratórios
A fisioterapia respiratória traz muitos benefícios às pessoas com alergia respiratória. Informe-se com o seu médico.

Lembre-se

Para um controle adequado das crises alérgicas é necessário um bom relacionamento com o seu médico.Para tanto, utilize a medicação prescrita conforme a orientação médica e tire todas as suas dúvidas relacionadas ao tratamento. Não use medicamentos por conta própria e comunique seu médico se outros fatores estiverem causando a piora das crises.
Fonte:// alergo dermatologia

sexta-feira, 26 de maio de 2017

O Aspirador de pó Industrial Cuidando de Carpetes - Dicas Cuidando do seu Carpete


O aspirador de pó industrial cuidando de seu carpete


 Independentemente do tipo de revestimento utilizado (cerâmica, madeira, carpete, etc), o piso está sujeito a vários tipos de sujidades. Por isso, é fundamental limpá-lo regularmente de modo a evitar que as sujeiras se espalhem prejudicando sua aparência e durabilidade, bem como o bem-estar das pessoas que freqüentam o ambiente, visto que um dos principais causadores de alergia é o pó. A principal vantagem do carpete é que, conforme o pó vai assentando, ele fica retido entre suas fibras. Desta forma, em ambientes acarpetados, a quantidade de pó suspenso no ar é consideravelmente menor em comparação com os demais tipos de revestimentos, proporcionando um ambiente mais saudável, já que o pó age como portador de micróbios, alérgenos e outros contaminantes. Confeccionado com fibras 100% sintéticas, o carpete é um produto não alergênico. A limpeza deverá ser proporcional à quantidade de sujeira que o carpete está sujeito obedecendo-se às seguintes dicas: 1. Aspiração freqüente Uma boa aspiração remove as partículas de sujeira, as quais danificam as fibras do carpete causando uma má aparência. Tenha certeza que seu aspirador de pó industrial  está funcionando bem, lembre-se de trocar os sacos de depósito de sujeira e limpar os filtros regularmente. Para sujeiras normais como poeira e cinzas de cigarro, aspire pelo menos uma vez por semana. Áreas de tráfego intenso, como escadas e corredores, devem ser aspirados diariamente com aspirador de pó industrial. 2. Prevenção para sujeiras e danos aos fios Coloque capachos, tapetes ou passadeiras em todas as entradas. Limpe ou troque os capachos ou tapetes regularmente. Use protetores de carpete debaixo de móveis pesados ou móveis com rodinhas. Reorganize seus móveis freqüentemente para mudar a área de uso. 3. Quando necessário, procure uma empresa de limpeza especializada Quando seu carpete aparentar estar sujo mesmo depois de aspirado com aspirador de pó industrial, é hora de uma limpeza profissional. Consulte uma empresa especializada para conhecer o melhor método de limpeza. Recomendamos que a lavagem do carpete seja executada regularmente. É aconselhável que este tipo de serviço seja realizado por empresas especializadas. Importante: Use shampoos para carpete com cuidado. Muitos destes produtos deixam resíduos pegajosos que podem atrair mais sujeira. Certifique-se que estes produtos foram totalmente removidos do seu carpete. 4. Cuide das manchas o mais rápido possível. Quanto mais rápido você agir, melhor será o resultado. Primeiro remova o máximo possível do material derramado. Raspe cuidadosamente o excesso, aspire no caso de ser sólido ou absorva com papel toalha branco no caso de manchas úmidas. NUNCA ESFREGUE UMA MANCHA! Fonte://casanova.com

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Aspirador de pó industrial é letal para as pulgas, diz estudo

Cientista acredita que as escovas do aparelhos de aspirador de pó  industrial  rasgam a cutícula dos parasitas, que se desidratam


Cientistas determinaram que a sucção de um aspirador de pó  industrial é capaz de matar pulgas em todas as fases da vida, com 96% de sucesso contra pulgas adultas e 100% nos parasitas mais jovens.   Pesquisadores  da Universidade Estadual de Ohio consideraram a descoberta tão surpreendente que repetiram o experimento diversas vezes.   Os testes foram realizados em pulgas de gato, ou Ctenocephalides felis, o tipo mais comum a atacar animais de companhia e seres humanos.   Segundo os responsáveis pelo trabalho, a combinação dos efeitos deletérios das escovas, ventiladores e fortes correntes de ar nos aspiradores atuam em conjunto para matar as pulgas. O modelo testado usou um sistema de sucção vertical, mas os pesquisadores crêem que o design do aparelho não deve ter afetado os resultados.   "Não importa em que tipo de aspirados a pulga é sugada, provavelmente trata-se de uma viagem sem volta", disse o entomólogo Glen Needham, co-autor do estudo, publicado no periódico Entomologia Experimentalis et Applicata.   Ele teoriza que as escovas dos aspiradores removem a cutícula que recobre as pulgas, expondo-as à desidratação. "Não fizemos autópsias, então não podemos falar com certeza. Mas parece que é a agressão física que causa a morte", disse ele.   O estudo foi parcialmente financiado pela Royal Appliance Manufacturing Co., uma indústria de eletrodomésticos
Fonte:
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,aspirador-de-po-e-letal-para-as-pulgas-diz-estudo,97291,0.htm

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Aspirador de Pó Industrial acabando com as formigas

Matar formigas doceiras com ajuda do aspirador de pó industrial


As formigas-doceiras são extremamente comuns e excepcionalmente destrutivas. Se não for notada, uma infestação desta praga pode se espalhar rapidamente. Por esta razão, identificar e exterminar estas formigas o mais cedo possível pode ajudar a prevenir sérios problemas estruturais, cujo reparo pode ser bem caro. Veja o passo 1 abaixo para começar a acabar com infestações antes que elas saiam do controle.

Parte 1 de 3: Detectando uma infestação

    1. 1
      Aprenda a identificar formigas-doceiras. Elas pertencem ao gênero Camponotus, que possui mais de 1000 espécies.[1] Elas estão presentes em todos os continentes, menos na Antártida e cada espécie possui características diferentes. Porém, há certos traços em comum ao gênero que são úteis para saber se as formigas na sua casa são as doceiras ou outra variedade. Alguns destes traços são:[2]
      • Cor: geralmente são vermelhas, pretas ou em um tom intermediário
      • Formato: Segmentadas, com abdômen oval e tórax quadrado e fino. A parte de cima do tórax da formiga-doceira geralmente tem uma curva leve e uniforme, e não desigual ou saliente
      • Tamanho: Aproximadamente, de 1 a 1,25 cm, dependendo da casta.
      • Antenas: Sim
      • Asas: Normalmente, formigas operárias não têm asas. Porém, machos raramente as têm.
      Anúncio

    2. Kill Carpenter Ants Step 2 Version 2.jpg
      2
      Saiba onde formigas-doceiras vivem. Formigas-doceiras podem (e vão) fazer uma panela dentro ou fora de qualquer estrutura, mas casas de madeira oferecem um risco maior, pois elas gostam de cavar túneis minúsculos na madeira. Ao contrário de cupins, elas não comem madeira – apenas fazem túneis para criar um formigueiro.[3] A madeira úmida é mais fácil de perfurar do que a seca, por isso, elas serão encontradas geralmente perto de uma fonte de umidade, como uma pia ou banheira vazando.
      • Às vezes, as formigas-doceiras constroem ligações entre uma ou mais colônias “fora” de uma estrutura e se movem entre tais colônias e seus abrigos internos, entrando na estrutura por meio de pequenos buracos ou trincos. Nestes casos, as colônias externas geralmente ficam em tocos de árvores, lenhas ou pilhas de madeira e em outras fontes de madeira úmida. Sempre dá pra localizar trilhas de formigas-doceiras de manhã cedo e quando começa a anoitecer, quando elas procuram alimentos.
      • Quando elas cavam túneis, deixam uma excreção que parece raspas minúsculas de madeira ou serragem no caminho. Nesta excreção, geralmente há insetos mortos. Esta pode ser uma dica para localizar o formigueiro. Se achar montinhos desta substância dentro ou fora de casa, inspecione a madeira ao redor procurando buracos – se usar uma chave de fenda fina no local suspeito, pode achar pontos ocos.[4]
    3. Kill Carpenter Ants Step 3 Version 2.jpg
      3
      Saiba onde procurar atividade desta formiga. Embora elas prefiram ficar na madeira, se houver uma colônia dentro da parede da sua casa, pode ser bem difícil encontrá-la. Se tiver esta suspeita, uma boa ideia é procurá-las em lugares de fácil acesso onde tem chances de achá-las. Alguns lugares comuns dentro de uma casa são mais propícios à atividade destas formigas, principalmente se estes locais forem úmidos e/ou tiverem acesso à comida. Procure formigas-doceiras em:
      • Carpetes – veja ao redor de portas, lareiras e outros locais com acesso ao exterior.
      • Pátios e alicerces
      • Locais com vegetação – as formigas adoram fazer colônias e trilhas em lugares escondidos por trás da vegetação, tocos de árvores, galhos em terraços etc. Olhe por trás das plantas. Se vir uma trilha, tente segui-la até o formigueiro.
        • O húmus e montes de folhas podem abrigar diversos tipos de formigas além da doceira, como a Tetramorium caespitum, Formiga-lava-pés e Formiga-argentina. Passe um rastelo pelo húmus para ver se há formigueiros.
      • Pisos – plantas em vasos, pilhas de composto ou outro item que tenha contato com o chão podem ter estas formigas.

    Parte 2 de 3: Exterminando formigas-doceiras

    1. Kill Carpenter Ants Step 4 Version 2.jpg
      1
      Tenha cuidado ao lidar com formigas-doceiras. Embora ninguém vá fazer isso, vale a pena mencionar: não mexa diretamente no formigueiro. Elas não são particularmente agressivas e geralmente não picam humanos. Porém, quando são irritadas ou ameaçadas, elas podem dar picadas dolorosas. Elas também são conhecidas por esguichar ácido fórmico nas picadas, aumentando a dor. Tomar picadas de formigas-doceiras não é o fim do mundo, mas é possível evitar a dor desnecessária não mexendo no formigueiro ou nas formigas diretamente, a não ser que seja absolutamente necessário e, neste caso, deve-se usar luvas e mangas compridas.
    2. Kill Carpenter Ants Step 5 Version 3.jpg
      2
      Localize a(s) colônia(s). O primeiro passo para exterminar uma colônia é encontrá-la. Para definir a sua localização dentro de casa, procure formigas, pequenos buracos e montes de excreção nos locais citados na primeira parte, prestando bastante atenção a regiões que possam conter madeira úmida. É possível ver se há infestações na madeira dando tapas firmes na sua superfície. Se houver muitos túneis, a madeira vai ter um som oco e parecer mais fina. Dar tapas também agita as formigas, fazendo com que elas saiam e possam ser vistas por você com mais facilidade.
      • Não se esqueça de que colônias mais antigas podem ter colônias menores por perto, que também devem ser localizadas para que todas as formigas sejam exterminadas.
    3. Kill Carpenter Ants Step 6 Version 3.jpg
      3
      Destrua ou remova a colônia. No caso das menores, ou das que possuem fácil acesso, é impossível se livrar apenas da colônia. Se ela estiver para fora, basta se livrar da madeira afetada com cuidado, usando materiais impenetráveis como lona encerada para se proteger das formigas enquanto lida com a madeira. Se a colônia for dentro de casa, alguns sites de controles de pragas recomendam o use de aspirador de pó para desfazer o formigueiro e sugar as formigas.[5]
      • Se usar o método do aspirador, não se esqueça de vedar e depois jogar fora o saco para impedir que as formigas sobreviventes escapem.
      • Se encontrar uma colônia que perfurou uma extensão muito grande de madeira na sua parede, não corte a madeira – assim, há riscos de comprometer a estrutura da casa. Ao invés disso, chame um profissional
    4. Kill Carpenter Ants Step 7 Version 2.jpg
      4
      Use iscas para colônias que não pode alcançar diretamente. Nem sempre dá pra achar formigueiros. Porém, se puder encontrar um bom número de formigas, colocar inseticidas em suas trilhas pode ajudar a controlar e eliminar a colônia. Há várias iscas, armadilhas e outros produtos para matar formigas à venda – vá a lojas de ferragens para ver as opções disponíveis para você.
      • Tenha muito cuidado ao usar iscas de veneno em uma casa com crianças pequenas. Certifique-se de que a criança não irá comer o veneno ou, se ela for muito nova para entender, fique sempre por perto.
    5. Kill Carpenter Ants Step 8 Version 2.jpg
      5
      Entre em contato com um profissional. Se não conseguir localizar e eliminar a colônia rapidamente e não obtiver sucesso com o veneno, é melhor chamar um profissional. Ele terá acesso a inseticidas e outras ferramentas que não estão disponíveis para o público geral, mas, principalmente, terá treinamento e experiência para localizar e avaliar a infestação com muito mais inteligência.
      • Lembre-se de que certos métodos utilizados por profissionais podem exigir a saída da casa por um ou dois dias.
      • Não demore para entrar em contato – quanto mais esperar para lidar com uma infestação, mais a colônia pode crescer e maior pode ser o dano causado à estrutura de madeira.

    Parte 3 de 3: Prevenindo infestações

    1. Kill Carpenter Ants Step 9.jpg
      1
      Elimine fontes de umidade. A umidade é um fator determinante para a infestação de formigas-doceiras. Geralmente, uma parte da madeira se torna suscetível depois de ser exposta à água. Ao consertar e vedar vazamentos, irá dificultar a criação de formigueiros. Abaixo há algumas sugestões para eliminar a umidade que pode contribuir com este problema:[6]
      • Veja se há problemas de vedação ao redor de janelas
      • Veja o telhado e as paredes possuem vazamentos
      • Procure e conserte vazamentos
      • Limpe calhas entupidas para dar o escoamento certo à água
    2. Kill Carpenter Ants Step 10.jpg
      2
      Vede buracos, trincos e fendas. Se as formigas não conseguirem mais entrar e sair de sua casa, qualquer colônia interna que seja alimentada por colônias externas maiores vai ficar isolada e morrer. Inspecione a parte de fora da sua casa para ver se há rachaduras, buracos e outros espaços pequenos que permitam a passagem de formigas – presta muita atenção às regiões próximas ao chão. Vede todos os buracos que achar com vedante ou maça de vidraceiro.
      • Além disso, veja os locais onde fios elétricos e encanamentos entram na sua casa, pois são muito vulneráveis à infestação.[7]
    3. Kill Carpenter Ants Step 11.jpg
      3
      Elimine materiais de madeira ao redor da sua casa. As formigas-doceiras adoram se abrigar na madeira, tanto interna quanto externa, então, ao eliminá-las do seu quintal ou arredores, manterá os insetos afastados. Inspecione com cuidado todas as fontes de madeira perto de sua casa – se estiverem infestadas, mova-as com cuidado ou jogue-as fora. Olhe com atenção os seguintes lugares:[8]
      • Tocos de árvore
      • Pilhas de lenha
      • Árvores velhas, principalmente se os galhos tocam a sua casa
      • Pilhas de lixo no quintal
    4. Kill Carpenter Ants Step 12.jpg
      4
      Considere a instalação de uma barreira artificial. Se estas formigas forem um problema recorrente, você pode pensar em colocar uma pequena faixa de cascalho e pedras ao redor de sua casa. Esta “barreira” é bastante inóspita para formigas-doceiras e pode desencorajá-las a tentar entrar na sua casa pelos buracos perto do alicerce. Fale com um empreiteiro para discutir se este projeto é prático e se pode bancá-lo, ou, se você tiver este talento, faça por conta.
      Anúncio
      Use iscas de veneno e formicidas sempre que possível. Se o veneno imitar a melada produzida por pulgões, vai obter um controle a longo prazo, pois as formigas-doceiras se alimentam de pulgões e irão adorar.Formigas-doceiras são muito ativas à noite. Pegue uma lanterna e saia. Procure trilhas de formigas-doceiras em árvores, madeira e outros locais possíveis. Também é possível segui-las até o formigueiro.

      Avisos:
      Não use sprays ou pós venenosos ao usar iscas. Isso só irá matá-las e você está tentando fazê-las comer a isca. Além disso, eles contaminam a isca.
    Fonte://wikihow

terça-feira, 2 de maio de 2017

Aspirador de pó industrial e livros

Dicas de como fazer a higienização dos livros com ajuda do aspirador de pó industrial


A higienização de livros através de métodos tradicionais manuais é, habitualmente, um processo moroso, desmotivante e repetitivo, sendo difícil para o técnico que executa tal operação manter e assegurar um trabalho eficiente e com qualidade ao longo de todo o dia, o que significa que nem todos os livros são limpos em profundidade e com a mesma atenção.

Por outro lado, a remoção de todos os livros das prateleiras, o seu empacotamento e recolocação nas prateleiras leva muito tempo e custa muito dinheiro  - limpar muitos livros significa muitas horas, dias e meses do ano.

Para além de tudo isto, os poluentes sólidos presentes no ambiente, como poeiras e pó, são como se sabe um factor importante de degradação do papel e documentos gráficos, sendo também prejudiciais à saúde, pelo que a sua eliminação é um factor importante para a preservação de acervos bibliográficos e documentais.
 rata-se de uma máquina de limpeza móvel, completamente automática, que limpa todas as partes do livro automaticamente (12 livros por minuto). Foi desenhada para limpar grandes quantidades de livros com o formato que habitualmente se encontra em bibliotecas.
A máquina de limpeza DEPULVERA limpa os livros de uma forma rápida, eficiente e segura. Com apenas dois operadores consegue limpar 12 livros por minuto, reduzindo desta forma os custos com esta operação.
Para além disso, com DEPULVERA o último livro do dia a ser limpo sê-lo-á com o mesmo cuidado e atenção que o primeiro.
DEPULVERA é produzida pela ORACLE srl ®, empresa italiana que trabalha desde há muito no sector livreiro e que conhece bem os problemas específicos causados pela sujidade e fungos a acervos bibliográficos. É produzida com materiais de qualidade e componentes que permitem uma operação fácil para o utilizador e garantem o mínimo de assistência técnica.
O objectivo da máquina Depulvera é o de proporcionar um ambiente seguro ao técnico que efectua a operação de higienização de livros antigos e frágeis, protegendo-o contra esporos de fungos perigosos durante essa operação. O pó e bolores que eventualmente existam nos livros são extraídos durante a operação de limpeza através da utilização de um aspirador de pó industrial especialmente adaptado com filtros HEPA que protege o operador e o ambiente (a higienização com aspiradores sem filtro HEPA espalha os esporos de fungos pela biblioteca e pode provocar no utilizador patologias sérias). O pó não é aspirado pelo técnico que está a efectuar a operação porque permanece dentro da câmara de trabalho da máquina.
Por outro lado, o seu tamanho compacto e móvel, graças às suas rodinhas, permite que aDEPULVERA possa ser deslocada entre estantes de biblioteca e em depósitos e reservas permitindo uma limpeza in loco.
DEPULVERA trabalha de forma silenciosa, graças ao sistema centralizado de extracção de vácuo, o que permite que possa ser utilizada durante o horário normal de funcionamento da biblioteca.
Também pode ser usada para a higienização de uma grande variedade de colecções museológicas, como colecções etnográficas, geológicas e de história natural.
• Elimina pó e fungos da superfície externa (capa e lombada) dos livros
• Muito simples de utilizar
• Sucção do pó com filtro de ar evitando a contaminação do ambiente enquanto efectua a operação de higienização
• Possibilidade de regular a posição das escovas de acordo com a dimensão dos livros
• Fácil de manobrar em espaços estreitos
• Escovas de cerdas naturais para a limpeza das capas dos livros
• A máquina funciona ligada a um sistema de aspiração exterior
 Fonte://phneutro